Press Release – Como Escrever Títulos Curtos e Atraentes

Press Release – Como Escrever Títulos Curtos e Atraentes

Escrever um título de press release que seja conciso e informativo não é fácil. Pode ser tentador descrever toda a sua mensagem nesse espaço, mas títulos muito longos podem sobrecarregar os leitores e comprometer o interesse do público.

Se o seu título não prender a atenção do seu público, seu press release não será lido.

Títulos curtos são melhores por algumas razões: Mais fáceis de entender quando aparecem no feed de notícias e pré-formatados para dispositivos móveis.

Além disso, quanto mais curto o título, melhor as chances de seu press release ser compartilhado e lido por inteiro pelo público. Nosso SlideShare How to Write Press Releases aponta duas regras básicas para o tamanho de títulos:

  • Mantenha-o até 110 caracteres para que seja facilmente compartilhado.
  • Inclua as informações mais importantes nos primeiros 65 caracteres (incluindo espaços), é o tamanho aproximado para a indexação/exibição no Google.

Isto pode parecer simples, mas o título pode dobrar de comprimento ao tentar acompanhar diretrizes de marca. Como incluir nomes de empresas, produtos e outras informações.

A próxima vez que você escrever um comunicado à imprensa, considere estas cinco dicas e exemplos para manter o seu título curto e atraente.

1. Utilize subtítulos. 

Títulos longos e complicados são difíceis de entender, e sua mensagem pode se perder entre os leitores se tiver muitos detalhes. Concentre-se em ser sucinto e utilizar subtítulos para fornecer mais informações e contexto.

Título Antes: XYZ Corporation, uma empresa de tecnologia, parceira da marca ABC, líder em produtos eletrônicos, se unem na ConsumerTech 2016 para lançar fones de ouvido wifi

Título Depois: XYZ Corp e a Marca ABC lançam Fones de Ouvido Wifi

Novo Subtítulo: Visite o estande #720 da XYZ na ConsumerTech 2016

O leitor ainda vê os pontos principais da história com menos palavras e em linguagem concisa.

The Buyer 2.0 Content Strategy Checklist

2. Evite palavras que não sejam essenciais.

Releia e corte todas as palavras que puder em seu título, como adjetivos, artigos ou até mesmo partes inteiras. Substitua conjunções por pontuação, dessa forma seu público ainda pode ver o título e entender seu significado.

Título Antes: Empresa XYZ compartilha os melhores destino de viagem para família no verão e dicas para viajar com crianças

Título Depois: Os melhores destinos de verão para famílias

Novo Subtítulo: XYZ compartilha dicas para viajar com crianças

Eliminar aquilo que é desnecessário reduz a desordem. Se o texto estivesse em inglês, por exemplo, a palavra “children” poderia ser substituída por “kids”.

3. Diminua o tamanho das palavras.

Substitua palavras por abreviações conhecidas (Corp. para Corporation), siglas (etc para etcetera, IPO para Oferta Pública Inicial), números (trezentos por 300) e símbolos ($,%, etc.), podem economizar caracteres preciosos e ainda transmitir com clareza a mensagem.

Título Antes: Os dez melhores lugares para comer por menos de dez dólares em Los Angeles de acordo com a Empresa XYZ

Título Depois: XYZ Corp: 10 melhores restaurantes por menos de US$ 10 em LA

Tenha em mente que muitas siglas e abreviações no mesmo título podem causar confusão. Use-as onde for mais apropriado e veja se elas serão compreendidas facilmente.

4. Minimize o exagero.

Os motores de busca favorecem o “human-friendly content” que usa a linguagem natural com o mínimo de jargões. Evite colocar muitas palavras-chave em seu título ou expressões e termos de mercado. Não seja muito vago para as pessoas fora do seu público-alvo.

Título Antes: Social Media é mamão com açúcar para proprietários de PMEs que usam a Plataforma de Marketing da XYZ

Título Depois: Pequenas empresas: XYZ oferece ferramentas para Mídia Social

5. Faça testes. Use o que funciona.

Tente variar as informações em qualidade e quantidade em seus títulos de press release. Por exemplo, se você está escrevendo para um público segmentado, use termos e linguagem desse mercado para tentar gerar engajamento. Analise seus relatórios de distribuição e veja quais títulos geraram mais interesse do seu público. Em seguida, ajuste os próximos de acordo com os seus objetivos.

Conte cada letra para diminuir o tamanho do seu título. Se você quer conectar leitores à história do seu press release, é preciso dar uma boa razão para eles clicarem.

Baixe o The Buyer 2.0 Content Strategy Checklist para mais dicas que o ajudarão a escrever e distribuir conteúdo que conecta seu público.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Erica Crist no dia 14 de julho de 2016. Erica é Senior Customer Content Specialist na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Landing Page – Como os Internautas leem o Conteúdo Online

Antes e depois dos resultados de otimização da página de destino (landing page) da MecLabs. Mudanças no modo de estruturar as páginas da Web podem aumentar significativamente os resultados gerados por essas páginas.

F Shaped Pattern For Reading Web Content_Image

Os marqueteiros sabem que pequenos ajustes em suas páginas podem gerar impressionantes resultados.  Mudar um botão para um ponto diferente da página e reduzir a quantidade de texto e outras desordens visuais aumentam a probabilidade de que os visitantes da página tomem a atitude desejada, clicando no “call to action” principal da página. Isso é chamado de otimização da página de destino (landing page) e é um campo cada vez mais importante do marketing digital.  Mas, qual é a ligação com PR? Falaremos sobre esse assunto mais depois, em uma webinar sobre novas táticas para press releases.

Você poderá acompanha-lo por esse link, é gratuito. Nos encontramo lá?

Mas aqui está o ponto principal…

Os press releases que publicamos se tornam um tipo de landing page quando se tornam públicos e são distribuídos online.  Ficam hospedados em centenas de sites e são os embaixadores digitais de nossas marcas, transmitindo mensagens, atribuição de marca, material visual e, o mais importante, links que direcionam aos sites.

NOVOS RESULTADOS PARA OS PRESS RELEASES

Em consequência, muitas organizações estão usando releases para gerar mais do que cobertura da mídia.  Direcionar interações sociais que levam a melhores resultados de mecanismos de busca é um novo resultado poderoso para o qual as marcas estão usando a distribuição de conteúdo.  Promover o conteúdo, como publicação de blogs e documentos de marketing, é algo mais que vemos as marcas fazerem com informativos à imprensa online.   A geração de leads e vendas diretas (como download de aplicativos e registros de eventos) é um terceiro uso dos informativos à imprensa que estamos vendo cada vez mais.

FORMATAÇÃO DOS PRESS RELEASES PARA ESTIMULAR OS LEITORES A AÇÃO

Jakob Neilsen do Grupo Neilsen Norman é o avô da pesquisa de experiência do usuário (“UX”) online e dedicou tempo considerável à pesquisa de como as pessoas leem o conteúdo online.  A conclusão dele: as pessoas não leem realmente o conteúdo online da mesma forma que leem o jornalismo narrativo. Ao invés de lerem metodicamente cada linha, os leitores online percorrem o conteúdo, usando um padrão em forma de F, gastando mais tempo no topo de página e depois vasculhando o lado esquerdo.

F Shaped Pattern For Reading Web Content

Os profissionais da PR que escrevem press releases podem usar essa pesquisa para criar conteúdo mais eficiente.  Quando formatam comunicados para a imprensa e outros conteúdos destinados à distribuição online, os profissionais que o escrevem devem prestar atenção nas dicas a seguir, colhidas diretamente do próprio Neilsen no artigo intitulado, F Shaped Pattern For Reading Web Content, em português: Padrão em forma de F para leitura de conteúdo da Web.

As implicações do padrão F para o design da Web são claras e mostram a importância de seguir as diretrizes para escrever para a internet ao invés da adaptação o conteúdo impresso:

  • Os usuários não leem seu texto detalhadamente palavra por palavra. A leitura completa é rara, principalmente quando clientes prospectivos estão fazendo a pesquisa inicial para compilar uma lista final de fornecedores. Sim, algumas pessoas lerão mais, mas a maioria não.
  • Os dois primeiros parágrafos devem apresentar as informações mais importantes. Há alguma esperança que os usuários acabem por ler realmente o material, embora provavelmente leiam mais do primeiro parágrafo do que do segundo.
  • Inicie subtítulos, parágrafos e sinais gráficos de destaque com palavras que transmitam informações que os usuários notarão enquanto exploram o lado esquerdo do conteúdo na passada final do comportamento F. Eles lerão a terceira palavra de uma linha com muito menos frequência do que as duas primeiras”.

Não é surpresa que a pirâmide invertida de melhores práticas de otimização de mecanismos de busca e de redação de notícias ofereça também orientação semelhante em termos de colocar as informações mais importantes no topo da página e o uso de sinais gráficos e texto em negrito para destacar as informações para os leitores.  Muitos redatores de press releases, entretanto, ignoram esse conselho e, ao invés, carregam os primeiros parágrafos com clichês e escondem as mensagens chave bem profundamente dentro de blocos de texto.

Penso que chegou a hora de colocar nossas mensagens sob microscópio.  Precisamos ajustar os press releases para os leitores, não permitindo que egos conflitantes ou o “sempre fizemos dessa maneira” coloquem barreiras à eficácia da mensagem.

APRENDA NOVAS TÁTICAS PARA MELHORAR SEUS RESULTADOS DOS PRESS RELEASES

Se quiser atualizar suas táticas de press release, assista o webinar gratuito intitulado Tactics for Maximizing Press Release Results, em português: Táticas para maximizar resultados de press releases.

Aprenda como criar press releases que possam competir pela atenção do público com os melhores conteúdos da Web. Esse webinar aborda profundamente as táticas de press releases, inclusive:

  • Escrever títulos que façam mais do que apenas chamar a atenção – eles inspiram a ação.
  • Como construir um comunicado de imprensa para canalizar o interesse dos leitores.
  • Estratégias de otimização de conteúdo para obter os melhores resultados em mecanismo de busca para a sua marca.

Este texto foi traduzido do post escrito por  Sarah Skerik no Blog Beyond PR, no dia 26 de fevereiro de 2014.

Sarah Skerik é Vice-Presidente de Content Marketing da PR Newswire, e autora dos e-books Driving Content Discovery e  New School Press Release Tactics.  Twitter: @sarahskerik.O que é RP

26% dos Press Releases não são Otimizados para o Ambiente Digital

prn-pulse-poll_release-change_feb2014

Apesar da explosão das mídias digitais, da importância dos leitores online e da visibilidade dos buscadores, mais de um quarto dos entrevistados em uma pesquisa informal realizada pela PR Newswire, não mudaram suas táticas para os comunicados de imprensa.

A maioria dos entrevistados indica que está atualizando sua abordagem de como escrevem e estruturam o conteúdo de seus releases. As táticas mais populares são a incorporação de links que permitem aos leitores entrar diretamente em uma página web, ou incentivar o engajamento social.

infographic_multimedia2012Incorporar elementos visuais – a maneira mais eficaz para gerar visibilidade aos comunicados de imprensa – é também uma tática crescente, popularmente empregada pelas equipes de RP. Redes sociais e motores de busca continuam aumentando sua ênfase no conteúdo visual, utilizar esse recurso seguirá como uma tática importante e eficiente.

Táticas para Otimização de Sites continuam frustrando os profissionais de Relações Públicas, em grande parte pelo ritmo acelerado das mudanças empregado pelos motores de busca.

Leia também: 4 Dicas para a Criação de Conteúdo pensado para buscas com o Google Hummingbird.

Aprenda novas táticas para melhorar os resultados dos Press Release

No dia 26 de fevereiro a PR Newswire realizou um Webinar gratuito intitulado “Táticas para Maximizar Resultados dos Press Releases“.

Você pode aprender a criar press releases que podem competir pela atenção do público com o melhor do conteúdo da web. Este Webinar mergulhou profundamente em táticas para comunicados de imprensa, incluindo:

– Escrever títulos que fazem mais do que apenas chamar a atenção – eles inspiram ação.

– Como construir os press releases para canalizar o interesse dos seus leitores.

– Estratégias para otimizar seu conteúdo para  maximizar seus resultados para sua marca nos motores de busca.

Acesse: Táticas para Maximizar Resultados dos Press Releases

O Webnar aconteceu: Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014. Duração: 60 minutos.

Este texto foi traduzido do post escrito por   no Blog Beyond PR, no dia 20 de fevereiro de 2014.

Sarah Skerik é Vice-Presidente de Content Marketing da PR Newswire, e autora dos e-books Driving Content Discovery e  New School Press Release Tactics.  Twitter: @sarahskerik.O que é RP

Traduzido e Adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire