Laila Coelho – Autenticidade é o Segredo para Blogs de Sucesso

Assumidamente apaixonada por moda, viagens, culinária e assuntos de beleza, Laila Coelho, jornalista e consultora de imagem e estilo, iniciou seu trabalho como blogueira com o intuito de compartilhar suas experiências.

Hoje, com site novo e recém-lançado (lailacoelho.com.br), a blogueira Laila Coelho nos conta um pouco sobre seu trabalho e o mercado de blogs, cada vez mais em ascensão.

Acompanhe a entrevista feita pela PR Newswire:

Laila Coelho – Autenticidade é o Segredo para Blogs de Sucesso

1. Como surgiu a ideia de criar um canal no Youtube? Quando e por que você se viu na necessidade de lançar o blog? 

A ideia surgiu a partir de um sonho que sempre tive em ser apresentadora de TV. Quando vi que poderia desenvolver esse lado de vídeos pelo Youtube e ainda me divertir, não pensei duas vezes e criei meu canal! A ideia do blog veio depois, a partir dessa necessidade em dividir cada vez mais coisas e assuntos com as leitoras!

2. Todo o conteúdo divulgado em seus canais de mídia é produzido por você ou há uma equipe de auxílio?

É tudo comigo e com as sugestões das leitoras que estão sempre ali me dando aquele HELP com sugestões e hoje tenho a Nath que me ajuda a editar os vídeos.

3. Você acha útil receber nossos releases? Utiliza-os para a produção do conteúdo de suas redes?

Acho legal sim! A gente consegue ter uma dimensão de novos conteúdos.

4. De que maneira você acredita que os blogs estão influenciando o mercado da moda e os hábitos de consumo?

Acho que antigamente eram os artistas e celebridades que faziam isso. Com as blogueiras isso facilitou mais para as pessoas acreditarem que você não precisa estar na TV para ser ou para pertencer a algo, sabe? Acho que humanizou um pouco e desmistificou esse mundo que parecia muito distante!

5. Considerando o alto índice de blogueiras especializadas em moda e beleza, o que você considera essencial para se sobressair dentro deste universo?

Autenticidade! Eu me mantenho firme nos meus ideais e sonhos. O que eu quero para o meu futuro, sempre vem na frente de qualquer decisão.

6. Como você lida com a responsabilidade de ser uma referência de moda para milhares de seguidoras no Brasil?

Até eu entender isso demorou um pouco. Hoje sei que influencio pessoas não só na moda, mas em qualquer aspecto em que eu fale, é muita responsabilidade. Mas sou muito feliz trabalhando com isso e podendo ajudar pessoas.

7. Do ponto de vista jornalístico, você acredita que a explosão de blogs e o aumento contundente de influenciadoras digitais é um aspecto positivo ou negativo?

Super positivo! Como falei acima, humaniza e traz para o real tudo isso que até pouco tempo parecia distante, e eu sou jornalista também, então super apoio.

8. Como descreveria sua experiência na TV? Há novos projetos em vista?

Maravilhosa, sonho realizado! Sim, muitas coisas novas estão por vir! Por enquanto não posso falar, mas vai ser o máximo!

*Se você é um jornalista, blogueiro, autor ou criador de conteúdo, o ProfNet pode te ajudar a encontrar fontes especializadas. Tudo que você tem que fazer é preencher um rápido formulário dizendo o que você procura, o seu prazo, e como você quer ser contatado, para colocarmos você em contato com os especialistas mais apropriados em nossa rede. A melhor parte? É GRÁTIS! Comece agora.

Por Larissa Nalin, Pesquisadora de Mídia
PR Newswire

Anúncios

Conheça os Padrões de Consumo de Mídia dos Brasileiros

Com uma metodologia que permite conhecer de modo mais preciso os padrões de consumo de mídia dos brasileiros, a SECOM – Secretaria de Comunicação Social da Presidência da Republica – apresentou no final da semana passada a sua primeira “Pesquisa Brasileira de Mídia”.

Para o estudo foram estabelecidas amostras que retratam os 26 Estados e o Distrito Federal. Permitindo assim ter um retrato mais fiel do comportamento da população brasileira sem perder suas características geográficas. Diferente de estudos privados, que em geral, limitam sua amostra aos grandes centros urbanos.

Além de conhecer os hábitos de consumo de mídia da população brasileira, a pesquisa teve como objetivo saber como os brasileiros se informam de acordo com seu segmento socioeconômico. O estudo também aborda os diferentes níveis de confiança dos brasileiros nos diversos tipos de canais como televisão, rádio, jornal, revistas, sites, blogs e redes sociais.

HÁBITOS DE CONSUMO DE MÍDIA

Alguns dados da “Pesquisa Brasileira de Mídia”:

Televisão

Meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros. Grande parte da população brasileira (65%) assiste televisão todos os dias da semana. Passando cerca de três horas e meia na frente da telona diariamente. O público feminino usa o meio com maior frequência do que os homens. 67% das mulheres afirmam assistir TV todos os dias, enquanto 63% dos homens têm esse hábito.

De 2ª a 6ª os programas jornalísticos ou de notícias prevalecem. 80% do público afirma assistir esse tipo de programa. As novelas ficam em segundo lugar com 48%.

Aos finais de semana os programas de auditório se sobressaem, tendo audiência garantida por 79% dos participantes.

Os telejornais mais assistidos no Brasil (2ª a 6ª):

1. Jornal Nacional (Rede Globo)

2. Jornal da Record (Rede Record)

3. Cidade Alerta (Rede Record)

Internet

Meio de comunicação que mais cresce no Brasil. 26% da população diz que acessa a internet diariamente. Nos dias de semana o tempo médio de uso dos brasileiros é maior que três horas e meia (3h39) conectados. Aos finais de semana esse número aumenta, chegando a 3h43 de conexão.

Os resultados apresentam que o uso da internet é mais forte entre o publico jovem nos maiores centros urbanos e com maior renda e escolaridade. 77% dos entrevistados com menos de 25 anos, ficam online por pelo menos uma vez por semana.

As redes sociais são um fenômeno no Brasil. O Facebook destacasse como uma das principais redes sociais entre os brasileiros. 68,5% adotam as redes sociais para seu uso durante os dias de semana. E aos finais de semana esse número cresce chegando a 70,8%.

Sites mais citados como fonte de informação:

1. Facebook

2. Globo.com

3. G1

Jornal

Um meio de comunicação pouco usado pelos brasileiros. 75% dos entrevistados diz não ter o costume de ler jornal. Apenas 6% incluem o meio em sua rotina diária.

A frequência de uso é maior entre os homens.  27% afirmam ler jornais pelo menos uma vez por semana. Entre as mulheres, esse número cai para 22%.

Assim como a internet, quanto maior a renda familiar, escolaridade e localidade geográfica (grandes centros urbanos), maior é a adoção desse meio de comunicação pelos brasileiros. Que têm as notícias da sua cidade como a preferencia entre os leitores com 33% das citações. Seguidas pelas notícias esportivas (25%).

Jornais mais lidos no Brasil aos finais de semana:

1. Extra – Rio de Janeiro

2. Super Notícia

3. O Globo

Segundo a pesquisa, meio menos consumido pelos brasileiros é a revista.

Se você é um profissional de comunicação, atualize seus conhecimentos sobre o consumo de mídia no Brasil. Confira o estudo completo “Pesquisa Brasileira de Mídia” clicando nesse link.

A pesquisa contemplou 848 municípios, entrevistando 18.312 pessoas entre os dias 12/10 e 6/11 de 2013. A elaboração do questionário, coleta de dados, checagem e o processamento dos resultados foram feitos pelo IBOPE Inteligência.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire