7 Grandes Marcas e o Dia dos Namorados no Twitter

De dicas de presentes a memes engraçados. Como grandes marcas estão aproveitando o dia dos namorados para promover seus produtos e sua imagem.

7 Grandes Marcas e o Dia dos Namorados no Twitter

Mas do que aquecer o comércio, o dia dos namorados é uma grande oportunidade para as marcas mostrarem toda a sua criatividade e se aproximarem do público. Não importa se o objetivo é vender um produto, ou apenas reforçar seu posicionamento. Ao final, o que realmente importa é a originalidade das campanhas.

Selecionamos sete grandes marcas que usaram o Twitter para comemorar o dia dos namorados com seus seguidores. Alguns tweets são mais carinhosos e outros engraçados.

Presente de dia dos namorados Netflix

A aguardada série Orange is the New Black está de volta. Mesmo a série não fazendo sendo essencialmente “romântica”, a Netflix aproveitou o dia dos namorados para promover a nova temporada como um presente para os amantes.

Homenagem a todos que amam Vivo

O “cupido Cazuza” da Vivo, como a própria operadora diz: é uma homenagem a todos que amam exageradamente. O vídeo mostra casais interagindo por smartphones com a música “exagerado” como trilha sonora.

O Feliz Dia dos Namorados com Emoticons do Itaú

O banco Itaú aproveitou o dia 12 de junho para reforçar seu posicionamento. Há algum tempo a marca usa emoticons em suas peças de comunicação. Dessa vez, produziu um vídeo para parabenizar os casais pelo seu dia.

Meme de um Triângulo Amoroso da Rede Record

A perfil da Rede Record publicou no twitter um “meme” em comemoração ao dia dos namorados. Nele a emissora promove a temporada de Breaking Bad. Na imagem estão os personagens Skyler White, Walter White e Jesse Pinkman deitados na mesma cama.

Te amo meu “Bebê” do Banco do Brasil

Em seu tweet o Bando do Brasil faz uma analogia entre sua sigla (B-B) e a forma como alguns casais costumam se chamar (bebê). O destaque fica por conta da imagem, onde aparece um bilhete com um coração amarelo e frases em azul, remetendo as cores do banco.

Como arrumar um namorado? Pergunte ao Google

De forma criativa, o Google promete dar uma forcinha para as pessoas que não estão namorando. Na peça, o maior buscador do Brasil, pode te ajudar a arrumar um namorado através do seu serviço de busca.

Dia dos Namorados O Boticário

Não se pode falar de dia dos namorados sem falar do O Boticário. Seu novo comercial foi visualizado quase 4 milhões de vezes no Youtube e gerou grande repercussão na mídia. A marca aproveitou a ocasião para se posicionar contra a homofobia.

Qual desses tweets você achou mais bacana? Se tiver dicar de outras publicações ou campanhas para o dia dos namorados, deixe seu comentário.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

O que é Tsu – Conteúdo, Monetização e Direitos Autorais

A nova e polêmica rede social Tsu. Se você produz conteúdo próprio conheça as características e os prós e contras da plataforma. Será que ela é para você?

O que é Tsu – Conteúdo, Monetização e Direitos Autorais

O mundo está cada vez mais conectado. Com o número crescente de internautas e maior acesso à tecnologia, novidades surgem a cada dia com as mais diferentes propostas. Esse é o caso da Tsu, uma rede social “novinha em folha”, mas que já está gerando debates em torno da produção de conteúdo, monetização online e direito autoral.

O que é a Tsu? A nova rede social está em atividade desde 21 de outubro. Criada pelo americano Sebastian Sobczak, já recebeu um investimento de 7 milhões de dólares e apoio de artistas famosos como 50 Cent e Luol Deng do Miami Heat. A grande novidade da plataforma é a promessa de remunerar os usuários e pagar pela publicação e visualização de conteúdo. E você ai, postando diariamente no Facebook sem receber um “tostão” por isso. Mas vamos com calma, antes que a animação tome conta de você, vamos um pouco mais a fundo nos temas que cercam essa nova rede social.

As funções e navegação são muito parecidas com qualquer outra rede social. Se você usa o Facebook provavelmente não terá grandes problemas ao acessar a plataforma da Tsu. Após criar um perfil, você publica conteúdo, adiciona amigos, curte posts, comenta e compartilha. Sem novidades por aqui.

  • Bank. O que é mais diferente da Tsu é que cada usuário tem seu próprio banco. Que nada mais é que uma aba dentro disponível no perfil de cada usuário. Esse é o local para onde é destinada a remuneração dos royalties por conteúdo compartilhado.
  • Analytics. Outra funcionalidade disponível na rede social e que o usuário comum pode não ter muita familiaridade. O sistema de analise da Tsu serve para que seus usuários acompanhem o desempenho do seu perfil e conteúdo. Muito parecido com as funcionalidades de análise para FanPages no Facebook. No Analytics da Tsu é possível acompanhar o número de visualizações do seu conteúdo, likes e comentários do seus posts. Além de ranquear a publicação mais visualizada do mês.
  • Family Tree. É o campo da Tsu que onde você pode visualizar e acompanhar seu número de amigos, seguidores e crianças. Crianças? Sim. Pode parecer um pouco estranho, mas a plataforma é uma espécie de pirâmide de ponzi, famoso modelo de negócio conhecido também como marketing multinível. Para que os internautas tenham acesso à plataforma, precisam receber um convite. As pessoas que entrarem para a Tsu com o seu convite irão aparecer na sua Family Tree como Children.

Shortcode. Para entrar na Tsu você precisa ser convidado. Mas diferente de outras redes sociais onde conseguir um convite é muito trabalhoso e requer grande network, nesse caso é muito mais simples. Se você não receber um convite de um amigo por email, facilmente você pode encontrar um disponível na web. Chamados de Shortcode, os links de perfis de internautas que já são usuários na rede, dão acesso aos novos usuários. Ao encontrar ou receber um shortcode e se cadastrar na plataforma, automaticamente você estará atrelado a Family tree desse usuário. Isso fará mais sentido quando chegarmos em monetização. Mas resumindo, quanto mais pessoas entrarem na rede com o seu shortcode, mais dinheiro você poderá ganhar, elas estarão na sua “árvore”. Em outras palavras, os convidados que entram dão lucro para quem os convidou. Shortcodes são facilmente encontrados na internet.

Conteúdo na Tsu. Como a proposta da plataforma é a remuneração por conteúdo, claro que ele deve ser original. Imagens, textos, áudio e vídeos. Não importa qual o formato do conteúdo que você produz conteúdo desde que seja de sua própria autoria.

Se você é fotógrafo, imagine ganhar um dinheirinho com as suas imagens. Designers também podem monetizar suas imagens manipuladas ou infográficos interessantes. Músicos e novos artistas podem ganhar um “trocado” se postando suas criações e se apresentando para o público online. Blogueiros, escritores e jornalistas já tem mais uma opção de rede social para pleitear aquele “pé de meia” ou pelo menos livrar uma outra conta. Mas lembrem-se, originalidade.

Direito Autoral na Tsu. Cuidado! Como parte das regras, a rede social alerta sobre a publicação de conteúdo que não seja de autoria própria, isso pode render sansões. A Tsu segue as normas da Digital Millennium Copyright Act (DMCA), lei que regula o copyright dos Estados Unidos. Por isso fique atento e certifique-se de que você não está violando os direitos em suas publicações.

Monetização e Remuneração na Tsu. Como falamos acima, em Family Tree e em Shortcode, quem é convidado dá lucro para quem convidou. A partir do conteúdo que é publicado e interações que são geradas. E funciona assim: Do total de receita que você gera, 10% é da Tsu, o responsável pela publicação recebe 50% e os outros 40% são repartidos entre sua rede de convidados. Para entender melhor, se suas publicações renderem US$ 100, US$ 10 para a Tsu, US$ 45 para você e US$ 45 para as pessoas que se cadastraram a partir do seu link. A remuneração segue a “regra dos terços infinitos”. Para receber esse dinheiro, não é feita nenhuma operação bancária. Ao atingir US$ 100, você já pode fazer uma solicitação de retirada. A Tsu fará o pagamento com um cheque enviado para um endereço informado pelo usuário. Essa operação não é muito clara para usuários brasileiros. Caso o valor passar de US$ 600 por ano, ficará sujeito ao pagamento das taxas de tributação da Receita Federal dos EUA.

unnamedSe você se interessou, e está a fim de testar a Tsu, faça o seu cadastro!

A plataforma é gratuita e já possui apps disponíveis para os sistemas Android e iOS. Não se esqueça, após o testar a Tsu, deixe a sua opinião sobre a plataforma nos nossos comentários. Afinal, será que essa moda pega?

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Entrevistas – Dica para sua Estratégia de Conteúdo

Criar conteúdo não é uma tarefa fácil, porém existem alguns atalhos que podem facilitar o seu caminho e contribuir para que conquiste melhores resultados em content marketing.

Interview for Content Marketing

Não importa o formato adotado para sua mensagem. Seja ela um texto que será postado em seu blog, uma imagem para compartilhar em suas redes sociais, um infográfico que será publicado em seu site ou um vídeo que publicado no Youtube. Conte com a experiência de profissionais e especialistas para aumentar a qualidade do seu conteúdo.

Faça entrevistas. Uma entrevista é um ótimo ingrediente para seu conteúdo. Aumenta a consistência da sua mensagem, tornando-a muito mais atrativa para seu público. Comece identificando quem são os formadores de opinião e especialistas sobre o tema que você quer abordar.

O site Business 2 Community abordou o assunto com propriedade e pediu o ponto de vista de jornalistas que indicaram as melhores abordagens e como fazer uma entrevista. Compilamos os melhores e mais importantes pontos, e você poderá conferir abaixo algumas dicas sobre como fazer e como elas podem contribuir com sua estratégia de conteúdo:

  • Autoridade. Entrevistar especialistas e inserir seus diferentes pontos de vista no conteúdo garante mais autoridade para a sua mensagem.  E contribui para que o tema abordado seja visto de vários ângulos.
  • Originalidade. Muitas vezes na criação de conteúdo tentamos olhamos para o todo, deixando de fora pontos menores que podem fazer toda a diferença. Por meio de entrevistas podemos qualificar o conteúdo e tornar nossa mensagem original. Se alguma outra fonte de notícias, como sites e blogs, quiserem usar ou citar algum ponto da sua entrevista, você receberá os créditos. Lembre-se de escolher seus entrevistados com cuidado.
  • Criatividade. As pessoas estão interessadas em novidades, pontos de vista diferentes. Procure novos formadores de opinião. Saia do tradicional e faça perguntas realmente criativas, isso garantirá que sua audiência seja atraída por oferecer conteúdo relevante e interessante.
  • Formato. Texto, imagem, infográfico ou vídeo? Um recurso multimídia também é uma opção. Apresente suas respostas no formato que mais se adeque ao seu público e a mensagem que você deseja transmitir. Caso escolha redigir sua mensagem, certifique-se de destacar os pontos mais interessantes para leitura. Se imagens e infográficos se pretende que sua mensagem seja absorvida de forma rápida, se o seu público não tem muito tempo.
  • Perguntas. Cuidado ao elaborar o seu questionário. Essa é um dos principais pilares para o sucesso da sua entrevista. Não subestime essa atividade. Se entre as pessoas que compõem a sua equipe, tiver um jornalista experiente, não deixe de consulta-lo.  Ele saberá como elaborar as perguntas e como extrair do entrevistado as melhores respostas.

Aplique essas dicas. É uma ótima alternativa na hora de criar conteúdo especializado. Aumenta a consistência das suas mensagens, tornando-as atrativa e originais.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire