Guia 2016 – Tamanho Ideal de Imagens para Mídias Digitais

Guia 2016 – Tamanho Ideal de Imagens para Mídias Digitais

Criar imagens legais e atraentes para sua ação de relações públicas pode ser um processo demorado mas vale a pena. Afinal de contas, elementos multimídia impulsionam a descoberta e incentivam o compartilhamento social de seus posts.

Depois de muitas conversas com um designer e algumas rodadas de suadas de revisões, a última coisa que queremos é que sua bela imagem pareça uma “bagunça pixelizada” em seu press release ou cortada da forma errada ao publicá-la no Twitter.

Para garantir que sua promoção de conteúdo multicanal não tenha surpresas, a CNW criou o guia 2016 sobre tamanho de imagens para atender aos requisitos de especificação de cada canal de distribuição. Espero que contribua para suas campanhas!

Facebook

As páginas do Facebook contêm detalhes como informações de contato e publicações da empresa. Elas também oferecem ampla oportunidade para conteúdos visuais. Para aproveita-las, a foto da capa de uma empresa deve ser de 851 x 315 pixels (px) e imagens de perfil devem ser de 180 x 180 px.

As imagens podem ser compartilhadas no Facebook em muitos formatos, mas cada um deles com suas próprias dimensões. Se você quer postar uma imagem no formato retrato, ela deve ter pelo menos 394 px de altura, a largura será ajustada automaticamente. Se você quer sua imagem em paisagem, ela deve ter 470 px de largura e sua altura será redimensionada conforme necessário. Se a sua foto for menor que qualquer uma dessas dimensões, sua imagem aparecerá como está. No entanto, isso não é interessante se a imagem contém texto.

Quer compartilhar um link em sua página de Facebook? A visualização da imagem será de 470 x 246 px. Se você tem uma imagem menor associada a um link, ela irá encolher para uma miniatura de 158 x 158 px. Quando um usuário clicar na imagem ela será ampliada e voltarão suas dimensões originais.

Facebook images

Twitter

Imagens são tão importantes quanto a elaboração de uma estratégia para o Twitter. Afinal, uma ótima foto diz muito mais do que 140 caracteres para os internautas. Fotos de cabeçalho (Header photos) devem ser de 1500 x 500 pixels, e fotos de perfil não deve ser maior do que 400 x 400 px. O Twitter recomenda que as imagens publicadas na plataforma tenham 504 px de largura. Se sua imagem for maior que isso, ela será redimensionada para atender a esse requisito de largura. A altura será ajustada, mas manterá sua proporção. Se a imagem for menor que 504 px de largura, a imagem manterá suas dimensões originais. Como no Facebook, quando um usuário clica na imagem, ela será ampliada e manterá suas dimensões originais.

Você trabalha com Twitter Cards? Há duas dimensões que você tem que considerar. Cards em miniatura devem ser, de pelo menos, 120 x 120 px. Cartões com uma imagem grande devem ser de 280 x 150 px no mínimo. As imagens precisam ser menores que 1 MB de tamanho. O Twitter gera automaticamente uma imagem recortada para o seu summary card, mas você pode resolver isso com a ajuda de um desenvolvedor web.

Twitter Images

News Releases

Multimídia – não importa se é um vídeo, imagem ou áudio clip – é essencial para qualquer press release. Uma versão com esses recursos recebe até 170% mais visualizações do que uma versão só texto. Para fazer essa distribuição, a CNW – PR Newswire pede que sua imagem tenha entre 1200 e 2000 px do lado maior e 600 px do lado menor.

Para imagens do Content Centre da CNW, nossos especialistas recomendam pelo menos 2700 px em seu lado maior para preservar a alta resolução. Isso se aplica a ambas as figuras da galeria e para imagem padrão. Logos devem ter no mínimo de 200 pontos por polegada (dpi) e outras imagens deve ter pelo menos 300 dpi.

Quando se trata de compartilhar uma foto ou imagem nas redes sociais ou em nossa rede newswire, as imagens são automaticamente redimensionadas pela plataforma social que irá compartilhar o conteúdo. Uma vez que os requisitos Newswire são muito maiores do que os dos principais canais social, você não vai precisar se preocupar com qualquer distorção ou “pixelação”. Lembre-se: as plataformas permitem expandir a imagem – o que preserva suas dimensões.

Press Release Images

LinkedIn

As páginas corporativas do LinkedIn mostram importantes detalhes das empresas, e também permite o uso multimídia. Confira se o logotipo da sua empresa é de pelo menos 400 x 400 px para garantir que ele não apareça pixelizada ou cortada. A sua foto de capa deve ser de 943 x 300 px e quando você compartilhar um link, considere a inclusão de uma imagem em miniatura de 165 x 100 px. Logotipos de barra lateral aparecerem em 60 x 60 px. Seu logotipo ou perfil deve ser bom em ambos os tamanhos.

Imagens compartilhadas (sem links) são apresentada com 531 px de largura; a altura é ajustada automaticamente. Se a sua imagem for maior que 531 px de largura, ela será redimensionada para atender essa exigência. Quando um usuário clicar na imagem, ela aparece em suas dimensões originais. Se for menor, suas dimensões não mudarão.

LinkedIn Images

Pinterest

No Pinterest, por ser uma plataforma totalmente visual, as imagens devem aparecer em alta resolução. A sua imagem de perfil será vista em 60 x 60 px, mas o Pinterest recomenda o upload de uma foto de 600 x 600 px.

Quando se trata de pins, há dois tamanhos: aqueles dentro do seu feed e pins expandidos (o que acontece quando você clica em um pin). Para pins no feed, você deve incluir imagens de 236 px de largura e o comprimento será ajustado automaticamente. Para pins expandidos, certifique-se que a sua imagem tenha 564 px de largura. Novamente, o comprimento da imagem será ajustado.

Para a sua imagem de capa, crie uma imagem de 216 x 146 px. As miniaturas que aparecem em sua página principal irão se ajustar em 69 x 69 px. Mas, se você não pode carregar miniaturas; o Pinterest não permite imagens menores que 80 x 80 px.

Pinterest Images

Instagram

Uma rede que também é visual é o Instagram – uma plataforma relativamente nova para as empresas. Dimensões de imagens de perfil no Instagram são de 110 x 110 px.

Para ter sua imagem em alta resolução, o Instagram sugere que seja entre 1.91:1 e 4:5. Em outras palavras, redimensione sua imagem para 1080 px de largura e entre 566 e 1350 px de altura. Se sua imagem for considerada “muito em alta resolução”, ela será dimensionada para 1080 px de largura. Miniaturas são feitas automaticamente, assim não há necessidade de se preocupar com elas.

Instagram Images

Sociais Media Workflows

Quando a mídia social desempenha um papel fundamental no seu plano de marketing, você precisa garantir que as suas imagens sejam pretendidas. Imagens programadas com o Hootsuite para o Facebook, LinkedIn e Instagram vão aparecer como se compartilhadas nas próprias plataformas sociais. As contas de Twitter devem ser configuradas com o serviço de upload de imagem pic.twitter.com no Hootsuite. Se a opção ow.ly for selecionada, a imagem aparecerá como um link e só poderá ser vista se um usuário clicar nela. O Tweetdeck adere aos requisitos de imagem do Twitter.

Muita informação? Perceba que a maior exigência de largura é 1000 x 1200 px. Isso garantirá que suas imagens não fiquem pixeladas em qualquer plataforma social. Software de edição de fotos baseado on-line, como o Canva, pode redimensionar a sua imagem para satisfazer muitos requisitos de redes sociais. Se sua imagem contém qualquer texto, é melhor mantê-lo no centro, caso contrário ele pode ser cortado quando enviado para outra plataforma social.

Onde você usa imagens com mais frequência? Comente abaixo.

Tradução do texto escrito por Melissa Meyer no Blog Beyond the Wire, no dia 19 de maio de 2016. Melissa é Assistente de Comunicação da CNW – PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Os Recursos Favoritos dos Jornalistas

Hoje,  as notícias estão acontecendo mais rápido do que nunca. Se somadas a velocidade da informação – indo e vindo – você deve criar imagens atraentes, histórias tuitáveis, moldadas para o Instagram e que rapidamente possam ser adaptadas para a web e/ou para um post de blog.

Os Recursos Favoritos dos Jornalistas

Existem uma grande variedade de fontes para atender às novas exigências de divulgação de notícias.

A busca na web é a ferramenta mais popular entre os jornalistas para encontrar histórias (83%), de acordo com uma pesquisa realizada recentemente pela PWR New Media. A segunda fonte mais usada é o recebimento de e-mail (apontada por 67%). Em terceiro lugar estão os meios sociais de comunicação (com 47%).

Fazer uma pesquisa e ver as palavras de sua história tomando forma no papel não é mais suficiente. Hoje, imagens e vídeo estão no topo da lista de importância para ajudar a contar uma história.

Então, sem nenhuma surpresa, a recentemente pesquisa com usuários do PR Newswire for Journalists encontrou os três aspectos favoritos e mais úteis do site:

  1. A busca de notícias e personalização da entrega (por tipo e timing).
  2. Acesso a fotos e vídeo hi-res (alta resolução).
  3. Encontrar fontes especializadas.

Press Releases para Escolher

Esqueça o telefone. O e-mail se tornou o método preferido de comunicação hoje. Especialmente quando falamos de Relações Públicas e entrega de notícias corporativas para mídia.

Para você jornalista: Escolha o press release que quiser e quando quiser, isso beneficia ambas as partes. Para fazer isso, você pode navegar por setores de mercado no site do PR Newswire for Journalists.

Press Releases para Escolher

Se você preferir o recebimento de e-mail, você pode criar um feed de notícias pessoais usando o recurso “My PR Newswire”. Não só controlará o tipo de notícia que você receberá, mas também quantas vezes você quer recebê-la.

Para configurá-lo, veja algumas dicas rápidas. Veja um guia passo-a-passo aqui: 6 Steps to Ensure On Target News Release Delivery.

Criar o seu feed de notícias pessoal elimina o que você não quer receber e entrega as notícias que você precisa. Se você mudar de emprego, não tem problema. Os perfis de newsfeed podem ser alterados a qualquer momento.

Galeria Multimídia

Imagens podem criar ou destruir sua história. Elas podem ser o elemento que capta o seu público e faz com que ele continue lendo. Existem milhares de fotos, vídeo, áudio e outros documentos para download, incluindo infográficos e muito mais na Galeria Multimídia.

Galeria Multimídia

Sinta-se livre para publicar fotos, logos e vídeos sem se preocupar com as questões de direitos autorais. Tudo em nosso newswire pode ser usado.

Especialistas na ponta dos dedos

Conseguir citações atraentes de fontes confiáveis pode ser um desafio até mesmo para o repórter/jornalista mais experiente. O ProfNet pode ajudá-lo a encontrar fontes e especialistas sobre uma grande variedade de assuntos e cumprir o seu deadline. Para começar, clique na aba “ProfNet Experts” no topo da página PR Newswire for Journalists. Isso levará você para o formulário de consulta, onde você pode descrever o tipo de especialista que você procura.

Especialistas na ponta dos dedos

Tendências e Oportunidades de Mídia

Além dos serviços descritos acima, o site PR Newswire for Journalists oferece uma seção robusta sobre Comunidade, onde você pode encontrar e acompanhar as tendências de mídia e oportunidades de emprego.

Tendências e Oportunidades de Mídia

Quer começar? Leva apenas alguns minutos para registrar em nossos serviços para mídia em prnmedia.prnewswire.com. Se você tiver dúvidas, gostaria de saber mais ou precisar de ajuda para a elaboração de um newsfeed, você também pode deixar o seu comentário. Estamos sempre felizes em ajudar!

Texto traduzido do pos escrito por Brett Simon no Blog Beyond Bylines, no dia 11 de fevereiro de 2016. Brett é Diretor de Relacionamento com Audiência da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

10 Dicas para Criar Infográficos de Sucesso

10 Dicas para Criar Infográficos Bem-Sucedidos

Os infográficos têm um papel cada vez maior nos projetos visuais para contar histórias. Quando são projetados racionalmente, eles apresentam recursos visuais que chamam a atenção e que também ajudam o leitor a compreender melhor e se lembrar da mensagem. Para o leitor, esse valor agregado estimula o engajamento e o compartilhamento.

Com base em minha experiência na criação de infográficos usados nos press releases, posts em blogs e apresentações da PR Newswire, aqui estão algumas dicas e boas práticas para criar infográficos que promovam resultados:

Fundamentos do projeto
Essas dicas aplicam-se a qualquer parte de um projeto para se chegar ao melhor resultado.

#1. Esboce primeiro, refine depois. Antes de se afundar em Photoshop, Illustrator, etc., faça o esboço de suas ideias no velho e bom papel. Meu processo começa, em geral, com um esquema aproximado ideias agrupadas. Assim que consigo a visualização inicial de meus próprios pensamentos, posso fazer ajustes rápidos em outro esboço de layout, antes de começar a trabalhar nos melhores programas da Adobe.

#2. Peça feedback. Como no caso das empreitadas mais criativas, ter os colegas de trabalho analisando o projeto pode ajudá-lo a tornar a peça ainda mais sólida. Frequentemente peço a opinião dos colegas de equipe não projetistas bem no início do processo para me assegurar que o conceito está sendo transmitido claramente. Volto a eles novamente no final para a sintonia fina.

#3. Comece em alta resolução. Sempre se pode reduzir a imagem, mas ampliá-la exige mais tempo e recursos.

Flexibilidade multiuso >>> Os infográficos podem assumir muitas formas e serem usados em diversos canais. Considerar esse aspecto no início do processo de projeto economizará tempo e dinheiro.

#4. Alinhe-se com a história. A primeira coisa a considerar é o motivo para criar essa imagem, apoiar a história numa campanha, post em blog, press release, etc.  As informações que compartilha no recurso visual devem se alinhar com o texto principal. Assegure-se de que os termos, a estrutura e o tom sejam consistentes para proporcionar apoio coesivo à história escrita.

#5. Fortaleça-o para torná-lo independente. Provavelmente você quer que os usuários compartilhem sua imagem na mídia social, assim ela precisa ter sentido sem o texto que acompanha a história. Tenha a certeza de incluir um título claro para indicar ao leitor o que esperar do gráfico. Se estiver direcionado para um público de nicho, assegure-se de esclarecer esse contexto no título ou subtítulo.

#6. Planeje usos alternativos. Todos temos recursos limitados, você não vai querer ocupar seu tempo ajustando seu incrível projeto a posteriori. Fique ciente sobre as variações comuns e planeje de acordo. Em geral, posso dizer que você deve estar preparado para estes dois cenários:

    1. Apresentações: Alguém na organização gostará de incluír o infográfico num conjunto PowerPoint em algum momento. Eu sempre me asseguro que os dados apresentados no estejam em layout paisagem, que pode ser facilmente cortado e colocado num slide.
    2. PDFs fáceis de imprimir: Seja para uso como garantia de vendas ou distribuição em evento, é provável que alguém queira imprimir o infográfico no futuro. Tendo isso em mente, começo os layouts em tamanho padrão de papel (8,5 polegadas x 11 polegadas), em alta resolução, deixando uma margem mínima de 0,25” de espaço em branco.

Fácil visualização >>> A tendência de visualização de dados que exigem rolagem longa, já esteve na moda e foi embora. Os leitores buscam rajadas curtas de conteúdo visual.

#7. Restrinja o foco. Mantenha o nível de atenção do público limitado, restringindo o foco visual para a essência da mensagem. Sua meta final deve ser transmitir claramente uma ideia. Se houver mais pensamentos e ideias que queira incluir, considere as seguintes opções:

  • Itens de apoio devem assumir uma posição visual sem importância em relação ao ponto principal. O olhar do leitor deve claramente fluir primeiro do título para a ideia principal.
  • Ideias semelhantes, mas igualmente fortes, podem se beneficiar de gráficos separados e próprios. Por que espremer tudo em um, quando se pode criar uma série curta.
  • Talvez um único infográfico não seja a melhor solução visual para a mensagem. Para ideias complexas e compostas, um vídeo pode ser mais compatível para transmitir a mensagem. Ou, para unificar uma série de infográficos, considere a criação de apresentação no Slideshare e/ou um PDF.

#8. Corte palavras em excesso.
Os infográficos devem sempre ser fáceis de visualizar e compreender rapidamente. Limite o texto de apoio a uma única sentença sempre que possível. Se for necessário um parágrafo para explicar um recurso visual, provavelmente este não é o recurso certo para ser usado. Mesmo que esteja criando uma lista de recursos visuais, a concisão continua a ser a principal prioridade.

Voltado para dispositivo móvel. Os públicos investem cada vez mais tempo nos smartphones e tablets e isso inclui ver o seu infográfico. Tenha certeza de que será bem fácil para eles visualizá-lo em dispositivos menores.

#9. Evite textos minúsculos. Não obrigue o público de dispositivo móvel a entrecerrar os olhos. Como regra prática, tento manter o texto de detalhe em ou acima de 12 pt (no arquivo original de 300 dpi).

#10. Leve em consideração as telas Retina. Embora as telas tenham se tornado menores, a resolução duplicou. Garanta que o trabalho não apareça tremido ou pixelado em tablets de alta definição, duplicando a largura e o comprimento padrão da especificação de 72 dpi. Por exemplo, se estiver publicando um gráfico no blog no qual o tamanho de imagem padrão é de 500X250, precisará gravar a imagem para 1000X500 com 72 dpi.

Agora que criou um infográfico de sucesso, assegure-se de conquistar a atenção que ele merece, promovendo-o em todos os canais “P.E.S.O.” – Paid, Earned, Social & Owned (pago, espontâneo, social e proprietário).

A PR Newswire oferece benefícios a membros que lhes permitem facilmente armazenar, organizar e incorporar recursos visuais em campanhas usando Media Studio no Online Member Center. Clique aqui para saber mais.

Este texto foi traduzido do post escrito por  Jamie Heckler no Blog Beyond PR, no dia 06 de agosto de 2014.

Jamie Heckler é Gerente de Criação Sênior da PR Newswire. Siga-a no Twitter em @jamieheckle.