Como Fazer – Press Release, Melhores Práticas e SlideShare

O noticiário é cheio de histórias que estão competindo por atenção e cliques dos leitores. Política, clima, placar de jogos, resultados trimestrais, as últimas novidades de entretenimento – sua notícia está competindo contra todo o conteúdo da internet, não apenas com as notícias de seus concorrentes ou do seu mercado.

Como Fazer - Press Releases, Melhores Práticas e SlideShare

Como ter certeza de que a sua história irá se sobressair a esse ruído e fica frente a frente com o público certo se há tanta concorrência pela atenção?

Mesmo com tantos tipos e necessidades diferentes, todos os press releases têm uma coisa em comum: Eles precisam ser envolventes.

Se você quiser que o seu comunicado de imprensa seja descoberto – nos buscadores, por jornalistas, clientes ou investidores – todo o processo precisa ser focado em fornecer uma experiência envolvente para o seu público.

Por experiência própria, uma foto atraente, título interessante ou uma forte distribuição não salvará um press release que tenha descuidado do planejamento e feito de outra forma. Do começo ao fim, seja rigoroso e consistente.

Os quatro passos seguintes ajudarão a fazer de um press release que se sobressaia a desordem e crie uma impressão duradoura.

  1. Como seu Press Release se Encaixa ao Público

Seu público não é uma multidão sem rosto e sem nome. Eles são os clientes, jornalistas e analistas. O que eles estão comprando? O que eles estão compartilhando? O que eles estão escrevendo? Use esta visão para criar um press release que preencha essas necessidades.

Entender o seu público-alvo também vai ajudá-lo a identificar a melhor maneira de alcançá-lo. Determinando a forma de distribuição mais adequada – se ela for ampla, escolha um circuito de interesse geral. Caso seja mais segmentada, veja opções de nicho – que coloque sua notícia frente a frente com as pessoas interessadas nela.

 

  1. A História mais Relevante

Um clickbait sensacional ao lado (“Essa mulher viu um gatinho na estrada. Você não vai ACREDITAR o que aconteceu depois!”), seu release deve apresentar a informação mais importante que responde ao “e daí?” dos jornalistas e dá aos seus clientes algo para morder a isca.

Provavelmente haverá várias maneiras de responder ao “e daí?” do seu press release. Mas, você precisa escolher o que vai repercutir mais. A melhor história é aquela que não só desperta o interesse de seu público, mas os mantém lendo e os leva a agir.

Este engajamento é essencial para o seu press release ser descoberto. Quando o público se envolve com o conteúdo, ele sinaliza aos motores de busca que a história é de alta qualidade. O que significa que o seu comunicado de imprensa é o conteúdo certo para as pessoas e recebe uma colocação mais elevada na SERP.

  1. Recursos Visuais e Ativos de Conteúdo

Pense em seus próprios hábitos de consumo de conteúdo. Qual história você está mais propenso a clicar: Aquela com imagens ou sem?

Imagens e outros recursos visuais são conhecidos por aumentar as visualizações on-line e dar um empurrãozinho com a mídia noticiosa tradicional. Não é segredo que elas são importantes para conseguir e manter a atenção do leitor.

No entanto, além de fotos, gráficos e vídeos, considere quaisquer outros ativos de conteúdo, tais como relatórios de pesquisa, demonstrações de produtos, ou whitepapers que complementam o press release – demostram a sua autoridade, e impulsionam o público a explorar a história da sua marca ainda mais.

  1. Formato de Conteúdo Consumido pelo Público

Depois de saber quais ativos irão compor o press release, você deve se concentrar em como ele será embalado. Considere as seguintes melhores práticas quando for formatar seu conteúdo:

  • Mantenha seu título curto, mas informativo. Google exibe os primeiros 65 caracteres (incluindo espaços). Coloque as informações mais importantes na frente.
  • Use um bom subtítulo para fornecer contexto adicional. Os buscadores indexam uma descrição também. Aproveite para dar aos leitores uma razão para clicar.
  • Inclua um call-to-action é fundamental no início do comunicado e use o link completo em vez do texto âncora.
  • Facilite a leitura do público. Inclua subtítulos e citações de pessoas que se destaquem no texto. Dessa forma seu conteúdo não ficará cansativo para os leitores.
  • Otimize seu texto e recursos visuais para que eles sejam fáceis de compartilhar. Crie gráficos adaptados às redes sociais que redirecionem para seus canais próprios.

A última peça do quebra-cabeça de imprensa é mensurar o sucesso das diferentes táticas testadas. Embora as dicas acima sejam as melhores práticas comprovadas, algumas podem funcionar melhor do que outras, dependendo do seu público.

Avoid the Numbers Trap

Reveja e compare diferentes elementos multimídia, formatação e ângulos das histórias. Provavelmente você identificará oportunidade que podem ser ajustadas para futuras comunicações.

Baixe o nosso whitepaper Avoid the Numbers Trap para aprender a encontrar sentido em seus relatórios. Ao adaptar continuamente a sua estratégia e análise, você conseguirá muito mais para o seu budget e ROI.

Você também pode acessar o nosso amigo SlideShare para mais dicas sobre como criar press releases que se sobressaem ao ruído do ciclo de notícias de 24 horas.

Texto traduzido do post escrito por Catherine Spicer no Blog Beyond PR, no dia 10 de novembro de 2015. Catherine é Gerente de Customer Content Services da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

A Fórmula para o Press Release de Sucesso

Pense na última vez que você pensou em comprar alguma coisa. Se você é como a maioria dos compradores, você pesquisou o produto ou serviço antes de entrar em contato com a empresa para obter mais informações. Você viu vários depoimentos úteis e confiáveis sobre o produto para sustentar sua decisão. Você provavelmente também procurou em múltiplos canais, como as mídias sociais, buscadores, sites de notícias informativos.

A Fórmula para um Press Release de Sucesso

Porque o consumidor de hoje está olhando para as informações sobre as empresas. Estão pesquisando. Relações Públicas e o time de Marketing precisam criar cadência na comunicação das suas marcas. E essa cadência inclui o Press Release.

Embora os comunicados à imprensa tenham sido tradicionalmente usados para anunciar alguma coisa (seja ele um novo produto, um evento, uma mudança de pessoal, ou os mais recentes resultados financeiros da empresa), David Nelson, Assessor de Distribuição Sênior da CNW Group, incentiva comunicadores de marcas a olhar além disso.

Os profissionais de Relações Públicas são muito ocupados”, escreveu David recentemente no blog Beyond Wire. “E com cargas pesadas de trabalho e recursos limitados, pode ser tentador cair no hábito e ficar apenas na primeira versão da notícia antes de passar para o próximo projeto”.

No entanto, como ele explica em One is the Loneliest Number: Three Times When More is More, muitas vezes quando se envia vários press releases em torno de um tópico, isso pode aumentar drasticamente os resultados.

Aqui estão três motivos do por que você deve incluir vários comunicados de imprensa em suas campanhas de Relações Públicas.

Reforçar e Ampliar

Embora os press releases tenham uma vida útil muito mais longa do que anos atrás, seu pico de engajamento acontece nas primeiras horas após a distribuição.

Distribuindo vários press releases em torno de um mesmo tema permite reforçar continuamente e ampliar sua mensagem entre o público-alvo. Mesmo que a sua mensagem não ressoe com os leitores na primeira vez, um segundo press release, apresentando um ângulo diferente, pode conquistar a sua atenção, por lembrar de ter visto algo sobre isso antes.

A Fórmula para um Press Release de Sucesso

Mergulhe nos Detalhes

Os press releases devem ser estruturados para que os leitores possam obter as informações que precisam rapidamente. Para as marcas que precisam promover uma nova linha de produtos ou projeto parecido com muitas partes, pode ser difícil escrever um comunicado de imprensa que equilibra as informações e a leitura.

Quando você não quer escrever, um press release de difícil controle, há momentos em que você precisa fazer um mergulhar profundamente em um tópico multifacetado.

Uma série de curtos comunicados de imprensa ligados a um assunto ou tema em particular, lhe permite focar nos detalhes sem perder a atenção dos leitores.

Apelo para Diferentes Preferencias da Audiência

No Blog Beyond PR, frequentemente escrevemos sobre a importância de entender as necessidades do seu público e refleti-las no conteúdo que você cria. O grande desafio é que indivíduos diferentes preferem coisas diferentes do seu conteúdo. No post do Blog Beyond the Wire, David compartilha como o Ontario Science Centre promoveu um evento com releases pré-evento e pós-evento. Não é muito comum ver vários comunicados de imprensa que promovem um evento, mas há lições nesse caso que podem ser aplicadas em outras campanhas de Relações Públicas e Marketing.

Mesmo os press releases do centro de ciência estarem focados em um único evento, cada nova versão tinha a sua própria finalidade. Os alertas deram aos jornalistas as informações que eles precisavam para cobrir o evento, promoções foram direcionadas a possíveis participantes, e o press release pós-evento foi enriquecido com elementos multimídia do evento, fornecendo conteúdo para os que não puderam comparecer.

Se o público que você está almejando pode ser dividido em grupos menores com necessidades diferentes, considere diferentes press releases que abordam diferentes preferências da audiência sobre o formato e ângulo da história.

A estratégia de press release centra-se no efeito cumulativo das suas comunicações ao longo do tempo pode ter um grande impacto sobre os objetivos de negócio da sua empresa.

Para mais exemplos de campanhas multilançamento, veja o post original de David no blog CNW Group Beyond the Wire.

Texto traduzido do post escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 26 de junho de 2015.

Amanda é Gerente de Estratégia de Conteúdo na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Como Otimizar seu Press Release para Mídia Social e SEO

Os motores de busca atualizam continuamente seus algoritmos, usados para indexar, categorizar e classificar o conteúdo on-line. O cenário de SEO é muito diferente hoje do que era há alguns anos atrás. A cada dia clientes pedem nossos conselhos sobre como gerar visibilidade on-line para seus press releases. Então, aqui vai:

Como Otimizar seu Press Release para Mídia Social e SEO

Escreva para as pessoas, não para os buscadores.

Os dias em que estruturar conteúdo para motores de busca se foram. Você não precisa repetir a mesma palavra-chave mais e mais no texto, para alcançar a densidade perfeita de keywords.

“Links de correspondência exata” – links com texto âncora que usam frases-chave precisas – são uma prática fora de moda que especialistas em search engine são contrários. As listas de links na parte inferior da página e blocos de texto recheados com palavras-chave não são apenas ultrapassados, agora eles podem apresentar riscos para aqueles que ainda empregam essas táticas, já que os motores de busca estão começando a penalizar o conteúdo que consideram “excessivamente otimizado”, e muitas dessas táticas são como um sinal.

Como as melhores práticas estão constantemente mudando, e as Relações Públicas sempre evoluindo, um princípio permanece constante: o conteúdo de alta qualidade escrito para um público específico é bom para SEO e irá aumentar o engajamento do público. Use essas sete etapas (fáceis de seguir) para melhorar a otimização do seu Press Release e aumentar a visibilidade da sua mensagem.

1º > Concentrar suas mensagens em um público específico

Muitos redatores comentem o erro de tentar amontoar diversos temas em uma mesma mensagem, com a intenção de falar para vários públicos.

Aí está o problema em criar uma mensagem sem foco. As pessoas buscam informações específicas, e o Google e outros buscadores te recompensam por fornecer isso. Conteúdo sem foco é provavelmente cairá no esquecimento dentro das redes sociais, não será compartilhado. Além disso, os algoritmos dos buscadores, são projetados para analisar o conteúdo on-page e categorizar as informações. Se o foco é diluído, os motores de busca concluem que o conteúdo é sobre “nada”.

Use estas cinco perguntas para testar e se concentrar no seu Press Release:

  • Quem é o público?
  • A mensagem é sobre o que?
  • Por que meu público se importaria?
  • Em qual canal ele será mais efetivo?
  • Qual o melhor momento para distribuí-lo?

2º > Usar a linguagem do seu público

As regras para o uso de palavras-chave realmente mudaram, se você produziu uma parte bem orientada do conteúdo, você provavelmente vai estar em bem posicionado quando referente a palavras-chave. Mas lembre-se, você não precisa repetir o mesmo termo várias vezes. Os buscadores compreender sinônimos – vá em frente e empregue-os com confiança. Use uma variedade de palavras para dar ao seu conteúdo mais naturalidade, e torná-lo mais próximo dos leitores.

3º > Incluir um link direto para a página mais importante

Fornecer uma URL para os leitores clicarem e obterem mais informações, é um ponto importante para que os interessados possam saber mais sobre o que o seu press release está promovendo. Para aderir as atuais melhores práticas de SEO, evite o uso de correspondência exata e otimização de texto âncora em links. Ao invés disso, inclua a URL da página mais relevante do seu web site para os leitores interessados clicarem.

4º > Incorporar elementos multimídia

Imagens tornam o conteúdo mais atraente e aumentam o envolvimento do leitor. Pesquisas comprovam que o uso de imagens pode aumentar a visibilidade da sua mensagem. Comunicados que incluem vários recursos de mídia como: incluir logotipos, fotos, infográficos e vídeos aumenta a sua visibilidade em 552%.

5º > Compartilhar conteúdo social

Os motores de busca estão atentos a interação social no conteúdo. Eles assumem que o conteúdo que gera uma série de interação nas redes sociais é valioso e oportuno, e irá impulsiona-lo em suas páginas de resultados. Em contrapartida, o conteúdo ignorado pelo público nas redes sociais, provável também tratamento proporcional pelos buscadores. Construir uma presença forte da sua marca no Twitter, Facebook e outros sites sociais contribuirá poderosamente para a visibilidade das mensagens da sua organização.

6º > Seja interessante e útil

Qualquer discussão sobre como gerar visibilidade on-line para um conteúdo seria incompleta sem a menção do simples fato de que, o conteúdo deve ser interessante e útil para o público.

Escreva com o público em mente – responda suas perguntas, use a linguagem que eles usam e forneça dicas e outras informações úteis – é a melhor maneira de gerar tração para as mensagens de sua marca. Você pode criar um título incrível, usando uma frase-chave popular e artisticamente vinculada o seu conteúdo. Mas se ele for “chato” e de pouca utilidade para os leitores, ele afundará no esquecimento do ranking de buscas.

7º > Escreva naturalmente

O uso de jargão em excesso e fala corporativa densa, diminuem (e desconectam) os leitores. Isso distancia o público da sua marca por ser menos relacionável. Os jornalistas, que recebem seu Press Release por e-mail, imaginam: “Não tem nada de novo aqui…” e pressionam delete. Os leitores obtidos, caem fora.

Além disso, os motores de busca são ótimos em detectar linguagem natural. Eles recompensam isso. Conteúdo muito “robotizado” pode ser penalizado. Nós já dissemos isso antes, mas vamos dizer outra vez: escreva para as pessoas, não para os buscadores.

Se você quer enviar seu Press Release para uma lista de e-mails da mídia, publicá-lo em seu website ou planeja distribuí-lo amplamente com a PR Newswire, manter essas dicas em mente te ajudará a conseguir mais visibilidade para sua mensagem.

Texto traduzido do site PRN US.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Modelo e Dicas de Como Escrever um Press Release

Escreva um Press Release eficaz, de acordo com os seus objetivos de comunicação, utilizando o modelo gratuito da PR Newswire. No template você encontrará uma visão geral dos principais elementos de um comunicado.

Modelo e Dicas de Como Escrever um Press Release

Pode parecer uma tarefa fácil, mas escrever um press release exige algumas habilidades e “manhas” para você alcançar os seus objetivos de comunicação. E por falar neles, qual a mensagem que você quer passar? Promover um novo produto? Divulgar resultados financeiros? Apresentar um novo parceiro? Anunciar um evento? O press release pode atingir esses objetivos e muitas outros. O mais importante é saber onde se quer chegar. Cada elemento da sua mensagem deve estar alinhado com a sua estratégia de comunicação.

Modelo de Press Release PR Newswire

Para facilitar o seu trabalho, criamos um ckeck-list com os pontos principais da sua mensagem com algumas dicas de como fazer. Clique na imagem e baixe o template grátis.

#1. Título: Escreva um título com até 100 caracteres para que ele possa ser publicado em um artigo jornalístico ou compartilhado nas redes sociais. Facilite a possibilidade de interação e engajamento do público com o seu press release em redes sociais e buscadores.

#2. Subtítulo: Convença seu público a ler a sua mensagem. O subtítulo deve complementar as informações destacadas no título e conter as principais informações sobre o texto.

#3. Data e Local de Origem: Inclua a cidade de origem e a data do comunicado de imprensa.

#4. Primeiro Parágrafo: Capture a atenção do leitor. Exponha as principais informações de forma objetiva e siga as regras da teoria do jornalismo ao responder as seis perguntas básicas do lead: “O quê” e/ou “Quem?”, “Quando?”, “Onde?”, “Como?”, e “Por quê?”. Comece o parágrafo com uma informação interessante, evite clichês.

#5. Call-to-Action: Direcione o público para uma ação, essa é a hora. Insira um link convidativo após o primeiro ou segundo parágrafo, evite deixar esta informação apenas ao final do conteúdo. Essa é a melhor forma de obter retorno de seus leitores. Quanto menor o número de links em seu comunicado, mais direcionados serão seus resultados.

#6. Corpo do Texto: Conte a sua história de forma simples e proporcione uma fácil leitura. Use aspas e divida o texto em tópicos com bullet-points. Prove para o leitor que vale a pena a leitura. Mecanismos como a utilização do negrito e subtítulos prendem a atenção do público.

#7. Boilerplate e Informações de Contato: Coloque as informações sobre a sua empresa e mostre as credenciais da sua marca. Os jornalistas podem precisar dessas informações para construir um artigo ou uma reportagem. Não se esqueça de fornecer as informações para contato e indicar os responsáveis pela publicação.

Dica: Elementos multimídia, como fotos e vídeos multiplicam a atenção e engajamento do público. Uma única foto pode ampliar a visibilidade do seu release em até 180%. Se o seu release tiver vídeos esse número pode saltar para 970%. Por quê? Elementos Multimídia fazem a sua mensagem se destacar entre os comunicados apenas em texto.

Se você quiser saber mais como conseguir melhores resultados com o seu press release? Entre em contato com a PR Newswire, ficaremos felizes em ajuda-lo.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa, Latin America
PR Newswire

6 Dicas – Como usar o Novo Design do Twitter para RP

Espelhado no layout do Facebook e enfatizando o visual, o novo design do Twitter reforça a importância do uso de elementos multimídia na comunicação. Já está disponível para todos os usuários, entre perfis pessoais e perfis corporativos. Além disso, o novo layout oferece novas oportunidades para as marcas.

Novo Design do Twitter para Relações Públicas

Você pode conferir na integra o post oficial do Twitter sobre a mudança:
Coming soon – a whole new you, in your Twitter profile.

DESTAQUE O CONTEÚDO MINIMALISTA E GANHE ATENÇÃO

Algumas marcas fazem isso melhor do que ninguém e elas sabem que o Twitter é uma plataforma para conteúdo minimalista. O formato curto requer brevidade, e força os autores a irem direto ao ponto. Melhores práticas para twittar links são simples:

1. Em 140 caracteres, o seu tweet é a sua manchete (tweet isso!). O seu papel é prender a atenção do leitor e levá-lo a dar o próximo passo, como clicar em um link ou re-twittar a sua mensagem. Evite generalizar. Ao invés disso, se o seu tweet contém um link, pense que ele deve dar aos seus seguidores a visão geral sobre o que o link contém (e incentiva-los a clicar).

2. Inclua recursos visuais. Eles devem estar relacionados com a sua mensagem para ilustrar o conteúdo que você está compartilhando. Fotos e vídeos se destacam no newsfeed do Twitter. Direcionam a atenção e transmitem a mensagens por si só.

3. Use hashtags relevantes. Enquanto podem ser usadas para transmitir comentários ou emoção, para as marcas, hashtags são uma forma de direcionar a descoberta do conteúdo. Uma alternativa para que sua mensagem possa ser encontrada.

Analise o seu próprio feed de notícias no Twitter para identificar hashtags relevantes, e também use a função de busca do Twitter para pesquisa-las.

Não use uma hashtag sem primeiro consultar os tweets que são relacionados a ela. Assim você terá certeza de que suas mensagens estão sendo relevantes e adequadas.

COMPARTILHE SUA MENSAGEM SOBRE VÁRIOS ÂNGULOS

Você pode aparecer e ilustrar uma variedade de temas e elementos para a história que você está promovendo. Na maioria dos casos, as histórias que criamos na forma de press release sobre um novo produto, ou um post no blog sobre uma tendência da indústria ou importantes lançamentos para as empresas que representamos – contém vários ganchos e elementos que podem ser abordados por vários ângulos. Cada novo tweet é uma nova oportunidade para envolver o seu público e partilhar diferentes ângulos da mesma história. Aumentando assim o apelo da mensagem.

Dessa forma, para os profissionais de relações públicas, que já há algum tempo cultivam marcas com forte presença no Twitter, algumas novas táticas são, em ordem:

4. Evite maus hábitos no Twitter. Não crie o hábito de twittar títulos ou as chamadas do dia. Ao invés disso, crie uma série de tweets que destaquem diferentes partes do texto.

5. Compartilhe elementos visuais individuais. Por exemplo, quando for compartilhar um infográfico, peça para que seu designer crie pequenas imagens que ilustrem alguns dados fundamentais. Uma imagem simples é mais eficiente no feed de notícias do Twitter.

6. Não tenha medo. Compartilhe várias mensagens sobre a mesma parte do conteúdo. Um white paper ou um press release poderia oferecer vários ângulos para se twittar – citações de pessoas, uma série de dados importantes, uma variedade de tabelas e gráficos. Programar tweets ao longo de alguns dias (ou até mais) pode maximizar sua visibilidade.

Com a mudança lançada pelo Twitter, todos nós precisamos trabalhar em nossos arquivos de imagens para preencher os novos espaços visuais. Imagens maiores de perfil e um estilo de banner similar ao do Facebook são as principais características do novo visual. Eles oferecem boas oportunidades para as marcas mostrarem suas identidades visuais.

Saiba mais sobre o uso de recursos visuais em campanhas B2B visualizando o Webinar on demand: Powering B2B Content with Multimedia.

Este texto foi traduzido do post escrito por  Sarah Skerik no Blog Beyond PR, no dia 09 de abril de 2014.

Sarah Skerik é Vice-Presidente de Content Marketing da PR Newswire, e autora dos e-books Driving Content Discovery e  New School Press Release Tactics.  Twitter: @sarahskerik.O que é RP

Traduzido e Adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Formatos de Conteúdo: Seu público sabe o que é melhor

Este texto foi traduzido do post escrito por Sarah Skerik no Blog Beyond PR, em 01 de outubro de 2013.

Conteúdo_Press_Release

Uma conversa que tive com um autor de manuais sobre RP me fez pensar sobre nossos hábitos e táticas que empregamos para nos comunicar com o nosso público. Estávamos falando sobre storytelling digital, e a conversa partiu para multimídia.

Qual formato um press release deve ter, ele perguntou. Eu acho que a minha resposta o surpreendeu, além disso, destruiu seu esboço sobre o capítulo.

O formato do conteúdo não deve ditar a mensagem.

Acho que minha resposta o desviou do caminho que ele esperava, porque eu disse que a resposta para essa pergunta depende da audiência, e é determinada pelos recursos que você tem em mãos.

Você não errará se começar pelo seu público. Onde ele está quando quer obter informações? Será que ele navega em uma rede social ou comunidade digital? Nesse caso, que tipo de conteúdo esse público prefere? Faça essas perguntas e permita que as respostas construam sua estratégia de conteúdo, assim você garantirá uma comunicação mais eficaz.

Algumas redes, como Instagram e Pinterest, são construídas com base no visual. No entanto, efeitos visuais também fazem mensagens mais eficientes em redes como Twitter e Facebook. E eles têm um peso extra para os motores de busca – e por falar em motores de busca, o YouTube é o segundo maior buscador. O ponto é: incorpore elementos visuais – vídeo, imagens, conteúdo para download, como apresentações ou white papers –  Isso garantirá que sua mensagem esteja apropriada para os habitantes dessas redes. Fazer da comunicação visual um hábito irá melhorar os seus resultados de comunicação.

Eu não gosto de pensar em regras para formatos, simplesmente porque isso desencoraja as pessoas a incorporar elementos multimídia, caso percebam não ter todo o conteúdo alinhado. Ao invés disso, permita que as necessidades do seu público ajudem a desenvolver o seu conteúdo.

Escrito por Sarah Skerik, VP de Conteúdo de Marketing na  PR Newswire, autora do e-book “Unlocking Social Media for PR.”  Siga no Twitter: @sarahskerik

Fonte: Blog Beyond PR

Confira também o nosso post sobre como elaborar Títulos para os press releases.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Assistente de Comunicação e Marketing
PR Newswire