6 Dicas para Escrever um Bom Press Release

6 Dicas para Escrever um Bom Press Release

A verdade é que não importa quantos anos de experiência ou quantos press releases você já escreveu, cada texto é único. Mas, há diversos recursos que podem tornar esse processo mais rápido. Um bom começo é entender quem é o público que desejo atingir, respondendo à pergunta seguinte: qual linguagem utilizar na construção do meu release. Os profissionais da área de comunicação que são responsáveis por escrever e editar comunicados à imprensa já tem essa pergunta chave na cabeça.

Em nosso check-list de distribuição sugerimos Seis Perguntas para se Fazer Antes de Enviar um Press Release, cobrindo os conceitos básicos sobre formatação e promoção de conteúdo. Aqui estão algumas perguntas frequentes e dicas para ajudar.

QUEM SE INTERESSA PELA NOTÍCIA DO MEU RELEASE?

Saber quem se interessa pela notícia da sua marca, especialmente sobre o principal motivo pelo qual você está distribuindo o conteúdo, é um importante primeiro passo no planejamento de sua estratégia.

Cada empresa, dentro do seu segmento de atuação, tem vários públicos: internos – funcionários e colaboradores – externos, veículos de comunicação/imprensa, formadores de opinião, clientes, prospects, dentre outros. Por conta disso, ao escrever um comunicado à imprensa, deve ser considerado quem será o destinatário da mensagem.

Nesta fase, também é importante identificar o público interno interessado ou a área para quem o seu press release será enviado. Como seu release ou distribuição de conteúdo impactará seus clientes e colaboradores?

Ou seja, perceber quem são os públicos-alvo da sua notícia, facilitará a forma de como ela deve ser escrita para obter sucesso.

POR QUE AS PESSOAS VÃO SE INTERESSAR?

Como um guardião da marca, você estará sempre atento com tudo o que acontece dentro e fora dela. Mas, essa excitação interna nem sempre garante uma resposta igualmente positiva do público externo.

É preciso se esforçar para motivar pessoas a investir emocionalmente em sua história.

Um exercício que eu acho útil é “Os cinco Porquês”. Quando me sento para escrever um press release, eu repetidamente me pergunto “Por quê?” Até chegar na raiz da história.

O truque está em encontrar o ângulo que vai capturar e manter a atenção do leitor. Quanto mais você pensa no “porquê” de uma situação, maior é a probabilidade de identificar o melhor ângulo do press release.

Outra maneira de pensar isso é: O que posso escrever sobre determinado assunto que o meu público-alvo irá se identificar?

Six Questions to Ask Before Sending a Press Release

ATÉ QUE PONTO REGIONALIZAR A INFORMAÇÃO É POSITIVO?

Um press release detalhado é essencial para alcançar seus públicos de interesse. Porém, é preciso saber quando a informação é desnecessária.  Ao escrever, reflita se você está produzindo este comunicado de imprensa para um nicho específico ou para um público mais amplo.

Em alguns casos, você vai querer “regionalizar” o seu press release, utilizando as necessidades e identidade cultural de uma determinada cidade ou região. Da mesma forma, você pode querer abordar as preferências dos jornalistas e clientes de um mercado específico.

Haverá momentos, que “um toque local” pode ser mais negativo do que positivo. Se sua intenção é distribuir suas novidades a um público amplo e consumidores com interesses gerais, você terá que se concentrar nos aspectos da sua história e de uma notícia que seja interessante, independente da região ou mercado.

ESTOU USANDO A LINGUAGEM DO MEU PÚBLICO?

É muito importante que a linguagem usada em um press release esteja de acordo com o público que irá recebe-lo. Um vocabulário adequado, sem jargões aumenta a chances de atingir o público-alvo.

Você pode utilizar alguns termos ou frases importantes que ajudarão o seu público-alvo a encontrar seu comunicado por meio de buscas online. Evite palavras-chave em excesso, mas inclua termos de pesquisa. Assim, quando inseridos podem impulsionar a descoberta do seu press release.

Se você quer direcionar sua mensagem para um nicho de mercado, você deve escrever especificamente para este público. Alguns termos por conta de sua especificidade podem ser mais comuns entre grupos específicos.  Faça uso deles para destacar sua familiaridade com os interesses ou necessidades e manter a posição de sua marca como líder de mercado em determinado assunto.

O QUE PODE SER CORTADO?

Não há um tamanho perfeito para um press release ideal: Sua construção deve ser feita de acordo com as informações necessárias para transmitir a informação desejada. Mas, os primeiros rascunhos podem incluir informações demais ou repetidas que devem ser removidas ou reformuladas para dar maior clareza.

Como William Strunk escreve em The Elements of Style, “a brevidade é um subproduto do vigor”. É importante ser conciso em seu comunicado à imprensa e a edição ajudará a mantê-lo sucinto.

ESTOU ME ESQUECENDO DE ALGUMA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?

Pode ser fácil omitir inadvertidamente uma parte importante da informação de seu press release – especialmente quando se trata de passar por várias rodadas de edições com várias pessoas.

Enquanto você trabalha para criar uma história atraente sobre a sua marca, certifique-se que ela responde Quem, O quê, Quando, Onde e Porquê de sua notícia e inclua um call-to-action para o seu público.

Uma vez que sua história foi escrita e editada por conteúdo, gramática e estilo, o próximo passo é prepará-la para distribuição. Baixe  Six Questions to Ask Before Sending a Press Release para garantir que o seu conteúdo está pronto para o newswire.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 10 de maio de 2016. Danielle é Gerente de Comunicações Estratégicas na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

3 Modelos de Press Releases para RP e Content Marketing

Modelo de Press Release

Mesmo o press release sendo uma tática testada e aprovada para a comunicação de marca, há muito mais para escrever e distribuir do que você possa imaginar.

De alcançar mídia e formadores de opinião do mercado até direcionar a visibilidade nas buscas e vendas, há tantas coisas que um comunicado de imprensa pode conseguir para profissionais de Relações Públicas e Marketing hoje. Mas, com o foco voltado totalmente para o Storytelling e na distribuição (duas coisas muito importantes), é fácil de se esquecer de alguns pontos importantes no press release.

Usando um modelo de press release ou checklist dará ao seu processo de escrita a consistência necessária para garantir que todos os elementos essenciais sejam incluídos.

Ao longo dos anos, os comunicados de imprensa têm seguido um formato padrão, incluindo as mesmas peças básicas de informações importantes. E, apesar de outras alterações nas melhores práticas, cada press release deve incluir o seguinte:

  • Título
  • Cidade
  • Data
  • Boilerplate
  • Contato

Em nosso Guia Rápido & Fácil para Compartilhar seu Press Release com o Mundo, nos fornecemos dicas sobre press releases. Mas, enquanto a estrutura básica de todos os comunicados de imprensa permanecem a mesma, o propósito de cada press release apresentará as principais diferenças na forma como ele deve ser formatado.

Assim como as práticas de Relações Públicas e de Marketing evoluíram para atender às necessidades dos públicos em constante mudança, isso se refletiu no press release. Ao olhar para os comunicados de imprensa distribuídos pela PR Newswire ao longo do dia, vemos uma variedade sempre crescente e não há um método padrão para escrevê-los.

No entanto, vemos algumas tendências, que podem ser agrupadas em três categorias principais, ou tipos de press release:

  • Press Release Geral
  • Press Release Evergreen – Perenes
  • Press Release para Content Marketing

Para ajudar profissionais de Relações Públicas e de Content Marketing, criamos três press releases para divulgação de notícias e promoção de conteúdo, que melhor atendam suas necessidades:

Press Release Geral

Este é o clássico, press releases consagrados por marcas ao longo do tempo, para anúncios próprios, lucros trimestrais, lançamentos de novos produtos, normas empresariais ou para comunicação corporativa.

É importante garantir que você está escrevendo para o público adequado, e notícias diretas tende a atingir jornalistas de negócios, editores de notícias e investidores, bem como os seus atuais e potenciais clientes. Por esta razão, é importante se concentrar em apresentar suas novidades de uma maneira simples e fácil de ler.

Press Release Geral

Press Release Evergreen – “Perene”

Agora que os comunicados de imprensa têm uma vida útil mais longa graças a Internet, o envio de desse tipo de notícia aumenta sua popularidade. Esses lançamentos pegam um ângulo único em notícias uma de marca e levam sua mensagem diretamente para o público consumidor o fazendo ler e compartilhar.

O mais importante de uma notícia evergreen é fornecer informação útil e interessante, e que continuará sendo relevante para o seu público-alvo. Esse lançamento dá às marcas a chance de aumentar os músculos de seu storytelling. Seja natural e se concentre para escrever bem seu comunicado evergreen.

Press Release Evergreen – “Perene”

Press Release para Content Marketing

Profissionais de Content Marketing encontraram nos press releases uma forma de promover o seu conteúdo. E por que não deveriam? A distribuição de press releases permite alcançar um público maior e muitas vezes engajado através de uma rede confiável de portais de notícia além de direcionar o tráfego para canais próprios de mídia.

Ao escrever um press release de conteúdo, é fundamental tratar este tipo de liberação da mesma forma que você trataria outro Content Marketing: escreva para o seu público e conte uma grande história.

Embora você possa usar esses lançamentos para direcionar buzz para sua marca e e estabelecer como um líder de pensamento, esse conteúdo é usado para impulsionar engajamento, demanda e leads. Para o efeito, não se esqueça de incluir um call to action direto para otimizar o potencial de engajamento do público.

Press Release para Content Marketing

A próxima vez que você for encarregado de promover uma notícia ou conteúdo da sua marca, lembre-se de usar um desses modelos para escrever uma versão que funcione e baixe o Quick & Easy Guide to Sharing Your Press Release with the World da PR Newswire. Este “como fazer” passa por etapas para levam da preparação de um press release até sua distribuição.

Guia Rápido & Fácil para Compartilhar seu Press Release com o Mundo

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 24 de fevereiro de 2016. Danielle é Gerente de Comunicações Estratégicas na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

6 Perguntas – Estratégia e Teste A/B para Press Release

“Estou satisfeito com o tamanho do meu público atual”, nunca dito por um blogueiro.

6 Perguntas - Estratégia e Teste A/B para Press Release

Mesmo que o blog da sua marca supere suas expectativas em visibilidade e engajamento do público, sempre há espaço para melhorias.

De testes do melhor horário para publicar nas mídias sociais até os melhores call-to-actions que você usa para construir sua newsletter, não há descanso sobre folhas de louros.

Os profissionais de Content Marketing com maior sucesso estão avaliando continuamente métodos diferentes para a promoção de conteúdo, como canais pagos e de mídia espontânea.

Por exemplo, uma pesquisa realizada pelo Content Marketing Institute descobriu que 78% dos profissionais de Marketing de Conteúdo mais eficientes usam os serviços de press releases contra 55% dos profissionais de Marketing de Conteúdo menos eficientes.

Mas, enquanto a mídia espontânea é um driver comprovado para o tráfego de entrada, existem muitos métodos diferentes para o uso de comunicados de imprensa para promover conteúdo – alguns deles podem funcionar melhor do que outros de acordo com as necessidades específicas da sua marca.

Como PhRMA, Pharmaceutical Research and Manufacturers of America, aprendeu quando elaborou sua estratégia de press release para o seu blog, a forma mais eficaz para identificar uma abordagem de sucesso para a sua marca é usar o teste A/B.

Mesmo que o blog The Catalyst tenha sido o top site de conteúdo para a indústria de estudos bio-farmacêuticos, a PhRMA estava interessada em atingir um público mais vasto, que ultrapasse os seguidores de seus canais próprios e sociais. Então, eles escolheram os press releases para distribuir e promover o conteúdo do The Catalyst.

Adotando uma abordagem orientada por dados à sua estratégia de distribuição de conteúdo resultou em um aumento visualizações e engajamento de agências governamentais, associações comerciais e outros públicos que a PhRMA desejava atingir.

Responda as seguintes perguntas para começar a planejar a sua própria estratégia de teste A/B para press release:

#1. O que você quer conseguir com a promoção do conteúdo?

Você está quer aumentar o tráfego para o seu blog? Você está interessado em direcionar mais leads? Você quer promover um infográfico, relatório de pesquisa ou vídeo que foi destaque em seu blog?

Você pode ter alguns objetivos diferentes que você deseja alcançar. Identifica-los e priorizar os mais importantes ajudará a determinar o formato de press release, distribuição e muito mais.

#2. O que faz a promoção um sucesso?

Depois de ter seu objetivo, você tem que determinar quais resultados você espera, isso será igual a sucesso. Ao olhar para os dados do seu blog, você pode definir uma linha de base para a quantidade de tráfego, leads, etc, que são movidos por sua estratégia de promoção atual. Você pode, então, estabelecer uma taxa de crescimento esperada com o envio de press releases. Ao testar novos métodos de promoção, eu costumo definir duas metas – uma que acredito ser realista e uma expandida.

#3. Qual é o público que você deseja atingir?

Você está interessado em atingir um público específico ou uma combinação de alguns? A parceria com um serviço de press release lhe dará acesso a uma série de distribuições.

Por exemplo, se você estiver interessado apenas em alcançar potenciais compradores, você pode considerar uma distribuição online. Mas, se o conteúdo do seu blog tem interesse pela mídia, uma newsline que atinja ambos os públicos on-line e as redações pode ser uma opção melhor. Seu parceiro de press release pode orienta-lo e responder perguntas sobre qual opção de distribuição atingirá com mais eficiência seu público-alvo.

6 Perguntas - Estratégia e Teste A/B para Press Release

#4. Por quanto tempo você deseja executar o teste?

Um teste A/B não vai lhe dar resultados se você estiver com as pernas para o ar. Tal como acontece com outros canais promocionais, os press releases são mais eficazes quando você os distribui conteúdo regular. Ao enviar vários comunicados de imprensa, você pode observar qual a prática de distribuição, escrita e formatação direciona mais ações.

Quando se trata de tempo, você precisa estabelecer o número de semanas/meses que o teste vai durar, quantos press releases você pretende compartilhar durante esse período de tempo, e que dias e horários que você vai testar a distribuição.

#5. Quais formatos de press release você vai testar?

Assim como existem diferentes maneiras de escrever um press release sobre as notícias de empresa mais tradicionais, você pode criar algumas abordagens diferentes com o conteúdo do seu comunicado de imprensa.

Tendo em mente a sua resposta para a primeira pergunta, você deve testar dois ou três formatos para ver qual funciona melhor para conquistar seus objetivos. Os formatos mais usados são:

  • Teasers de Conteúdo: Um breve resumo do post que você está promovendo com um link para o próprio post.
  • Rodada de Conteúdo: Promoção de uma série de posts que estão ligados entre si, seja por um tema central ou quando eles foram publicados. Por exemplo: Week in Review.
  • O Próprio Conteúdo: A republicação do texto integral do seu blog com o call to action original ou um CTA para visitar/se inscrever em seu blog.

#6. Como você vai medir os resultados?

Ao planejar, escrever e distribuir press releases do seu blog, você precisa conhecer as ferramentas para relatórios que você e seu serviço de press release têm à sua disposição.

Ser capaz de medir o resultado do seu envio é a última peça em seu teste A/B portanto certifique-se que você é capaz de acessar os dados de visibilidade e engajamento dos seus comunicados de imprensa, bem como informações sobre quem e quantas pessoas estão clicando a seu call-to-action ou links para o conteúdo que você está promovendo.

Links rastreáveis integrados no seu programa de marketing permitem que a sua mensurar a qualidade dos seus leads e a movimentação deles através do processo de compra.

Embora o teste A/B exija tempo e recurso, a informação que você terá ao final, será fundamental para orientar o futuro das suas estratégias de promoção do conteúdo.

É também um processo que pode ser aplicado a outros comunicados de imprensa da sua marca. De lançamento de produtos até para anúncios de evento, explorando e testando diferentes abordagens pode saber quais são as mais eficazes em se conectar com seu público.

Baixe nosso estudo de caso PhRMA Increases Blog Readership & Reaches Broader Audiences para ver um exemplo de comunicado de imprensa e testes A/B em ação.

Texto traduzido do post escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 19 de novembro de 2015. Amanda é Gerente de Estratégia de Conteúdo da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

5 Vantagens (não) Secretas da Distribuição Newswire

Não é segredo que os profissionais de Marketing estão aproveitando a distribuição wire como forma de ampliar o alcance do seu conteúdo.   Ao usar um serviço newswire para distribuir ou promover conteúdo, profissionais de Relações Públicas e Marketing podem atingir novos segmentos de clientes e construir relacionamentos com novos influenciadores. Mas o que mais a rede wire pode oferecer? Aqui estão cinco formas de como um serviço Newswire pode impulsionar suas Campanhas de Marketing e RP.

1. Análise Editorial de Conteúdo

Mesmo se você gastar horas escrevendo um press release perfeito e pedir para colegas sugestões para edita-lo, sempre haverá a possibilidade de alguém achar algo que tenha passado despercebido.

A equipe editorial, responsável por preparar os comunicados de imprensa para distribuição, é treinada para ver e corrigir todos os tipos de erros, de pontuação até a digitação no nome do seu CEO. Fazendo com que seus clientes fiquem tranquilos sabendo que sua notícia será enviada sem problemas.

2. Recomendações de SEO e Social Media

Especialistas em distribuição wire analisam muitos comunicados de imprensa todos os dias. Eles sabem o que funciona e o que não, quais clientes têm mais sucesso e por que, e podem oferecer dicas para ajustar o seu envio para ter a maior visibilidade possível.

Talvez seu comunicado precise de um título mais curto, “tweetável” que otimiza o seu conteúdo para as mídias sociais. Talvez um editor veja uma frase em seu texto que pode se tornar uma boa citação “click to tweet”. Independente do seu objetivo, não hesite em pedir seu o conselho para um editor.

Newswire – 5 Vantagens (não tão) Secretas para Utilização do Serviço

3. Consultoria Editorial para Distribuição

Pronto para enviar seu comunicado, mas não tem certeza qual forma de distribuição é a melhor para sua notícia? Quer saber qual o melhor horário para enviá-lo para ter a maior cobertura? Pergunte às pessoas que sabem os “altos e baixos” do wire para sugestões. Eles podem saber de uma nova forma de atingir influenciadores do seu mercado ou saber o melhor horário para o envio do seu press release, a fim de receber a visibilidade ideal.

4. Relatórios e Avaliação de Dados

Seu press release foi enviado, e você recebeu um relatório pós-distribuição. Por onde você deve começar a ver os dados? Pergunte ao seu executivo de conta ou o atendimento ao cliente do serviço para um passo a passo do relatório. Com o conhecimento deles de como os relatórios funcionam, serão capazes de oferecer uma visão sobre como os dados são reunidos e o que isso significa no contexto estratégico para sua grande campanha de Relações Públicas ou Marketing.

5. Conselho Estratégico em Marketing e PR

Com uma visão particular sobre os planos e metas de clientes em várias indústrias, o seu fornecedor wire pode ajudar em muitos aspectos do seu plano de comunicação global (antes mesmo que você esteja pronto para enviar um comunicado de imprensa).

Da identificação do conteúdo em seu site e adaptação para o wire, até conselhos sobre como criar e gerenciar um calendário editorial, os representantes do seu serviço wire tem a experiência por trabalhar com clientes durante muitos estágios do processo de promoção de conteúdo.

Para garantir que seu provedor de serviços de distribuição press release wire é certo para a sua marca, você precisa fazer as perguntas certas. Baixe o Buyer’s Guide for Press Release Service Providers para saber mais. Traduzido do post escrito por Danielle Capriato no Blog Beyond PR, no dia 1º de julho de 2015. Danielle Capriato é Gerente de Comunicação Estratégica da PR Newswire. Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm PR Newswire

A Fórmula para o Press Release de Sucesso

Pense na última vez que você pensou em comprar alguma coisa. Se você é como a maioria dos compradores, você pesquisou o produto ou serviço antes de entrar em contato com a empresa para obter mais informações. Você viu vários depoimentos úteis e confiáveis sobre o produto para sustentar sua decisão. Você provavelmente também procurou em múltiplos canais, como as mídias sociais, buscadores, sites de notícias informativos.

A Fórmula para um Press Release de Sucesso

Porque o consumidor de hoje está olhando para as informações sobre as empresas. Estão pesquisando. Relações Públicas e o time de Marketing precisam criar cadência na comunicação das suas marcas. E essa cadência inclui o Press Release.

Embora os comunicados à imprensa tenham sido tradicionalmente usados para anunciar alguma coisa (seja ele um novo produto, um evento, uma mudança de pessoal, ou os mais recentes resultados financeiros da empresa), David Nelson, Assessor de Distribuição Sênior da CNW Group, incentiva comunicadores de marcas a olhar além disso.

Os profissionais de Relações Públicas são muito ocupados”, escreveu David recentemente no blog Beyond Wire. “E com cargas pesadas de trabalho e recursos limitados, pode ser tentador cair no hábito e ficar apenas na primeira versão da notícia antes de passar para o próximo projeto”.

No entanto, como ele explica em One is the Loneliest Number: Three Times When More is More, muitas vezes quando se envia vários press releases em torno de um tópico, isso pode aumentar drasticamente os resultados.

Aqui estão três motivos do por que você deve incluir vários comunicados de imprensa em suas campanhas de Relações Públicas.

Reforçar e Ampliar

Embora os press releases tenham uma vida útil muito mais longa do que anos atrás, seu pico de engajamento acontece nas primeiras horas após a distribuição.

Distribuindo vários press releases em torno de um mesmo tema permite reforçar continuamente e ampliar sua mensagem entre o público-alvo. Mesmo que a sua mensagem não ressoe com os leitores na primeira vez, um segundo press release, apresentando um ângulo diferente, pode conquistar a sua atenção, por lembrar de ter visto algo sobre isso antes.

A Fórmula para um Press Release de Sucesso

Mergulhe nos Detalhes

Os press releases devem ser estruturados para que os leitores possam obter as informações que precisam rapidamente. Para as marcas que precisam promover uma nova linha de produtos ou projeto parecido com muitas partes, pode ser difícil escrever um comunicado de imprensa que equilibra as informações e a leitura.

Quando você não quer escrever, um press release de difícil controle, há momentos em que você precisa fazer um mergulhar profundamente em um tópico multifacetado.

Uma série de curtos comunicados de imprensa ligados a um assunto ou tema em particular, lhe permite focar nos detalhes sem perder a atenção dos leitores.

Apelo para Diferentes Preferencias da Audiência

No Blog Beyond PR, frequentemente escrevemos sobre a importância de entender as necessidades do seu público e refleti-las no conteúdo que você cria. O grande desafio é que indivíduos diferentes preferem coisas diferentes do seu conteúdo. No post do Blog Beyond the Wire, David compartilha como o Ontario Science Centre promoveu um evento com releases pré-evento e pós-evento. Não é muito comum ver vários comunicados de imprensa que promovem um evento, mas há lições nesse caso que podem ser aplicadas em outras campanhas de Relações Públicas e Marketing.

Mesmo os press releases do centro de ciência estarem focados em um único evento, cada nova versão tinha a sua própria finalidade. Os alertas deram aos jornalistas as informações que eles precisavam para cobrir o evento, promoções foram direcionadas a possíveis participantes, e o press release pós-evento foi enriquecido com elementos multimídia do evento, fornecendo conteúdo para os que não puderam comparecer.

Se o público que você está almejando pode ser dividido em grupos menores com necessidades diferentes, considere diferentes press releases que abordam diferentes preferências da audiência sobre o formato e ângulo da história.

A estratégia de press release centra-se no efeito cumulativo das suas comunicações ao longo do tempo pode ter um grande impacto sobre os objetivos de negócio da sua empresa.

Para mais exemplos de campanhas multilançamento, veja o post original de David no blog CNW Group Beyond the Wire.

Texto traduzido do post escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 26 de junho de 2015.

Amanda é Gerente de Estratégia de Conteúdo na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

5 Superpoderes de um Editor de Conteúdo

Erros de digitação não são apenas embaraçosos, eles também podem custar muito dinheiro. Todos nós já ouvimos histórias de horror da falta de um número em uma etiqueta de preço e do olho de águia do cliente que aproveitou a oportunidade.

5 Superpoderes de um Revisor

Para evitar problemas semelhantes com o conteúdo da sua marca, o time Editorial da PR Newswire (Customer Content Services) edita centenas de comunicados de imprensa e press releases todos os dias e corrige milhares de supostos erros a cada mês.

Nos momentos finais antes de um comunicado de imprensa ser distribuído, o Editorial pega erros de ortografia, gramaticais e até mesmo discrepâncias nas demonstrativos contábeis (lucro por ação de $ 0,19 é muito diferente do que o lucro por ação de $,019) tudo ao mesmo tempo, e o leitor nunca sabe quem são eles. Que seja experiência ou talento nato, editores de conteúdo têm superpoderes – capazes de ver o que os outros não veem. Aqui estão cinco superpoderes que todos os editores e revisores de texto possuem:

#1. Visão Raio X

Um bom editor de conteúdo é capaz de detectar um erro de digitação a um quilômetro de distância. Suas habilidades técnicas e valentia nunca podem ser substituídas por uma mera verificação ortográfica. Corretores ortográficos não podem ler o contexto, nem podem distinguir entre palavras homófonas, como “acento e assento”.

#2. Velocidade

Nosso time Editorial (Customer Content Services) lida com uma infinidade de prazos na base diária. Alguns destes prazos são de poucas horas, enquanto outros são em minutos. Em alguns casos, aparentemente com deadlines impossíveis, um editor vai notar uma discrepância no título e no primeiro parágrafo. Talvez um produto não está escrito da mesma maneira ou o título se refere ao terceiro trimestre enquanto o primeiro parágrafo fala sobre o segundo bimestre. Um editor de conteúdo hábil tem a capacidade inata de vê-los, e um veterano sabe onde procurar os erros.

#3. Discretos

Quando editores de conteúdo fazem bem o seu trabalho, o leitor não vai nem saber que eles estiveram lá. A cada nova correção em Relações Públicas (sim, tenho visto muitas vezes em meus 20 anos de PR Newswire), nossos clientes são eternamente gratos por nossa capacidade de identificar e silenciosamente desarmar as “minas terrestres” em seus comunicados de imprensa. Nós não queremos ser chatos. Apenas queremos ter certeza que sua distribuição saia corretamente. Então, nós rapidamente fazemos as mudanças e alertamos. Dessa forma, você pode atualizar sua própria versão, caso você esteja planejando enviar um press release para outros contatos. No Slate.com, uma análise sobre Mary Norris – “Entre você e eu: Confissões de uma Virgula Rainha” – Miriam Krule capta o ponto crucial da busca de cada editor: “O editor de texto é mais bem sucedido quando ninguém o percebe. Um editor que é invisível ao ponto de parecer desnecessário é muitas vezes o melhor em seu trabalho – isso significa que ele nunca deixa passar nada. É só entre o escritor e o editor, cujas perguntas de gramática ou lógica feitas pelo editor, são a oportunidade de apreciar verdadeiramente sua influência. Mas quando seu trabalho é – em sua essência – dizer que pessoas estão erradas, as vezes a melhor opção é ser invisível”.

#4. Resistência

A cada ano, a PR Newswire emite milhares de comunicados de imprensa. A equipe Editorial trata cada distribuição de forma única, ao mesmo tempo atende ligações, responde solicitações, perguntas e mais. No final do dia, cada membro da equipe teve em média 30 (ou mais) comunicados de imprensa em suas mãos.

#5. Intuição

Uma armadilha para a maioria dos escritores é a tendência de passar horas escravizado sob sua escrita, mas chega um momento em que você tem que largar a caneta vermelha. Saber quando parar é um dos poderes mais difíceis de se cultivar como um editor de conteúdo. Tenha em mente o objetivo principal para a sua história e deixe que ele seja o guia quando necessário. Como acontece com qualquer superpoder, com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Converse com qualquer um que edita textos e você encontrará duas coisas: (1) Eles não podem ser desligados. Eles vão ver cada erro de digitação em um menu de restaurante e cada gafe de edição no jornal local. (2) Eles se tornam a solução para cada pergunta os que seus amigos têm quando se trata de gramática, pontuação e escrita.

Felizmente, o departamento editorial (Customer Content Services) da PR Newswire funciona 24 horas por dia 7 dias por semana para clientes e seus comunicados de imprensa. Vamos usar esses cinco superpoderes para garantir que a sua mensagem esteja no ponto, gramaticalmente correta e impactante. Se eu tivesse que dar à nossa equipe um nome de super-herói, eu a chamaria de “Os Invisíveis” – você nunca pode nos ver, mas sem nós quem corrigiria esse dia/ data discrepante?

Texto foi traduzido do post escrito por Catherine Spicer no Blog Beyond PR, no dia 16 de abril de 2015.

Catherine Spicer é Gerente da Equipe Editorial da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Ferramentas que facilitam os trabalhos de RP

 

O trabalho de Relações Públicas demanda uma concentração e organização muito grande e, com as facilidades tecnológicas do mundo atual, qualquer estratégia de RP antiquada ou pequenos erros de planejamento podem arruinar a carreira do profissional ou prejudicar a empresa que ele representa.  A fim de facilitar os trabalhos deste profissional da comunicação, o portal americano Ragan’s PR Daily listou cinco aplicativos que serão de grande ajuda para os praticantes da área.  1.	HARO Help A Reporter Out (Ajude um repórter) é um excelente aplicativo que conecta os jornalistas estão procurando fontes com pessoal que estão procurando a imprensa. Para tal aplicativo existe a conta premium que coloca o assinante em um grau maior de prioridade nas buscas em comparação com os que usam a conta free.  2.	Talkwalker Alerts. A Talkwalker , uma empresa de análise de mídias sociais, oferece alertas para monitoramento de notícias de empresas e indústrias. O serviço permite o monitoramento quase em tempo real das notícias de uma empresa no universo online.  3.	Foap.  O Foap permite armazenar uma quantidade grande de fotografias em uma galeria do próprio usuário e, após uma seleção, devolve as fotos mais relevantes, (inclusive as tiradas pelo smartphone) em alta resolução por apenas U$10,00 cada. Além disso, a cada foto comprada no banco de imagens formado pelo FOAP, os compradores recebem os direitos por cada foto, onde o Foap fica com metade e o dono original da foto recebe a outra metade e tem a totalidade dos direitos autorais da imagem. 4.	Muck Rack. Auxilia os RPs em uma busca por jornalistas ativos nas mídias sociais que participam de discussões ou possuem posts recentes a respeito de um assunto ou indústria.  Além disso, o Muck dispara um e-mail diário com atualizações dos trend topics e com os jornalistas mais participativos. Com a conta premium é possível gerar e salvar listas e disponibilizar um serviço de alerta para palavras-chave.   5.	Google Analytics. O Google Anaytics éo mais efetivo e famosos aplicativo de mensuração de campanha entre todos.  Apesar de pago, ele monitora as notícias da empresa ou assunto selecionado, número de pageviews e fornece outras ferramentas necessárias para a mensuração de uma campanha de relações públicas. O principal fator de destaque é que existe o aplicativo moblie do Analytics para iOS, diferenciando-o dos demais.    Por Bruno Sutero, Coordenador de Banco de Dados PR Newswire

O trabalho de Relações Públicas demanda uma concentração, organização, facilidade de relacionamento interpessoal e muitos resultados comprovados. Com as facilidades tecnológicas do mundo atual, qualquer estratégia de RP antiquada ou pequenos erros de planejamento podem arruinar a carreira do profissional ou prejudicar a empresa que ele representa.

A fim de facilitar os trabalhos deste profissional da comunicação, o portal americano Ragan’s PR Daily listou cinco aplicativos que serão de grande ajuda para os praticantes da área.

 

  1. HARO

Help A Reporter Out (Ajude um repórter) é um excelente aplicativo que conecta os jornalistas estão procurando fontes com pessoal que estão procurando a imprensa. Para tal aplicativo existe a conta premium que coloca o assinante em um grau maior de prioridade nas buscas em comparação com os que usam a conta free.

 

  1. Talkwalker Alerts.

A Talkwalker , uma empresa de análise de mídias sociais, oferece alertas para monitoramento de notícias de empresas e indústrias. O serviço permite o monitoramento quase em tempo real das notícias de uma empresa no universo online.

 

  1. Foap

O Foap permite armazenar uma quantidade grande de fotografias em uma galeria do próprio usuário e, após uma seleção, devolve as fotos mais relevantes, (inclusive as tiradas pelo smartphone) em alta resolução por apenas U$10,00 cada. Além disso, a cada foto comprada no banco de imagens formado pelo Foap, os compradores recebem os direitos por cada foto, onde o Foap fica com metade e o dono original da foto recebe a outra metade e tem a totalidade dos direitos autorais da imagem.

 

  1. Muck Rack

Auxilia os RPs em uma busca por jornalistas ativos nas mídias sociais que participam de discussões ou possuem posts recentes a respeito de um assunto ou indústria.  Além disso, o Muck Rack dispara um e-mail diário com atualizações dos trend topics e com os jornalistas mais participativos. Com a conta premium é possível gerar e salvar listas e disponibilizar um serviço de alerta para palavras-chave.

 

  1. Google Analytics

O Google Anaytics éo mais efetivo e famosos aplicativo de mensuração de campanha entre todos.  Apesar de pago, ele monitora as notícias da empresa ou assunto selecionado, número de pageviews e fornece outras ferramentas necessárias para a mensuração de uma campanha de relações públicas. O principal fator de destaque é que existe o aplicativo moblie do Analytics para iOS, diferenciando-o dos demais.

 

Por Bruno Sutero, Coordenador de Banco de Dados

PR Newswire