5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

No mundo de hoje, direcionado pela web, qualquer um pode publicar qualquer coisa online, e muito. Um dos maiores desafios para os profissionais de Relações Públicas é garantir que o seu conteúdo seja notado. Conduzir a descoberta de conteúdo é agora uma parte essencial da sua estratégia global de comunicação.

Considere cinco passos que você pode fazer para maximizar o seu impacto online.

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

O monitoramento permite que você fique a par do que está sendo dito, não só sobre a sua marca, mas também sobre temas ou questões relacionadas com ao seu mercado. A fim de começar a elaborar estratégias, você precisa entender o cenário como um todo, identificando as principais fontes de marcas, pessoas e tendências, e filtrar o que não é essencial. Absorver essas ideias em sua estratégia de campanha lhe permitirá concentrar-se no seu plano e nos aspectos importantes da sua marca ou mercado.

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

Se você estiver usando um serviço newswire, você pode ter certeza que o seu press release está vivo e on-line nos sistemas editoriais por toda a sua rede de distribuição. Daí em diante, é hora de segmentar alcance e publicações.

Targeted Industry Lists da CNW é uma simples inclusão para uma distribuição de press release, que atinge, com e-mail, uma lista com curadoria de importantes influenciadores do mercado.

Como para um discurso, você tem que identificar os pontos de mídia e indivíduos mais interessados na sua mensagem antes de começar. Se você estiver usando um banco de dados como o CNW Directories, Twitter ou até mesmo o Google – garanta que você está lendo sobre o que essa pessoa está escrevendo antes de entrar em contato. Mudanças na mídia são muito comuns nos dias de hoje, mas o milagre moderno da tecnologia e internet não deixam desculpas para você.

Eu me espanto constantemente com a quantidade de releases que recebo para cobrir histórias que não são de qualquer lugar perto de Washington ou não estão relacionados com qualquer coisa que eu jamais escreveria.” – Repórter do Global National, Jackson Proskow.

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

Conectado com jornalistas e formadores de opinião? Mantenha o relacionamento vivo com a comunicação do dia a dia. Não basta aparecer quando você precisa de algo. Os jornalistas gostam de saber de tudo – mesmo se não houver uma oportunidade de história, eles podem achar que é útil saber se alguém que eles tenham entrevistado no passado mudou de emprego, ou como um novo produto está se saindo no mercado após alguns meses. Esteja presente nas mídias sociais também, para curtir ou compartilhar mensagens com jornalistas ou pessoas importantes para seu público. Diga obrigado se alguém cobrir ou mencionar a sua empresa de uma forma favorável.

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

A boa estratégia de distribuição não só permite você ampliar sua mensagem, também vai deixar você sustentar a visibilidade de suas mensagens ao longo do tempo para que você possa alcançar novos públicos. Faça uma lista de todos os seus canais disponíveis para distribuição.

Para a maioria de nós, a lista é algo como isto: newswire, blog, Twitter, Facebook, LinkedIn, Pinterest, YouTube, site da empresa, e-mail de clientes/prospects, publicidade paga, parceiros, defensores internos, webinars, palestras, exposições e conferências… O maior esforço está em rastrear os resultados de cada canal, o melhor é que você pode aproveitar esses canais para sucessos futuros.

5 Passos para Maximizar o seu Impacto de Comunicação

Os resultados de Relações Públicas têm sido claramente difíceis de medir, mas com as novas ferramentas e aplicativos, as métricas estão se tornando um elemento básico de RP. Analisando seus esforços por alcance, impacto, interação, engajamento, o sentimento etc., e compartilhar relatórios robustos e visuais tornam mais fácil o entendimento do impacto total da sua campanha de comunicação. As métricas são a chave para profissionais de Relações Públicas conquistarem seu lugar à mesa de receita, por isso não subestime a importância de estabelecer metas, métricas e relatórios.

 

Texto traduzido do post escrito por Amy-Louise Tracey no Blog Beyond the Wire, no dia 03 de março de 2016.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

4 Lições para Aprender com Influenciadores do Instagram

A maioria das empresas, não importa seu tamanho, estabeleceram presença em uma ou duas plataformas de mídia social. Sendo o “Big 3 of Social”: Facebook, Twitter e LinkedIn.

Instagram-Tips

No entanto, como o meu colega Jamie escreveu em sua série sobre Marketing B2B no Pinterest, as marcas precisam se diversificar ainda mais.

Claro, é difícil decidir escolher para onde ir. Mas e se eu lhe dissesse que outra plataforma de mídia social se gaba de ter conseguido mais de 300 milhões de usuários ativos mensais, e em comparação com as demais, ainda não foi inexplorada pelos profissionais de marketing, despertaria o seu interesse?

O meu sim. E isso me levou a publicar fotos pela conta do Instagram da PR Newswire já a algum tempo. Não tem sido fácil, especialmente por se tratar de uma empresa B2B. No entanto, aqui estão quatro lições que aprendi ao aumentar o nosso público no Instagram em mais 250% desde maio:

press-release-social-sharing

1.Identifique o propósito específico de sua marca para o Instagram.

Conteúdo – seja ele um post de blog ou whitepaper, webinar ou press release – é um componente fundamental da estratégia de marketing da PR Newswire. E para promove-lo, usamos uma abordagem multicanal, sincronizada em todas as mídias proprietárias, espontâneas e pagas.

Posteriormente, o meu objetivo para Instagram era chegar a uma nova audiência com o nosso conteúdo. Porque a audiência do Instagram tende a celebrar autenticidade e fotos vibrantes do mundo. Eu tento trazer fotografia relevante dos arredores de nossos escritórios com o tema de um de nossos posts.

Por exemplo, a foto abaixo é do Relógio Colgate em Jersey City, New Jersey. Fluiu bem com a mensagem por trás do post no blog desse dia, que dizia que “O tempo é tudo quando sua marca decide entrar no mercado #global”. Não só é uma referência lúdica para o tema em questão, é uma imagem visualmente impressionante e é algo com que as pessoas vão se engajar.

 

2.Pense no Instagram como um canal de marketing de conteúdo visual.

Cada foto que você postar é uma representação direta de sua marca, por isso pense em cada foto do Instagram como criação de conteúdo. Não é tão fácil como simplesmente tirar uma foto rápida no seu caminho para o trabalho e publicá-la, sem colocar o “por que” no seu pensamento.

Invista tempo e esforço em seu conteúdo para o Instagram que você terá sucesso.

Você também não tem que limitar-se a fotos. Pessoas nas redes sociais amam compartilhar uma boa citação gráfica. Aqui, eu peguei uma mensagem de uma de nossas seleções do blog e fizemos o post com a imagem do dia para o Instagram.

 

3.Aproveite a oportunidade para ser diferente.

Cada plataforma de mídia social exige uma voz particular. Se você está gastando a maior parte de seu tempo em um dos 3 grandes, o tom que você tem é provavelmente profissional.

No Instagram, mostre seu lado criativo, não apenas em suas fotos, mas no texto também.

Use uma hashtag divertida como #ThrowbackThursday ou #TBT e poste uma foto do primeiro logotipo que você criou no MS Paint. Ou tente algo peculiar como a foto abaixo de uma peça escrita pelo nosso gerente sênior criativo. Esta ilustração foi usada para mostrar a importância da devida atribuição ao usar citações e tornou-se a nossa principal imagem do Instagram para a data.

 

4.Seja criativo com sua call-to-action.

Um dos maiores desafios para as marcas no Instagram é o fato de que Instagram só oferece um link clicável para não-anunciantes. O que torna isso ainda mais difícil é que esse link está localizado em sua biografia.

Você não só tem que conseguir a atenção do seu público com uma imagem brilhante, você também tem que levá-lo para o seu perfil.

Direcione o seu público até seu link incorporado explicando o que acontecerá depois. Em seguida, informe que o link para mais informações está disponível em sua bio. Alguns posts de marcas, como o nossa, também usaram emojis em um esforço para direcionar ainda mais os olhos dos usuários.

Também é importante usar um link curto e personalizado para ajudar a monitorar quantas pessoas clicaram no seu link. No perfil da PR Newswire, o link direciona para o Blog Beyond PR.

Enquanto o número de seguidores, likes e outras “métricas de vaidade” úteis para monitoramento, é o número de cliques de seu call-to-action que irá mostrar o quão eficaz é a sua estratégia.

Quando usada corretamente, a mídia social pode desempenhar um grande papel fundamental para a promoção de conteúdo da sua marca – até mesmo para press releases. Saiba mais baixando nosso whitepaper Tips for Creating a Press Release that Maximizes Social Sharing.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Ryan Hansen no dia 15 de setembro de 2015. Ryan é Gerente de Mídias Sociais na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Por que o público é chave para o sucesso do seu blog?

Atualmente, os blogs são extremamente diferentes do que eram antes.

Em meados dos anos 90, os jornais online surgiram a partir de grupos de discussão, trazendo escritores de forma mais estruturada para revistas com suas opiniões pessoais e atividades. Graças à introdução de ferramentas como o LiveJournal, Blogger e WordPress, os blogs explodiram na popularidade no início dos anos 2000. Agora, milhões de postagens em blog são publicadas a cada dia.  Embora a maioria dos blogueiros ainda se comuniquem através de textos escritos, você também encontrará outros que usem vídeos, fotos ou áudio para contar suas histórias. Blogs com mais de um autor, micro blogs, nicho de blogs e blogs de marcas também vem ganhando popularidade.  Com todas estas mudanças acontecendo de maneira onipresente, alguns críticos afirmam que a prática do “Blog” está morrendo.    Os Blogs continuam se expandindo e mantendo seu valor.  "Os Blogs criam relações", diz Monina Wagner (@moninaw), Community Manager no Content Marketing Institute e dona do Blog 37º and Sunny. "Quando você sempre fornece ao seu público, ou aos seus clientes, algo de valor, eles começam a confiar em você, estabelecendo-o não apenas como uma marca de empatia, mas também como um líder da indústria."  É por isso que você deve ter o foco em sua audiência ao considerar mudanças que seu Blog irá enfrentar.  "Acho que as maiores mudanças não provem do próprio blog, mas sim, em como o público interage com o mesmo", continua Wagner. "Há o constante surgimento de outros canais que disputam a atenção de seu público. Blogs e marcas estão se comunicando com seus consumidores, mas os consumidores têm muitas outras coisas ao redor deles. A web já está saturada com palavras, imagens e vídeos. Para se destacarem na multidão, os blogueiros - pessoas físicas e marcas - precisam apresentar um conteúdo de qualidade ".  Além da qualidade de suas mensagens, os blogueiros também precisam olhar além de sua plataforma e integrar estes canais "concorrentes" em sua estratégia.  "Não é mais suficiente ter apenas um blog", diz Alicia Hansen (@poiseinparma), chapter organizer na Ohio Blogging Association em Cleveland e dona do Blog Poise in Parma. "Para chamar a atenção de seus leitores, você tem que, 1º saber onde eles estão conectados regularmente (Facebook, Twitter, Instagram, e entre outros) e 2º, focar neste ponto onde os leitores estão mais conectados e começar por lá. Como um aperitivo bem preparado para o prato principal, deixe isso como força para seu blog ".   Para crescer, os blogueiros devem aprender a jogar este longo jogo. Assim como isso já mudou antes, “blogar” vai continuar a evoluir. Como os gerenciadores de conteúdo podem se preparar para o futuro?  "Evolução é um processo de tentativas e erros. Você não pode ter medo de realizar cada ideia maluca que você tenha porque pelo menos uma delas vai dar certo, eventualmente, e a mesma te levará para o sucesso ", diz Hansen.  "Neste processo, mantenha seus olhos e ouvidos abertos. Veja os feeds que o inspiram. Leia os blogs que estão fazendo isso "corretamente" em sua área. Você não tem que cometer os erros, mas sim, aprender com erros anteriores e em torno de você ".   http://www.prnewswire.com/blog/why-audience-is-key-to-your-blogging-success-12353.html    Texto original escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 26 de março de 2015.   Traduzido e adaptado por Caroline Malgueiro, Pesquisadora de Mídia PR Newswire

Em meados dos anos 90, os jornais online surgiram a partir de grupos de discussão, trazendo escritores de forma mais estruturada para revistas com suas opiniões pessoais e atividades. Graças à introdução de ferramentas como o LiveJournal, Blogger e WordPress, os blogs explodiram na popularidade no início dos anos 2000. Agora, milhões de postagens em blog são publicadas a cada dia.

Embora a maioria dos blogueiros ainda se comunique através de textos escritos, você também encontrará outros que usam vídeos, fotos ou áudio para contar suas histórias. Diversidade de autores, micro blogs e foco no nicho ou nas marcas também vem ganhando popularidade.

Com todas estas mudanças acontecendo de maneira onipresente, alguns críticos afirmam que a prática está morrendo.

Os blogs continuam se expandindo e mantendo seu valor.

“Os blogs criam relações”, diz Monina Wagner (@moninaw), Community Manager no Content Marketing Institute e dona do 37º and Sunny. “Quando você sempre fornece ao seu público, ou aos seus clientes, algo de valor, eles começam a confiar em você, estabelecendo-o não apenas como uma marca de empatia, mas também como um líder da indústria.”

É por isso que você deve ter o foco em sua audiência ao considerar mudanças que serão enfrentadas.

“Acho que as maiores mudanças não provem do próprio blog, mas sim, em como o público interage com o mesmo”, continua Wagner. “Há o constante surgimento de outros canais que disputam a atenção de seu público. blogs e marcas estão se comunicando com seus consumidores, mas os consumidores têm muitas outras coisas ao redor deles. A web já está saturada com palavras, imagens e vídeos. Para se destacarem na multidão, os blogueiros – pessoas físicas e marcas – precisam apresentar um conteúdo de qualidade “.

Além da qualidade de suas mensagens, os blogueiros também precisam olhar além de sua plataforma e integrar estes canais “concorrentes” em sua estratégia.

“Não é mais suficiente ter apenas um blog”, diz Alicia Hansen (@poiseinparma), chapter organizer na Ohio Blogging Association em Cleveland e dona do blog Poise in Parma. “Para chamar a atenção de seus leitores, você tem que, 1º saber onde eles estão conectados regularmente (Facebook, Twitter, Instagram, e entre outros) e 2º, focar neste ponto onde os leitores estão mais conectados e começar por lá. Como um aperitivo bem preparado para o prato principal, deixe isso como força seu conteúdo “.

Para crescer, os blogueiros devem aprender a jogar este longo jogo. Assim como isso já mudou antes, “blogar” vai continuar a evoluir. Como os gerenciadores de conteúdo podem se preparar para o futuro?

“Evolução é um processo de tentativas e erros. Você não pode ter medo de realizar cada ideia maluca que você tenha porque pelo menos uma delas vai dar certo, eventualmente, e a mesma te levará para o sucesso “, diz Hansen.

“Neste processo, mantenha seus olhos e ouvidos abertos. Veja os feeds que o inspiram. Leia os blogs que estão fazendo isso “corretamente” em sua área. Você não tem que cometer os erros, mas sim, aprender com erros anteriores e em torno de você “.

 

 

 

Texto original escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 26 de março de 2015.

 

Traduzido e adaptado por Caroline Malgueiro, Pesquisadora de Mídia

PR Newswire

Mais uma opção de métrica para o Twitter

Mais uma opção de métrica para o Twitter

Algumas ferramentas de mensuração já são conhecidas pelos usuários da rede social de 140 caracteres, tais como: Twitter Analytics, SocialOomph, entre outras. Entretanto, na última segunda-feira, dia 30/03, o Twitter em parceria com o Ibope lançou mais um aplicativo que permite verificar a métrica de resultados, o MW ITTR.

De acordo com o PROXXIMA, o aplicativo se trata de uma expansão do Public ITTR, ferramenta anterior desenvolvida pela mesma parceria. A expansão permitirá a análise da quantidade de buzz que um programa gera e quais são os perfis do Twitter que mais colaboram para a repercussão das atrações televisivas. Além disso, mostra os telespectadores engajados e quantos usuários estão comentando a respeito do programa televisivo em questão.

O MW ITTR será comercializado apenas para assinantes e clientes do Ibope.

Por Bruno Sutero, Coordenador de Banco de Dados

PR Newswire

Dicas para press release: escreva títulos de impacto

Reprodução Flickr/Creative Commons, Peter Rukavina http://ow.ly/KL9BL

Reprodução Flickr/Creative Commons, Peter Rukavina http://ow.ly/KL9BL

 

Vamos analisar como cada componente de seu press release pode atrair leitores e engajamento se feito corretamente. O primeiro, e talvez mais negligenciado, componente de um press release é o seu título.

Os títulos evoluíram a partir de anúncios simples que informam os jornalistas de um novo produto ou serviço. Hoje, os novos releases são indexados por milhares de bases de dados online e mecanismos de busca, sendo compartilhados várias vezes nas mídias sociais e ainda são usados ​​pelos jornalistas para ajudá-los a escrever seus artigos.

O título do seu press release precisa capturar a atenção dos leitores que enfrentam um excesso de conteúdo diário.

Mas como fazer isso? Aqui estão algumas dicas para começar a escrever títulos com impacto:

O título deve ser curto 

O título deve chamar a atenção dos leitores e atraí-los para mais, mas também precisa ser suficientemente curto para ser twittado. Cerca de 100 caracteres é o ideal. Isso permite que seu público tenha mais espaço para adicionar hashtags, comentários, e etc.

Para fins de pesquisa, a palavra-chave ou a frase principal que você está tentando otimizar deve estar dentro dos primeiros 65 caracteres. A razão para isso é que os meios de busca irão normalmente exibir somente os primeiros 65/70 caracteres, incluindo espaços no título do conteúdo (mesmo que seja um release, post de blog, página do produto, e etc…).

Liderar com um motivo

Liderar com um motivo permite que os leitores – não importa quem são ou por qual meio eles chegam a notícia – a compreenderem imediatamente o porquê deveriam olhar para este pedaço de notícia.

Se o release é sobre um novo produto, pergunte por que seus leitores devem se interessar por este novo produto. O título deve dar ao público uma razão para que eles leiam o seu conteúdo.

Inclua números 

A pesquisa mostrou que os títulos que contêm números superam títulos que não contêm números. Os números podem deixar os leitores curiosos, acreditando que o conteúdo pode lhes trazer tendências interessantes ou dicas que irão melhorar suas vidas.

Ao usar números no título, use o teclado numérico de acordo com a AP Style. A utilização do sinal de porcentagem em vez de escrever “porcentagem” ainda está em discussão, mas a regra geral diz que o símbolo irá processar mais rápido no cérebro e, portanto, deve ser usado.

Usar subtítulos

Os subtítulos ajudam o leitor e os meios de busca dando um contexto adicional para o título e para o conteúdo. Eles também são o lugar ideal para mencionar, sutilmente, o nome da marca. Limite o número de subtítulos a não mais do que dois para evitar a perda de interesse do leitor.

 

Texto original escrito por Michael Pranikoff no Blog Beyond PR, no dia 25 de março de 2015. Michael é diretor  global de mídias emergentes da PR Newswire.

 

Traduzido e adaptado por Caroline Malgueiro, Pesquisadora de Mídia

PR Newswire

Como os memes e as “zueras” da web influenciaram a publicidade

Empresas como a TIM e a Chevrolet já adotaram os memes em suas empreitadas publicitárias. Os memes proporcionam um clima descontraído a uma campanha, afetando assim públicos das mais diferentes classes sociais.  Atualmente, a BIS foi um pouco mais ousada, e inovou em sua nova ação publicitária, focando nas brincadeiras do dia 1º de abril, Dia da Mentira. De acordo com o AD News, a Bis está investindo na "zuêras" da web como estratégia para engajar e entreter fãs e consumidores, a expectativa é gerar um buzz no dia 1º com o “Zuera Awards” Desde o dia 23 de março, a empresa está convocando seus fãs para participar do “prêmio” via Twitter com Vines, links de vídeo, fotos ou texto através da hashtag #ZueraAwards. No Dia da Mentira, um jurí especializado composto por personalidades da mídia, entre elas Cid Não-Salvo, Danilo Gentili, e Rubens Ewald Filho, avaliará no final do dia em tempo real o conteúdo recebido dividido em 4 categorias distintas: - Melhor “zuêra” com Bis - Melhor “zuêra” adaptada - Melhor “zuêra” original - Melhor “zuêra” fail O conteúdo vencedor será registrado em vídeo e publicado em todos os canais proprietários da marca.

Empresas como a TIM e a Chevrolet já adotaram os memes em suas empreitadas publicitárias. Os memes proporcionam um clima descontraído a uma campanha, afetando assim públicos das mais diferentes classes sociais.

Atualmente, a BIS foi um pouco mais ousada, e inovou em sua nova ação publicitária, focando nas brincadeiras do dia 1º de abril, Dia da Mentira. De acordo com o AD News, a Bis está investindo na “zuêras” da web como estratégia para engajar e entreter fãs e consumidores, a expectativa é gerar um buzz no dia 1º com o “Zuera Awards”

Desde o dia 23 de março, a empresa está convocando seus fãs para participar do “prêmio” via Twitter com Vines, links de vídeo, fotos ou texto através da hashtag #ZueraAwards. No Dia da Mentira, um jurí especializado composto por personalidades da mídia, entre elas Cid Não-Salvo, Danilo Gentili, e Rubens Ewald Filho, avaliará no final do dia em tempo real o conteúdo recebido dividido em 4 categorias distintas:

– Melhor “zuêra” com Bis

– Melhor “zuêra” adaptada

– Melhor “zuêra” original

– Melhor “zuêra” fail

O conteúdo vencedor será registrado em vídeo e publicado em todos os canais proprietários da marca.

Por Bruno Sutero, Coordenador de Banco de Dados

PR Newswire

Salão do Automóvel 2014 nas Redes Sociais

Salão do Automóvel 2014 nas Redes Sociais

Iniciado em 1960 e atraindo diversos admiradores ao longo de décadas, o Salão do Automóvel de São Paulo é o principal evento voltado para os amantes dos automóveis atraindo visitantes das mais diversas partes do país.

Selfies, menções e debates a respeito do evento são os principais tópicos nas redes sociais atualmente. Consequentemente, algumas marcas automobilísticas estão sendo muito beneficiadas e aumentam muito a visibilidade dos seus produtos.

O portal Adnews elaborou um infográfico mostrando o impacto das principais marcas de automóveis nas três mídias sócias mais usadas no momento, Instagram, Twitter e Facebook. Percebe-se, que cada empresa tem um sucesso maior em uma rede de relacionamento distinta. Por exemplo, A Fiat lidera as menções no Twitter e Facebook. Por outro lado, A Audi é a mais bem cotada no ranking de hashtags do Instagram.

A internet e o compartilhamento de informações aumentaram as expectativas dos expositores e dos organizadores do evento. Segundo o AutoEsporte, são esperadas 750 mil pessoas no período dos 11 dias (30/10 a 09/11) de visitas, equivalente a lotação máxima do salão.

Por Bruno Sutero, Coordenador de Banco de Dados
PR Newswire