Como Encontrar Novos Ângulos para sua Notícia

Como Encontrar Novos Ângulos para sua Notícia

Na era digital em que vivemos, os criadores de conteúdo têm vários veículos a disposição para contar sua história.

Se você quer escrever artigos para veículos tradicionais, produzir conteúdo para seus clientes, ou simplesmente divulgar seu próprio trabalho, é preciso ficar atento às várias ferramentas e plataformas disponíveis.

Recentemente, quatro mulheres influentes do mercado editorial compartilharam sua visão sobre o assunto em uma apresentação da American Society of Journalists and Authors (ASJA): Sherry Beck Paprocki – VP do ASJA; Tanya Hall – CEO da Greenleaf Book Group; Lottie Joiner – editora sênior da revista The Crisis e Emily Paulsen – escritora especialista em saúde.

Storytelling em diferentes plataformas

Quando Joiner, jornalista de justiça criminal, cobriu o aniversário do caso Freddie Gray, ela contou uma única história de três maneiras diferentes: um tweet ao vivo de uma coletiva que discutia sobre a reforma da polícia; um podcast com uma ativista comunitária e um agente da polícia; e um post de blog.

Joiner também conseguiu levar o material extra de suas entrevistas e escreveu dois artigos diferentes, um para sua publicação trimestral na revista The Crisis, e um para o National Journal’s Next America. As histórias cobriram diversos ângulo em defesa do controle de armas, um assunto importante que ela foi capaz de cobrir de diversas maneiras.

Quando se trata de contar histórias em diferentes plataformas, Joiner acredita que sua “origem” é um ótimo ponto para começar. Uma história é uma notícia em linha reta; mostre-a aos leitores de um ponto específico ou de um assunto, inclua entrevistas, imagens e estatísticas.

“É uma grande porta de entrada para outras histórias maiores”, disse Joiner.

Joiner considera-se uma “generalista em minha especialidade”. Estar aberto a diferentes tarefas ajudará novos storytellers a ganharem mais clientes.

Tenha uma história para contar

Paulsen, escritora especialista em saúde, disse que o importante é o conteúdo – independente do formato escolhido. Ela escreve para profissionais e executivos dá área de saúde e para pacientes.

“Você tem que escolher a sua história e o seu formato de acordo com o público que você está trabalhando”, ressaltou.

Um projeto em que Paulsen trabalhou foi um kit de ferramentas para instrução de pacientes, onde desenvolveu um folheto com informações dos pacientes e outro material de “como usar o folheto” para servir de guia para médicos e enfermeiros.

Ambos foram escritos de maneira muito simples, mesmo o guia, para que pudessem ajudar os clínicos a falar com os pacientes de forma mais humana e sensível, em oposição a tradicional fala médica.

Paulsen sugeriu estar aberta a novos formatos e as ideias dos clientes. Por isso, foi capaz de trabalhar em vários projetos, incluindo o desenvolvimento de um curso sobre como escrever para gerar impacto e um discurso de formatura.

“Seja qual for a história em que você está trabalhando, em qualquer formato, você tem que abordá-la com a mesma integridade e profissionalismo”, disse Paulsen. Isto é o que distingue criadores de conteúdo profissionais de alguém que apenas escreve por dinheiro.

Paulsen também sugeriu “ter sua própria história para contar”. Ela é sempre honesta com ela mesma enquanto escritora, mesmo com o fato de não ter qualquer tipo de formação em medicina ou títulos a frente de seu nome.

Seu último projeto, tem a colaboração de dois parceiros. Eles estão capacitados para assumir projetos maiores de mais impacto, incluindo a documentação para o novo website federal para testes clínicos (ClinicalTrials.gov).

Livro de Conteúdo com Múltiplos Propósitos

Hall da Greenleaf usou seu tempo para falar sobre a publicação de livros e definir autores de sucesso.

“O lançamento de um livro de sucesso se resume a convicção do autor”, disse Hall.

A Greenleaf olha um autor como uma marca. Aproximadamente dois mil livros são publicados diariamente, por isso é importante ter uma “mensagem diferenciada e um apelo muito forte”. Isso começa com o autor e sua história.

A próxima coisa que se deve saber, depois de fixar um autor como uma marca e saber qual experiência ele quer transmitir, é conhecer seus concorrentes – com quem você estará dividindo uma prateleira.

O público vem em seguida, e Hall sugere que escritores devem fazer pesquisas de mercado sobre o que estão escrevendo. Uma ótima maneira de fazer isso é começar a ter um blog, e acompanhar o que está sendo compartilhado, comentado, etc. Lembre-se para quem você está escrevendo.

Manter um inventário de conteúdo é um elemento importante para tornar o processo de escrever um livro mais fácil. A maioria dos escritores consideram apenas os seus artigos e white papers, sem considerar apresentações, webinars e outras peças de conteúdo que podem transcrever ou usar para criar uma nova obra.

Hall recomenda o desenvolvimento de uma “matriz de conteúdo” para identificar o que você já tem. A matriz de conteúdo é uma “planilha organizacional que classifica o conteúdo com alguns fatores ordenados”, explica Hall.

Hall pensou em divulgar materiais de apoio para que os leitores possam lê-los. Escritores querem saber como os leitores implementam o que está sendo prometido no livro. Forneça exercícios, abra discussões, ou outros recursos para fornecer o passo a passo para implementarem o que o livro está tentando ensinar.

15 maneiras de contar uma história

O livro de Paprocki, “50 maneiras de contar a sua história”, começou como um workshop para jornalistas analisarem seu próprio trabalho, como um grupo, e conseguiram chegar em mais de 50 dicas de como fazê-lo. Esse evento rendeu conteúdo para escrever uma lista para a revista da ASJA que foi publicada em um artigo e se tornou um livro.

Paprocki considera seu livro um manual para pequenas empresas, explicando o quanto é importante contratar alguém que tenha habilidades para contar suas histórias e criar sua marca.

Paprocki compartilhou 15 maneiras de contar uma história. Claro, existem muitas outras, mas esse é um bom começo:

  • histórias de marca;
  • biografias;
  • resumos;
  • páginas FAQ;
  • auditoria de mídia social;
  • planos estratégicos de mídia social;
  • análise de mídia social ou Big Data;
  • estudos de caso;
  • vídeos;
  • discursos;
  • cartas para o editor;
  • colunas de opinião;
  • revistas de nicho;
  • relatórios anuais;
  • e-books e livros.

Se você é um repórter, blogueiro, autor ou criador de conteúdo, o ProfNet pode ajudá-lo com suas buscas por fontes especializadas. Faça uma consulta entre milhares de especialistas, sobre diversos temas, e encontre um profissional para sua entrevista ou citação. A melhor parte? É grátis! Comece sua busca agora: prn.to/sendaquery

Texto traduzido do Blog Beyond Bylines, publicado por Stephanie de Ruiter no dia 22 de junho de 2016. Stephanie é Analista de Mídia na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

3 Modelos de Press Releases para RP e Content Marketing

Modelo de Press Release

Mesmo o press release sendo uma tática testada e aprovada para a comunicação de marca, há muito mais para escrever e distribuir do que você possa imaginar.

De alcançar mídia e formadores de opinião do mercado até direcionar a visibilidade nas buscas e vendas, há tantas coisas que um comunicado de imprensa pode conseguir para profissionais de Relações Públicas e Marketing hoje. Mas, com o foco voltado totalmente para o Storytelling e na distribuição (duas coisas muito importantes), é fácil de se esquecer de alguns pontos importantes no press release.

Usando um modelo de press release ou checklist dará ao seu processo de escrita a consistência necessária para garantir que todos os elementos essenciais sejam incluídos.

Ao longo dos anos, os comunicados de imprensa têm seguido um formato padrão, incluindo as mesmas peças básicas de informações importantes. E, apesar de outras alterações nas melhores práticas, cada press release deve incluir o seguinte:

  • Título
  • Cidade
  • Data
  • Boilerplate
  • Contato

Em nosso Guia Rápido & Fácil para Compartilhar seu Press Release com o Mundo, nos fornecemos dicas sobre press releases. Mas, enquanto a estrutura básica de todos os comunicados de imprensa permanecem a mesma, o propósito de cada press release apresentará as principais diferenças na forma como ele deve ser formatado.

Assim como as práticas de Relações Públicas e de Marketing evoluíram para atender às necessidades dos públicos em constante mudança, isso se refletiu no press release. Ao olhar para os comunicados de imprensa distribuídos pela PR Newswire ao longo do dia, vemos uma variedade sempre crescente e não há um método padrão para escrevê-los.

No entanto, vemos algumas tendências, que podem ser agrupadas em três categorias principais, ou tipos de press release:

  • Press Release Geral
  • Press Release Evergreen – Perenes
  • Press Release para Content Marketing

Para ajudar profissionais de Relações Públicas e de Content Marketing, criamos três press releases para divulgação de notícias e promoção de conteúdo, que melhor atendam suas necessidades:

Press Release Geral

Este é o clássico, press releases consagrados por marcas ao longo do tempo, para anúncios próprios, lucros trimestrais, lançamentos de novos produtos, normas empresariais ou para comunicação corporativa.

É importante garantir que você está escrevendo para o público adequado, e notícias diretas tende a atingir jornalistas de negócios, editores de notícias e investidores, bem como os seus atuais e potenciais clientes. Por esta razão, é importante se concentrar em apresentar suas novidades de uma maneira simples e fácil de ler.

Press Release Geral

Press Release Evergreen – “Perene”

Agora que os comunicados de imprensa têm uma vida útil mais longa graças a Internet, o envio de desse tipo de notícia aumenta sua popularidade. Esses lançamentos pegam um ângulo único em notícias uma de marca e levam sua mensagem diretamente para o público consumidor o fazendo ler e compartilhar.

O mais importante de uma notícia evergreen é fornecer informação útil e interessante, e que continuará sendo relevante para o seu público-alvo. Esse lançamento dá às marcas a chance de aumentar os músculos de seu storytelling. Seja natural e se concentre para escrever bem seu comunicado evergreen.

Press Release Evergreen – “Perene”

Press Release para Content Marketing

Profissionais de Content Marketing encontraram nos press releases uma forma de promover o seu conteúdo. E por que não deveriam? A distribuição de press releases permite alcançar um público maior e muitas vezes engajado através de uma rede confiável de portais de notícia além de direcionar o tráfego para canais próprios de mídia.

Ao escrever um press release de conteúdo, é fundamental tratar este tipo de liberação da mesma forma que você trataria outro Content Marketing: escreva para o seu público e conte uma grande história.

Embora você possa usar esses lançamentos para direcionar buzz para sua marca e e estabelecer como um líder de pensamento, esse conteúdo é usado para impulsionar engajamento, demanda e leads. Para o efeito, não se esqueça de incluir um call to action direto para otimizar o potencial de engajamento do público.

Press Release para Content Marketing

A próxima vez que você for encarregado de promover uma notícia ou conteúdo da sua marca, lembre-se de usar um desses modelos para escrever uma versão que funcione e baixe o Quick & Easy Guide to Sharing Your Press Release with the World da PR Newswire. Este “como fazer” passa por etapas para levam da preparação de um press release até sua distribuição.

Guia Rápido & Fácil para Compartilhar seu Press Release com o Mundo

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 24 de fevereiro de 2016. Danielle é Gerente de Comunicações Estratégicas na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

8 Dicas de Presente de Natal para Jornalistas e Blogueiros

O que jornalistas, blogueiros e storytellers realmente querem de Natal?

8 Dicas de Presente de Natal para Jornalistas e Blogueiros

Além de algum tempinho para descansar, extremamente necessário – e a caixa de entrada de e-mail vazia – eles estão desejando alguns dos mais novos gadgets para ajudá-los em seu trabalho no novo ano.

Então, para você, consumidor de última hora que luta para encontrar o presente perfeito, nós selecionamos alguns dos melhores gadgets para os mitos da imprensa e storytellers, que devem ser colocados em sua lista de presentes. Seja para seu blogueiro amigo ou parente futurista, estas ferramentas podem ser o empurrãozinho que eles precisam para inspirar seu influenciador interior.

Não se preocupe se o seu presente chegar um pouco atrasado. Essas pessoas entendem a luta para cumprir um prazo.

Presente 1. Para o jornalista em tempo real

Na era da FOMO (fear of missing out), jornalistas e repórteres cidadãos estão se voltando para aplicativos móveis livestreaming, como Periscope e Snapchat, para compartilhar a notícia instantaneamente e sem filtro.

O desafio da transmissão do jornalismo de rua é fazer um vídeo estável com credibilidade. Para manter o livestreamer em sua vida e no topo do jogo, há uma série de ferramentas que podem ajudar.

Um pau de self (selfie stick) ou tripé é prático e permite melhor visibilidade e maior variedade ângulos. Um microfone de mão, como o iRig Mic, também contribui para um som melhor.

Presente 2. Para o repórter investigativo

Para um jornalista digital, a vontade de contar histórias é equilibrada pela necessidade e conveniência. Mas exatidão continua a ser importante, também.

Graças à tecnologia, os jornalistas não precisam ser colocados em situação embaraçosa apenas para descobrir que eles não têm tempo para voltar para a redação ou que a sua fonte não vai desistir de fornecer a documentação.

Um scanner portátil acessível pode ler e armazenar imagens de documentos em seus aparelhos em apenas alguns segundos. E para garantir que eles fiquem conectados ao seguir uma história, uma bateria reserva também é um ótimo presente.

Presente 3. Para o blogueiro em ascensão

O blogueiro se transformou em uma personalidade, e é muito mais reconhecido.

Para ganhar credibilidade, tráfego e compartilhamentos, um conteúdo diferenciado, consistente e com imagens de qualidade são uma obrigação – não apenas para o seu blog, mas para que eles possam diversificar em seus canais sociais.

Para o blogueiro emergentes ou experiente, uma nova câmera como a Nikon 1 J5 com tela selfie-ready poderia ajudá-los a dar nova energia e valorizar seu trabalho. Caso a eficiência seja a preocupação, tente presenteá-lo com um programa de reconhecimento de voz. O Dragon permitir que blogueiros falem suas ideias e as converte em posts via ditado.

Presente 4. Para o futuro futurista

Embora (ainda) não tenhamos nossos “skates voadores” para trabalhar, o jornalismo drone e storytelling com realidade virtual não estão em um futuro muito distante. Estes programas emergentes fizeram grandes avanços em 2015, fazendo a ponte entre os leitores e conteúdo mais imersivo e uma experiência de notícia mais emocional.

Para aqueles que querem se familiarizar com o futuro do storytelling, um fone de ouvido VR wearable – como o P2 da DodoCase ou engrenagem VR por Oculus – podem ajudar. Enquanto uma câmera 360° permite aos usuários obter mais mãos com fotografias esféricas.

Para os interessados em drones, um vídeo flyer como o Parrot AR.Drone 2.0 Elite Edition ou o mais econômico QuadForce Vídeo Drone pode ajudar os usuários a aprimorar suas habilidades com a próxima grande ferramenta do jornalismo.

Presente 5. Para potenciais influenciadores

Hoje escritores influentes, muitas vezes estendem seus esforços para além escrita e criam o seu próprio negócio on-line ou marca.

Mas, não é uma tarefa fácil. Para ser verdadeiramente bem-sucedido, o aspirante a influenciador deve se armar com os elementos da escola de negócios – para ser sustentável, conhecer suas forças, e ao mesmo tempo rentabiliza de forma adequada o seu conhecimento.

Para alguém que pensa em assumir este papel de auto-gestão, um e-workshop pode ser um bom presente de boas-vindas. O The Infopreneur Ninja por Regina de Anaejionu é uma ótima opção premium. Ou você pode optar pela mais barata 4 Part Empreendedor Cocktail por Hilary Rushford da Dean Street Society.

Presente 6. Para o fotógrafo mobile

A fotografia progrediu radicalmente desde os seus primórdios brutos e de processos químicos complicados.

Hoje, a demanda supera a qualidade para atender às mudanças na forma como as pessoas consomem e compartilham notícias. Isso significa que os fotógrafos devem estar prontos a qualquer momento para focar, disparar e fazer o upload de uma imagem em uma cena.

Felizmente, existem toneladas de aplicativos móveis e suplementos que tornam a captura de fotos em telefones celulares mais atraente. A Mini Pro Photo Lens Kit ou uma lente zoom e tripé para iPhone são opções de presente sólidas para fotógrafos amantes de DSLR que querem manter um mini estúdio em seu bolso.

Presente 7. Para escutar

Hoje, muitos jornalistas e blogueiros vão de entrevistas em entrevistas ou de eventos em eventos.

Se eles estão no carro ou em um trem, ouvir alguém pode ser uma grande distração ou – melhor – a inspiração perfeita, especialmente se estiver lendo algo para quando se sentem intimidados.

Se você cansado ao viajar, uma assinatura de audible.com pode te surpreender. Membros tem acesso a um áudio livro por mês, e mais 30% de desconto para livros adicionais. Perfeito para ouvir na estrada, e entre os seus podcasts favoritos.

Presente 8. Para autores aspirantes

Com a auto publicação em sites como o Kindle e o CreateSpace, publicar não é o maior objetivo.

Mas os passos para planejar e traçar um romance praticamente permanecem os mesmos. Para romancistas de primeira viagem e os escritores mais experientes, ter ideias e construir histórias são fundamentais para ultrapassar o bloqueio de escritores.

Softwares como Scrivener podem ajudar em meio aos seus primeiros esboços. Para aqueles que gostam de colocar a caneta no papel, o Evernote Smart Notebook é uma opção divertida que permite o envio digital de qualquer nota manuscrita ou desenho.

Texto traduzido do post escrito por Anna Jasinski no Blog Beyond Bylines, no dia 11 de dezembro de 2015. Anna é Gerente de Relacionamento com Audiências na PR Newswire.

 

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Storytelling – Dados sobre os Perigos do Natal

Seguindo o rastro da Cyber Monday, muitos de nós estamos aguardando ansiosamente a chegada dos pacotes em nossas portas.

Storytelling – Dados sobre os Perigos do Natal

Com a popularidade das compras online, nós agora fazemos a maior parte das nossas compras de natal pela internet. Mas você acredita que 23 milhões de americanos tiveram suas encomendas roubadas de suas casas antes que eles pudessem abri-las?

A realidade é que há “Grinches” entre nós. E embora eles não possam roubar o Natal como um todo, eles podem ter feito isso com a sua entrega da Amazon.

De acordo com um novo relatório da insuranceQuotes.com, os ladrões estão se aproveitando da popularidade das compras on-line para roubar os presentes do Natal em um ritmo alarmante. Mas essa não é a única coisa que você precisa se preocupar nessa época natalina.

No novo press release da insuranceQuotes.com dá uma interpretação nova aos dados da indústria de seguros para alertar o consumidor sobre os perigos dos feriados de final de ano. Nesse Content We Love, vamos explorar três tópicos do comunicado da insuranceQuotes.com que você pode usar em sua comunicação.

B2Cs não são os únicos que podem espalhar alegria

Muitas pessoas associam o uso do conteúdo comemorativo sendo exclusivo de empresas B2Cs. Ainda que possa ser mais fácil para empresas B2Cs participarem de datas comemorativas e outros temas em suas comunicações, para alavancar sua receita, os feriados de final de ano são uma oportunidade para gerar conteúdo também para experientes profissionais B2B.

Pegue a insuranceQuotes.com, por exemplo. Além de oferecer aos consumidores um site de comparação de seguro de compras, a empresa oferece uma plataforma de aquisição de clientes para agentes de seguros e operadoras. Enquanto a insuranceQuotes.com reconhece a parceria com agentes e empresas transportadoras, ela entende o consumidor final como outro público importante que deve ser cultivado.

Esta sobreposição de audiências abre oportunidades para insuranceQuotes.com para criar conteúdo para datas comemorativas que cobre ambos os públicos. Reaproveitar um relatório de negócios em algo de interesse para os consumidores é uma jogada inteligente.

Gráfico – Quebrar a informação em pequenos dados

Para alguém de fora do setor de seguros, a leitura de um relatório de pesquisa robusto sobre os perigos domésticos pode não parecer muito divertido.

insuranceQuotes.com supera esse obstáculo com a criação de um infográfico que apresenta as estatísticas mais importantes da sua pesquisa em um formato de fácil leitura.

O infográfico que você vai encontrar permite, o público do conteúdo, acessar rapidamente e absorver a informação.

Ao quebrar essa informação em pequenos dados, torna-o gerenciais e memoráveis – duas características de um conteúdo forte.

Seus feriados de final de ano como uma simples história

Além do multimídia que faz a pesquisa acessível a todos os públicos, o press release da insuranceQuotes.com apresenta a história de seu conteúdo, relaciona o olhar comum e questões cotidianas.

No release, o roubo de encomendas não é apenas um crime, ele é transformado em um “um risco das datas comemorativas”, assim como o fogo que você vê quando seu tio esquece de descongelar o peru antes de frita-lo. Essas são as consequências desses feriados.

“As férias são excelentes, mas toda a comoção e celebração, pode levar as pessoas ficarem relaxadas”, diz Laura Adams, analista sênior da insuranceQuotes.com, no press release. “Ninguém está pensando em uma perna quebrada ou em um incêndio em casa quando estamos eles estão bebendo e socializando com a família, mas essas coisas acontecem e é melhor estar preparado do que deixa com que arruínem toda as suas férias”.

O que pode não soar como um Natal tradicional ou um evento associado com férias, se torna uma ameaça para os leitores e algo com que podem se relacionar. Isso desperta o interesse do público e ressoa entre ele, ou seja, na próxima vez que pedir encomendas on-line, pode pedir o seguro de compras também.

Apresentar uma pesquisa de mercado pode contribuir para a estratégia de geração de demanda da sua empresa, os press releases têm evoluído para uma tática que pode alcançar muitos objetivos diferentes. Baixe o nosso whitepaper Reach Your Communications Objectives with an Intelligent Mix of Tactics e ler mais casos de uso de conteúdo que amamos.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Ryan Hansen no dia 04 de dezembro de 2015. Ryan é Gerente de Social Media na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Contently – Como Criar Relacionamento através do Storytelling

Quando o público encontra informações úteis e inspiradoras, ele as compartilha através das mídias sociais, por e-mails ou mensagens instantâneas. Há várias maneiras de ser ouvido, mas é simples ser esquecido graças ao volume de informações que recebemos. Porém, o denominador comum do conteúdo que se destaca é a conexão emocional com o público – o princípio fundamental do Storytelling que funciona.

Contently - Como Criar Relacionamento através do Storytelling

Então, como escritores utilizam o poder de contar histórias para criar relações emocionais com seus leitores? Nós recentemente organizamos um bate papo no Twitter sobre o tema, com dicas do especialista Joe Lazauskas, editor-chefe do Contently.

Aqui estão alguns destaques da conversa:

1.PR Newswire: A partir de sua experiência, como é ser um editor-chefe?

Joe Lazauskas: Ser editor-chefe de uma empresa de tecnologia é novo. Mas somos editorialmente independentes. O nosso objetivo é cobrir nossa indústria. Em muitos aspectos, é o mesmo que trabalhar em uma empresa de mídia digital para mim. Só que eu tenho mais recursos!

2.PR Newswire: Qual o principal caminho, pessoalmente, para construir relacionamento através de do Storytelling?

(via @szumowskim)

Joe Lazauskas: Eu tento usar meu #contentmarketing pessoal de sucesso/falhas em meus artigos. (Muito).

3.PR Newswire: Bom conselho! O Contently possui três blogs: um para marcas/publicações, um para freelancers e um para organizações sem fins lucrativos. Como você consegue produzir conteúdo original suficiente para três blogs que se concentram em três públicos muito diferentes?

Joe Lazauskas: A plataforma do Contently ajuda muito com eficiência! Além de grandes freelancers/editores. Nós somos abençoados. #abençoado? Estamos também em constantemente brainstorming. Nossa Slack (software de comunicação) é ótima. É muitas vezes difícil parar de publicar.

4.PR Newswire: Que sistemas ou workflows você tem para manter a sua estratégia de conteúdo funcionando sem problemas?

Joe Lazauskas: Nós usamos o @Contently analytics para otimização por canal / formato / tema / persona / etc. Seres humanos + robôs #ftw!

5.PR Newswire: Você também é um contribuinte para da Fast Company. O que é diferente ao escrever / editar para uma marca versus escrever para uma publicação?

Joe: Não muito. Meu trabalho aqui é edição pura. Em geral, as marcas têm mais restrições, são mais conservadoras. Realmente varia nisso. Algumas marcas querem comunicados de imprensa. Outras querem histórias reais!

6.PR Newswire: Qual métrica mais importantes para medir o desempenho de um conteúdo?

(via @ThePowerGrp)

Joe: Resposta irritante: tudo depende das metas. Mas a média final, o tempo de atenção e a taxa de retorno são praticamente universais.

7.PR Newswire: Qual é a parte mais desafiadora de ser editor-chefe?

(via @ B_Schuerger)

Joe: Provavelmente estar consciente de nossos conflitos de interesses e divulga-los. Além disso, quando a cerveja acaba…

7.PR Newswire: Quais são os seus recursos para Storytelling?

Joe: Amo @buzzsumo e a análise do @coschedule. @Awl, @Digiday, também parceiros do setor com dados ruins. O melhor recurso são pessoas inteligentes. Essa mentalidade para a redação é chave.

8.PR Newswire: Contently às vezes abrange temas controversos. Como você sabe quando isso é uma boa ideia ou não?

Joe: Meu trabalho é chegar nesse limite, se é que vale relatórios. É o trabalho de outros empurrar para trás. Na minha opinião, todas as empresas precisam desse equilíbrio. Dê ao seu editor uma sala para correr, mas tenha as regras no lugar.

9.PR Newswire: Como você pensa sobre infográficos?

(via @ThePowerGrp)

Joe: Ótimo para o engajamento. Eles balançam com a gente. Só precisam ser de alta qualidade / contar uma história real.

10.PR Newswire: Existe algum meio para qual você gosta de escrever mais?

Joe: Eu adoro escrever para imprensa. Nós lançamos uma revista trimestral gigante e é o que mais gosto.

11.PR Newswire: Qual é o conteúdo mais bem-sucedido do Contently e por que?

Joe: Depende da avaliação de sucesso, mas provavelmente os meus cinco play books de marketing de conteúdo. Eles só preencheram uma necessidade da audiência.

12.PR Newswire: Como você segmenta seu público-alvo ideal? Você usa personas?

Joe: Sim, personas. Mas as pesquisas com leitores dizer muito também. Um grande fã pode ser insanamente útil. Mesmo que ele não seja a sua “buyer persona”, um leitor de longo tempo pode ser uma grande ajuda.

13.PR Newswire: Você acha que é seguro comer “conteúdo lanchinho” diariamente?

(via @JordanTeicher)

Joe: O que é lanchinho? Se a sua refeição é três bifes, um hambúrguer é um lanche?

14.PR Newswire: Um monte de seu conteúdo parece mais #jornalismo do que #contentmarketing. Contently até ganhou um prêmio da American Society of Journalists and Authors (@ASJAhq). Como você equilibra criatividade com conteúdo que uma os objetivos de negócio?

Joe: Acreditamos que a elaboração de relatórios sobre o mercado é um ótimo Marketing. Mas também, otimizamos para resultados. Quando você pensa no público primeiro, grandes coisas acontecem. Se for interessante, conte essa droga de história. Também: @ContentlyOrg é uma fundação independente dirigida por Brad Hamilton. Não pode tomar o crédito do Prêmio ASJA.

15.PR Newswire: Quais são algumas das habilidades essenciais para ter uma equipe de conteúdo (estratégico)?

(via @zanerazane)

Joe: Experiência editorial real, alguém que construiu um público antes.

16.PR Newswire: Como editor, como você gosta de receber novas ideias de conteúdo?

(via @ThePowerGrp)

Joe: Um minúsculo discurso de 2 parágrafo que estabelece claramente o ângulo único da história. Também com clips… to show your chops!

17.PR Newswire: Você tem algum conselho para fazer um conteúdo ir de bom a ótimo?

(via @szumowskim)

Joe: Foco em grandes projetos que fazem a diferença. Por isso, só conteúdo não diz nada. Nenhuma busca / nem amor social.

18.PR Newswire: Como o conteúdo de colaboradores/terceiros beneficia o blog Contently?

Joe: Desde uma perspectiva de fontes, nós amamos usar o @ProfNet para impulsionar nossos relatórios 🙂 Nossos freelancers são ótimos para nós. Eu não posso dizer que o suficiente. Eles nos permitem escala no nosso jogo, ser grandes.

19.PR Newswire: Quais são algumas das tendências emergentes de blogs, de conteúdo ou de Marketing que te deixam animado?

Joe: O mundo omni-plataforma. É tão fácil de alcançar as pessoas: LinkedIn, e-mail, Facebook, etc. Especialmente com a distribuição de conteúdo pago.

Se você é um repórter, blogger, autor ou criador de conteúdo, o ProfNet pode ajudá-lo em sua busca por fontes especializadas. Tudo que você tem a fazer é preencher um rápido formulário dizendo-nos o que você está procurando, o seu prazo, e como você quer ser contatado, e vamos enviá-lo para os especialistas apropriados em nossa rede. A melhor parte? É de graça! Comece agora.

Texto original escrito por Shannon Ramlochan no Blog Beyond Bylines, no dia 03 de dezembro de 2015. Shannon é Especialista em Audiência de Conteúdo para o ProfNet da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

As Melhores Dicas de Press Release de 2015

O fim do ano é o momento para refletir e planejar – e com exatamente um mês para que que 2015 acabe, estamos prontos para olhar para trás e nos preparar para o ano que vem.

As Melhores Dicas de Press Releases de 2015

Para os profissionais de Relações Públicas e Marketing, o press release segue como peça fundamental para as estratégias de comunicação.

Comunicados à imprensa estão em evolução há algum tempo, já que as marcas abraçaram o Storytelling e buscam novas maneiras de envolver seu público. O release de hoje é altamente visual, escrito para um público e tornou-se uma essencial dentro das estratégias de Marketing de Conteúdo.

Esta evolução refletiu em muitos temas, abordados pelos colaboradores do Beyond PR, escritos neste ano. Para ajudar na elaboração do seu plano de comunicação de 2016, aqui estão alguns dos nossos melhores posts, whitepapers e outros conteúdos sobre press releases.

Dicas para Escrever Press Release (No Passado e Hoje)

“Para um press release imediato”. Muitos recursos que eram praticas comuns para comunicados de imprensa tornaram-se ultrapassados com a adaptação a um ambiente digital tão rápido.

Neste post, quebramos algumas práticas ultrapassadas e oferecemos dicas sobre como atualizar seus press releases para o cenário da comunicação de hoje.

O Melhor Horário para Enviar um Press Release Global

Dizem que a Internet fez o mundo menor, à medida que cresce o número de usuários mais e do mundo on-line para consumo de conteúdo e informação. Um comunicado de imprensa pode alcançar os quatro cantos da Terra com facilidade, e os profissionais de RP são abençoados com a oportunidade de cultivar um público global.

Esse post é leitura obrigatória para aqueles que procuram expandir seu alcance a novos países e regiões. Saiba qual o melhor horário para enviar um press release internacional e os principais pontos a considerar para diferentes tipos de conteúdo e diferentes públicos que você gostaria de alcançar.

Press Release Boot Camp: What You Need to Know

[Conteúdo em inglês]

Pronto para enviar um press release? Este whitepaper descreve todo o processo para formatação do seu comunicado e criação de conteúdo envolvente.

Use essa lista de verificação para se certificar de que você aproveitará plenamente cada press release que você escrever e distribuir em 2016.

Atinja Objetivos de RP Mais Rápido com Múltiplos Releases

À medida que mais organizações adotam estratégias para geração de demanda, a necessidade por conteúdo cresce. Comunicados de imprensa são uma peça chave em um plano de comunicação para manter sua organização no top-of-mind entre o público, aumentar a visibilidade na mídia e com outros influenciadores, e se manter envolvido em conversas importantes do mercado.

Este post destaca três cenários que podem se beneficiar ao usar vários comunicados de imprensa – mas a sua marca certamente não se limitará apenas a esses três. A chave do sucesso é procurar novas oportunidades para suas Relações Públicas e campanhas de Marketing para contar a história da sua marca.

Press Release: 5 Dicas de Como Aproveitar o Poder da Citação

Uma boa citação pode ser uma maneira eficaz para oferecer aos leitores uma “espiadinha” em sua empresa e inspirá-los a agir, tornando-as uma ferramenta poderosa para redatores e editores de press release.

Assim como jornalistas extraem declarações importantes de uma entrevista para seus artigos, redatores de comunicados devem fornecer citações de forma sucinta e que capture a grande mensagem do conteúdo.

Saiba como, estrategicamente, aproveitar as citações em press release com estas cinco dicas importantes.

6 Tips for Trade Show Press Releases

[Conteúdo em inglês]

Ao longo do ano, nós trouxemos dicas de Storytelling para diferentes tipos de press release – de lançamentos pessoais até notícias sem fins lucrativos. O nosso mais popular, porém, foi este artigo sobre press release sobre feiras e eventos. Nada surpreendente, já que feiras podem ser verdadeiros fontes para anúncios de interesse jornalístico.

A história de uma marca diz que eventos são fundamentais para ajudar a gerar buzz, dentro e fora dos saguões. Essas dicas podem ser usadas por qualquer profissional que atende ou expõe em uma feira de negócios, assim como marcas que estão procurando maneiras de entrar nas conversas em torno de eventos de interesse jornalístico.

Content We Love: Press Releases as a Trusted Data Source

[Conteúdo em inglês]

Se a mídia espontânea é o seu objetivo, tornar mais fácil a localização e verificação de informações importantes mais rapidamente é crucial para jornalistas e formadores de opinião. Um press release é uma importante ferramenta para apresentar respostas para essas questões fundamentais: Quem, O quê, Quando, Onde e Como de uma história.

Além de uma entrevista com o pesquisador e jornalista Daniel Jameson, este post também destaca um press release da Beyonce que respondeu com sucesso todas essas questões.

Como Fazer – Press Release, Melhores Práticas e SlideShare

A única coisa que todos esses artigos têm em comum é que a qualidade do conteúdo é a chave para ser encontrado e compartilhado. Afinal, você não está apenas competindo contra concorrentes da sua empresa ou de outras marcas em seu setor: Você está competindo contra todo o conteúdo na internet pela atenção do seu público.

Se você quiser fazer mais para impulsionar a descoberta do seu conteúdo, veja as nossas últimas dicas para formatação e escrita de press releases no SlideShare. E na próxima semana veja a segunda parte da nossa série “O melhor de 2015”.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 01 de dezembro de 2015. Danielle é Gerente de Comunicações Estratégicas na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Top Influenciadores – Especialistas em Relações Públicas

Popularidade, ou número de seguidores é uma medida de influência? Essa foi a pergunta respondida por Bernardo A. Huberman no post Como Identificar Influenciadores nas Mídias Sociais traduzido na semana passada e publicado aqui no Blog.

Top Influenciadores - Especialistas em Relações Públicas

Popularidade é importante. As pessoas mais influentes em seu mercado, quase sempre têm um grande número de seguidores. Por exemplo, o presidente americano Barack Obama com seus mais de 66 milhões de seguidores no Twitter é um influenciador. Mas Bernardo destaca que em todas as redes sociais existe um grande número de contas inativas, isso torna essa métrica questionável.

Quem são os influenciadores?  Huberman defende que o engajamento do público é a métrica mais eficaz para identificar um influenciador. Pessoas que se dedicam de alguma forma, seja compartilhando, curtindo ou comentando as publicações de um indivíduo, fazem dele um personagem influente.

Fazer essas ações é destacar que determinado conteúdo fala conversa com a audiência de alguma forma. Enquanto comentários podem ser positivos ou negativos, curtir um post é a aprovação do usuário sobre aquele conteúdo. Compartilhar é uma ação mais significativa ainda, por tornar a mensagem propriedade do usuário, algo com que ele se identifica e quer ser representado nas redes por aquele conteúdo.

O que é o Klout. Em resumo, o Klout é uma plataforma que mede a influência de usuários nas redes sociais com notas de entre 0 a 100. A pontuação leva em consideração uma série de fatores ligados ao conteúdo compartilhado e influência dos contatos que recebem seus posts. Que por sua vez é medida de acordo com o engajamento recebido pelas publicações, como o número de “curtir” e comentários recebidos, além de quanto tempo um tweet leva para ser retuitado ou curtido. Seguindo a mesma linha de raciocínio de Huberman.

A influência de um usuário nas redes sociais não pode ser analisada apenas pelo número de seguidores, followers ou por sua ampla conexão. Um influenciador deve ser analisado pelo engajamento que seu conteúdo recebe.

Top Influenciadores – Especialistas em Relações Públicas

Quem são os “top” influenciadores em Relações Públicas? A PR Newswire fez o levantamento dos usuários/contas nas redes sociais que são reconhecidas pelo grau de influência que tem com seu público. Veja algumas das 10 top pessoas/marcas mais influentes em Relações Públicas:

Mark Ragan

Mark Ragan

Com um social score de 72 pontos, Mark Ragan é um dos primeiros colocados no ranking do Klout PR. Além de um forte influenciar, Mark é CEO da Ragan Communications e editor do PR Daily.

PR Newswire

PR Newswire

A PR Newswire tem um social score de 69 pontos. Grande parte do engajamento recebido vem da publicação de press releases e publicações em seu blog chamado Beyond PR, voltado aos profissionais de Relações Públicas. Já o serviço de distribuição de press releases da PR Newswire é reconhecido em todo o mundo por diversos públicos como jornalistas, blogueiros profissionais de Marketing e Comunicação.

PR Daily

PR Daily

Muito próximo a PR Newswire, o PR Daily tem 68 pontos de social score. E é o um site de que oferece notícias, conselhos e opiniões sobre Relações Públicas, Marketing, Mídia Social e Jornalismo com publicações diárias.

Edelman

Edelman

É uma das maiores agências de comunicação e marketing do mundo. Com 74 pontos de social score a agência se destaca por ser uma das empresas que mais influenciam o mercado de Relações Públicas nas redes sociais.

Stephen Waddington

Stephen Waddington

Com 73 pontos de social score, Stephen Waddington é sócio e Diretor de Engajamento na KetchumPR, agência de Relações Públicas e Assessoria de Imprensa. Além de ser professor na Universidade de New Castle.

PRWeek US

PRWeek US

O perfil official do Twitter da PRWeek US recebe 65 pontos de social score. Sua influência se destaca pelas analises e opiniões em PR, Marketing e sobre o mercado de Comunicação.

Crosby Noricks

Crosby Noricks

Fundadora do PR Couture, Crosby recebeu 65 pontos de social score. Crosby trabalha com Storytelling, pensando na estrategista de conteúdo para marcas fashion e o mercado de moda.

PRSA

PRSA

A Sociedade Americana de Relações Públicas não poderia ficar fora dessa lista, e recebeu 66 pontos de social score. É uma das maiores organizações para profissionais de Relações Públicas com mais de 22 mil profissionais de PR e Comunicação.

Quem são os influenciadores no seu mercado? Visite o Klout e identifique quem são eles, como trabalham e o que publicam para estar entre os formadores de opinião no seu setor. A plataforma é muito simples e fornece informações importantes que podem agregar mais informação em suas atividades.

Se você quiser saber como se relacionar com influenciadores e outros públicos estratégicos, entre em contato com a PR Newswire.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire