5 Regras (Gifs!) para Publicar um Press Releases de Alta Qualidade

5 Regras (Gifs!) para Publicar um Press Releases de Alta Qualidade

Produzir conteúdo de alta qualidade – e entregá-lo para público específico – é difícil. Se o seu público-alvo são clientes, investidores ou jornalistas, você está competindo contra muitos ruídos – de longas filas para distribuição às 8:00 horas até as reações públicas e instantâneas no Twitter.

Alguns segundos é tudo que você tem para conquistar seu público a dar o próximo passo com o seu press release. As pessoas não o darão atenção se a sua mensagem não for de alta qualidade desde o começo.

Muitas vezes, eu vejo conteúdo com boas intenções cair por terra, porque foi enviado para um ciclo de notícias sem pensar muito em sua execução.

Não são vítimas os títulos com mais de 200 caracteres, blocos de texto que são difíceis de ler porque lhes falta formatação e elementos visuais, escrita cheia de jargões que causa confusão, ou mensagens obsoletas que não entregam significado relevante ao público.

Siga essas cinco regras e produza press releases de alta qualidade que não serão perdidos.

1. Ser mais instrutivo e relevante

1. Ser mais instrutivo e relevante

Esta é provavelmente a regra mais difícil de seguir, e requer muita paciência e preparação.

Seu conteúdo deve ter um propósito além de encher a seção de notícias do seu site ou feed do Twitter da empresa.

Comece criando um calendário editorial, com pelo menos, três meses de antecedência. Coordene-o com seus produtos, vendas e outras equipes para produzir conteúdo que seu público-alvo irá se interessar.

Você tem um novo estudo para divulgar? Um novo infográfico com os dados atuais? Um whitepaper que você está orgulhoso? Uma feira próxima que você está animado em participar?

Leitores e buscadores irão rapidamente saber se a sua mensagem está transmitindo informações detalhadas e relevantes ou não.

Não cometa o erro de pensar que você pode enganá-los.

2. Ser uma autoridade no assunto

Ser uma autoridade no assunto

Em termos de SEO e website, conseguir autoridade pode ser um desafio nebuloso, um reflexo da evolução interminável dos algoritmos dos buscadores.

Mas a autoridade também significa possuir conteúdo confiável e experiência. Dados, escrita fácil e citações bem-atribuídas nunca saem de moda.

Claro, isso não significa que você não pode ter um pouco de diversão. Conforme nos aproximamos do dia 1º de abril, a PR Newswire é fã de conteúdo divertido inspirado pelo dia da mentira.

Transparência é a chave para o sucesso. Não tente ser excessivamente inteligente ou muito sutil com a sua mensagem; você corre o risco de acabar com a sua autoridade. Certifique-se de que o público sabe suas intenções desde o início.

3. Evitar mensagens curtas e insubstanciais

3.Small

Os motores de busca podem não estar à procura de uma contagem mínima de palavras, mas com certeza estão à procura de conteúdo de alta qualidade.

Isso significa produzir uma mensagem que não é apenas texto rápido com 50 palavras e alguns links para uma página de produtos desatualizados.

Você precisa criar conteúdo que constrói a confiança com seus leitores para que eles – e os buscadores – não pensem que você é um spammer.

Não encha o seu calendário editorial com conteúdo de qualidade baixa qualidade. Em vez disso, certifique-se que você está entregando mensagens substanciais (com novas ideias, relevantes e com autoridade).

4. Envolver o leitor desde o início

4.Aplause

Não use uma citação seca de um executivo a respeito do porque seu produto é o melhor ou porque um acordo será ótimo para o futuro da sua empresa. Não mate um link, que você realmente quer o leitor a clique, colocando-o na metade inferior da sua mensagem.

Envolva o seu leitor o mais rapidamente possível, se concentrando no que suas histórias são, incluindo um call-to-action logo no início, e incorporando fotos e vídeos – relevantes e atraentes. Está provado que os leitores se engajam com conteúdo visual mais do que apenas texto.

5. História fácil de ler em qualquer lugar

Tornar sua história fácil de ler em qualquer lugar

Quando o Google confirmou ano passado, que mais buscas ocorrem em smartphones do que em tablets e desktops, ele enviou uma mensagem clara aos comunicadores:

Seu conteúdo deve ter formato mobile.

O desafio é equilibrar estilo com conteúdo. Felizmente, com a formatação correta, você pode fazer o conteúdo dar certo.

Títulos mais curtos, bullet points e negrito são algumas das práticas testadas e aprovadas para fazer a sua história mais fácil de ser descoberta e lida em qualquer dispositivo.

Siga as cinco regras acima e seu conteúdo estará pronto para um bom começo. Consiga mais dicas que irão garantir a sua mensagem seja bem recebida com o download do nosso Quick & Easy Guide to Sharing Your Press Release with the World.

e-co-1-4-2_quick-and-easy-press-release-guide

Texto traduzido do post escrito por Glenn Frates no Blog Beyond PR, no dia 28 de março de 2016. Glenn é Vice-Presidente Regional de Customer Content Services na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Com um Press Release (Excelente!) pode Alcançar seus Objetivos

Com um Press Release (Excelente!) pode Alcançar seus Objetivos

O press release evoluiu com o cenário em constante mudança da comunicação e agora é uma tática que pode ser implantada para alcançar uma infinidade de objetivos estratégicos. Para alcança-los, a empresa deve usar uma mistura inteligente de táticas. A CNW – PR Newswire – pode ajudar empresas a fazer isso. Confira este estudo de caso que demonstra como nossas ofertas ajudaram uma organização a alcançar seus objetivos de negócio com uma excelente distribuição.

Press Release
A cadeia de supermercados nacional procurou a CNW quando estavam promovendo eventos alimentares saudáveis. Eles promoveram um programa centrado no cliente sobre alimentação saudável e bem-estar, apoio a educação nutricional e eventos de vida saudável em lojas e por toda a comunidade.

Objetivo

Além de promover o programa através de seus canais próprios, a rede de supermercados quis atingir um público muito mais amplo e nos contatou para superar este desafio. Após examinar os objetivos de negócios da empresa, a CNW concebeu uma mistura de táticas para ajudar esta empresa a alcançar seus objetivos de comunicação.

Download

Enquanto a cadeia de supermercados promoveu a sua mensagem através de canais próprios da empresa, mídia social e Web site, a CNW acrescentou a distribuição de conteúdo multimídia e ações de sensibilização específicas, com as seguintes ferramentas:

  • Distribuição nacional para alcançar meios de comunicação e sites por todo o país
  • Opções multimídia para compartilhar vídeos com receitas rápidas e fotos
  • SocialPost para entrar em conversas sobre a saúde e bem-estar
  • Listas de mercado direcionadas a jornalistas e blogueiros de nutrição e saúde

Essas táticas incluíram o envio de press release nacional, que ajuda a alcançar mercados tradicionais e digitais em todo por todo o país, opções multimídia para receitas rápidas, mensagens sociais sobre saúde para influenciadores de bem-estar e direcionadas ao mercado de saúde da nutrição.

Quando o projeto foi concluído, os resultados foram organizados em um relatório de visibilidade (Visibility Reports), que oferece uma ampla gama de pontos mensurados. Isso ajuda e ilustra o sucesso da campanha de comunicação.

Confira o artigo completo, Reach Your Communications Objectives with an Intelligent Mix of Tactics, veja os estudos de caso mais bem-sucedidos.

Texto traduzido do post escrito por Amy-Louise Tracey no Blog Beyond the Wire, no dia 21 de março de 2016.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Advocacy Marketing – Conquiste Defensores para sua Marca

“Advocacy Marketing” e “Advocate Marketing” tornaram-se jargões populares na comunidade de Marketing ao longo dos últimos anos. Isso não é uma surpresa; vários relatórios de pesquisa mostram que a defesa do cliente tem impacto positivo nas taxas de conversão, receita e retenção de clientes.

Advocacy Marketing – Conquiste Defensores para sua Marca

Porém, o Advocacy Marketing não é mais uma moda passageira.

Se as conversas no Influitive’s Advocamp 2016 deram qualquer indicação, mais e mais profissionais de Marketing estão começando a entender e ativando o seu poder. E se você não o usa, você precisa. Imediatamente.

Em meus posts anteriores sobre o Advocacy Marketing, eu mostrei como o conteúdo de defesa (“Advocacy Content”) pode beneficiar a sua marca e como compartilhar o amor de seus clientes.

No entanto, o desafio de Daniel Pink aos participantes do Advocamp me inspirou a rever minha perspectiva.

Durante sua apresentação “Advocate Marketing and the Science of Motivation”, Pink motivou todos, a cada semana, a termos duas pequenas conversas sobre “como” e mais duas sobre o “por que”.

Fazer isso, explicou ele, ajudará os profissionais de Marketing a desenvolver uma melhor compreensão do propósito e objetivos de seus projetos antes de mergulhar de cabeça em tarefas do dia-a-dia.

Se vamos ter uma conversa sobre o porquê de o marketing de defesa precisa ser levado a sério, só precisamos considerar o mais importante componente do Advocacy Marketing: as pessoas pela qual estamos no mercado.

Aqui estão 5 insights do Advocamp que destacam o porquê o comportamento e as preferências dos clientes levaram a popularidade repentina do Advocacy Marketing.

1. Você faz negócios com pessoas.

Enquanto termos como B2C e B2B ainda são incrivelmente relevantes, o sucesso em Marketing se resume a dominar seu H2H abordagem (Humano à Humano).

As pessoas estão querem criar relacionamentos significativos, tanto em suas vidas como nos negócios. Se você quer fortalecer seus relacionamentos com seu público, cada interação que você tem deve ser orientada para as necessidades individuais dele.

Durante sua apresentação “Melhorar a Experiência dos Clientes para Transformar Gerentes em Assessores Confiáveis”, Keith Ferrazzi falou sobre as chaves para estabelecer um relacionamento duradouro e produtivo.

Conduza seu relacionamento com excessiva generosidade, intimidade, franqueza e prestação de contas, disse ele. Encontre uma maneira de ajudar, encontre uma maneira de cuidar.

Advocacy Marketing – Conquiste Defensores para sua Marca

2. Seus clientes estão ao seu redor.

Graças a mídia social, sites de avaliação e outras plataformas focadas na comunidade, os clientes não precisam mais vir diretamente falar com você para obter informações sobre seus produtos. A pesquisa do Google e do CEB’s Marketing Leadership Council, mostra que os tomadores de decisão B2B não entre em contato com fornecedores diretamente até 57% do processo de compra estar completo.

Em vez disso esses decisores buscam informação na mídia, com formadores de opinião e outras pessoas com as mesmas necessidades que a sua.

Potenciais clientes, em sua maioria, pesquisam para obter ajuda de outros clientes online. Como gerentes de marca, é mais importante do que nunca entender como as decisões de compra do seu público são influenciadas pela opinião dos outros e quem os está influenciando.

3. Críticas – e elogios – soam “mais alto” online.

Assim como a tecnologia torna mais fácil para os potenciais clientes saberem mais sobre você, ela também permite que qualquer um fale sobre você.

A voz de seu cliente não se limita à sua rede pessoal. As pessoas agora têm vários caminhos para expressar sua opinião e querem elogiar ou criticar seus produtos online.

Não existe mais “boca a boca”, é da boca para o mundo, disse Jill Rowley durante “O que os compradores B2B querem realmente? Não é o que você está vendendo”.

Defensores da marca são mais propensos a serem vistos como uma fonte honesta de informação pelas pessoas ao seu redor. Suas opiniões importam e você deve explorar esse potencial.

4. Todos nós queremos pertencer.

“Não é pessoal, são negócios” é coisa do passado.

Hoje em dia, os clientes têm muitas opções. Eles estão à procura de empresas oferecem uma experiência, não apenas um produto. Eles querem se sentir queridos e queridos. Eles querem pertencer.

Para tornar seus clientes em defensores da marca, uma experiência “boa o suficiente” não é bom o suficiente.

Cada interação que você tem com seus clientes deve encantar e surpreendê-los. Só então eles vão sentir a necessidade de compartilhar essa experiência on e off-line.

Construir uma cultura para o cliente é essencial, mas não é uma tarefa fácil e exige uma mudança de mentalidade para a maioria das organizações.

5. A “recomendação” é o novo padrão de qualidade.

Como Bill Macaitis disse bem em sua apresentação “Abastecendo o Hyper-Crescimento através da Experiência Impulsionada pelo GTM”, não importa se você faz uma venda ou uma renovação se você não for “recomendado”.

Se as pessoas estão dispostas a colocar seu próprio nome trás do seu produto, está implícito que você ganhou e que eles estão com você.

Uma vez que seu cliente está disposto a recomenda-lo, você alcançou o mais alto nível de satisfação do cliente. Tudo o que resta para você fazer é canalizar a sua voz para construir relacionamentos com novos clientes, enquanto cresce nos relacionamentos já existentes.

O conceito de Advocacy Marketing é simples, mas para integrá-lo como parte de sua estratégia de Marketing requer a adoção de todos dentro da empresa.

Um programa de defesa do cliente tem um tremendo potencial, onde todas as partes envolvidas saem como vencedores. Empresas aprendem a criar relações mais profundas e significativas com seu público, os clientes – em última análise – são mais felizes com suas decisões de compra, e os objetivos de negócios são alcançados.

Você pode ter apenas uma chance de causar uma boa impressão com um potencial defensor da sua marca. Faça valer a pena. Baixe o nosso whitepaper Best Practices for Growth: Aligning PR Programs to Corporate Strategy e aprenda como usar as Relações Públicas para desenvolver essas relações e alcançar seus objetivos de negócios.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Lucie Vietti-Curtis no dia 25 de março de 2016. Lucie é Gerente de Programa para Canais e Advocacy Marketing na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Campanha Brilhante da Marca Becel sobre Vida Saudável

Campanha Multicanal da Marca Becel sobre vida Saudável

Sabemos que para começarmos a comer alimentos saudáveis é só começar com simplicidade. Seja em casa ou fora, nós agora queremos saber quais ingredientes estamos consumindo. A marca Becel do Canadá respondeu a essa mudança cultural com uma campanha de Marketing Multicanal que monstra seu compromisso de apoiar um estilo de vida mais saudável. Veja como a Becel está espalhando essa notícia.

Admirável Multimídia

Junto com seu press release, a Becel incluiu um Centro de Conteúdo interativo para abrigar todos os seus elementos multimídia. Ele contém um vídeo vibrante que discute os vários ingredientes naturais encontrados em produtos da marca. O vídeo explica esses processos através de legendas na tela, não sendo obrigatórios fones de ouvido receber a mensagem da Becel. Esta técnica é especialmente eficaz quando os usuários estão casualmente passando por uma página web ou mídia social que tem reprodução automática.

 

Becel também incluiu headers de mídia social em alta resolução que explicam claramente a campanha e são dimensionados para caber em cada layout das plataformas.

Becel Header

Parcerias Premium

Com o objetivo de atingir as famílias e os cozinheiros de casa, a Becel fez uma parceria nesta campanha com a celebridade e chefe de cozinha, Graham Elliot da Michelin-Star, e com a especialista em estilo de vida saudável, Rose Reisman. Trazer um “cozinheiro celebridade” aumenta a credibilidade da Becel entre os chefs de restaurantes e fanáticos por programas culinários. Transformando a ação em um case de saúde e versatilidade, e posicionando a Becel como um dos itens mais importantes para se ter na cozinha.

Através da criação de parcerias estratégicas com especialistas no assunto, a Becel consegue aumentar e construir sua autoridade dentro do varejo, mercado de alimentos e saúde.

Execução – Evento Requintado

Quando se trata de cozinhar, os consumidores gostam de experimentar antes de comprar. A Becel montou seu primeiro quiosque em supermercado central de Toronto por 18 dias. Lá, os consumidores puderam ver como a margarina é feita com ingredientes frescos e puderam prova-la por si próprios. Eles também foram aprenderam a fazer a margarina em casa. Os consumidores foram convidados a compartilhar sua experiência na mídia social com a hashtag #BecelBlendBar.

Esse evento conectou com sucesso a Becel com o seu público-alvo no lugar perfeito; onde fazem suas compras. E reforçou essa conexão com seus especialistas para demonstrar os seus benefícios da marca para a saúde no próprio local.

A campanha da Becel tem atraiu uma grande variedade de veículos de comunicação, incluindo programas de tv no Canadá como CHCH Morning Live, o website the Yummy Mummy Club, ET Canada voltado para celebridades, e outras publicações como Marketing Magazine, Just-Food, e Strategy.

Ao criar parcerias estratégicas, construir o poder da marca através de eventos e criar conteúdo multimídia, a Becel atende as necessidades de seus consumidores e proporciona uma campanha multicanal de sucesso.

N-CO-1.1.1-Banner

Tradução do texto escrito por Melissa Meyer no Blog Beyond Wire, no dia 23 de março de 2016. Melissa é Assistente de Comunicação da CNW – PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

5 Dicas de Comunicação Interna para Pequenas Empresas

Dicas de Comunicação Interna para Pequenas Empresas

Todas as marcas se esforçam para construir defesa e lealdade entre os seus públicos-alvo. Simplificando, a defesa leva ao aumento da awarenes da marca, vendas e crescimento organizacional. Marcas muitas vezes vêem seus defensores como algo que acontece entre os seus públicos externos – consumidores, comunidades, fornecedores e até mesmo outras empresas. Mas um dos públicos mais importantes, mas muitas vezes esquecido, está bem na frente delas: os próprios funcionários de uma marca, seu público interno, ou como conhecidos em Marketing como “Business to Employee”. Os colaboradores (são ou podem ser) os melhores ou piores embaixadores da marca. Afinal de contas, eles são os verdadeiros “insiders”. Não importa o quão forte seja a sua comunicação ou equipe de Relações Públicas, a mídia social coloca a reputação de uma organização nas mãos de todos os seus empregados.

Construir defensores fortes, autênticos e duradouros começa com o desenvolvimento de um plano de comunicação interna robusto e estratégico. Para as pequenas empresas, pode parecer simples, ou até mesmo fácil, se comunicar internamente. No entanto, a comunicação interna hoje, não pode ser deixada para depois em qualquer organização.

“Empresas que têm comunicações internas altamente eficazes tem 47% mais retorno para os acionistas ao longo dos últimos cinco anos, em comparação com as empresas com a comunicação interna menos eficaz”. People Driven Performance

Aqui estão as práticas mais importantes que as pequenas empresas devem considerar ao implementar planos de comunicação interna.

  1. Comunicar de forma clara, consistente e várias vezes

Estabelecer um calendário de conteúdo em pontos de contato consistentes como boletins internos (newsletters), reuniões gerais com todos da empresa e comunicados por e-mail com mensagens para que os funcionários saibam o que esperar e com atualizações. Com o tempo, você verá que as equipes começarão a antecipar e procurará informações nesses pontos de contato.

  1. Com o que o público se preocupa? Adapte a mensagem

Talvez o seu escritório está passando por uma fusão ou outra mudança significativa. Sim, é importante transmitir os detalhes, mas não se esqueça de abordar a questão mais importante que seus funcionários estão perguntando: “O que isso significa para mim?”.

  1. Misture canais

E-mail é ótimo, rápido e fácil, mas seu público interno provavelmente recebe vários e-mails todos os dias que a plataforma se torna confusa. Considere aproveitar as mídias sociais, intranets, pessoalmente em reuniões e eventos, material impresso, sinalização do escritório, vídeos e webinars para comunicar suas principais mensagens.

  1. Saia na frente da fofoca

Goste ou não, seus funcionários vão falar. Evitar boatos, antecipe a comunicação (e da forma mais honesta) possível. É muito mais indolor entregar de forma proativa a mensagem do jeito que você quer do que tentar esclarecer rumores incorretos.

  1. Acima de tudo, seja divertido!

A comunicação interna é uma chance de mostrar a cultura da empresa, comemorar o sucesso com sua equipe e construir companheirismo. Sinta-se livre para colocar um pouco mais de personalidade e diversão em seu tom quando se comunicar internamente.

Para saber mais sobre a comunicação interna e a capacidade de alinhamento dos funcionários, baixe este whitepaper gratuito.

Modelo de Press Release


 

Claire Holland Sobre o autor

Claire Holland é Diretora de Comunicações de Marketing na agência EA, uma agência de brand experience especializada em engajamento experiências, engajamento digital e tradicional, de Chicago. Ela orienta a visão estratégica de marcas, mensagens e voz de empresas, apoiando e melhorando as estratégias de marca para os clientes. Holland também é responsável por todas as ações de Comunicações e Marketing internas e externas da agência, incluindo Marketing Digital e Relações Públicas.

Texto traduzido do post escrito por Claire Holland no PR Toolkit, no dia 05 de fevereiro de 2015.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

6 Maneiras de Monitorar a sua Marca On-line

6 Maneiras de Monitorar a sua Marca On-line

Com tantas plataformas de mídia online e sociais disponíveis, manter o controle de todas as menções on-line da sua marca pode ser um grande desafio. Mesmo assim, é extremamente importante saber quem está falando sobre sua marca na Internet. A questão para os profissionais de Relações Públicas é como monitorar sua marca on-line. Você apenas monitora algumas plataformas? Ferramentas básicas de monitoramento fornecem uma visão completa da sua marca on-line?

Qualquer que sejam as ferramentas que você decidir usar para monitorar, é essencial entender as melhores práticas para manter a imagem on-line da sua marca.

Aqui estão seis maneiras para você monitorar sua marca on-line:

1. Entender o cenário

Isso permitirá que você veja de onde a maioria das notícias sobre a sua marca estão vindo e, portanto, te direcionará para ais plataformas que você precisa monitorar mais de perto. Se você tem um grande número de seguidores no Facebook, mas apenas alguns seguidores no Twitter, você deve dar mais atenção a rede social de Mark Zuckerberg. Além do número de seguidores sociais, você pode usar a analytics do seu site para ver quais plataformas estão direcionando usuários para seu site e, em seguida, monitore essas plataformas para obter menções da marca.

2. Separar sinais do ruído

Sua empresa deve se concentrar nas conversas que realmente importam e, portanto, que precisam ser monitorados. O resto é apenas ruído e há um monte disso na internet! Para fazer isso, você terá de estabelecer quais são seus objetivos de comunicação e se concentrar em comentários e menções que possam ajudar ou prejudicar você de alcançar essas metas.

3. Identificar problemas e oportunidades

Os seus concorrentes estão se destacando em algo que você não é? Monitorar a concorrência permite identificar gaps e tendências, assim como os temas mais quentes em discussão no seu mercado específico.

4. Definir objetivos alcançáveis

Seja claro sobre quais são seus objetivos em relação a sua presença on-line. Se você quer mais visibilidade no Facebook, logo, passe mais tempo nesta plataforma do que em outras. Se você quer estar entre os melhores lugares no Trip Advisor ou em outro site de review de clientes, acompanhe os comentários e menções nesses sites.

5. Criar benchmarks internos

Selecione e se concentre em benchmarks internos que são relevantes para seus objetivos. Seja específico com os seus pontos de referência. Por exemplo, seu objetivo é “Ganhar 3 mil likes no Facebook até dezembro”. Isso cria foco e irá ajudá-lo a determinar quais plataformas realmente importam para a sua empresa.

6. Escolher a ferramenta certa

Há uma série de serviços gratuitos e pagos de monitoramento que podem garantir que você fique atento a presença online da sua marca. O primeiro passo é garantir que o serviço de monitoramento se adapte às suas necessidades e objetivos. Se você não tem controle suficiente da sua marca através de serviços gratuitos, uma assinatura paga pode ser melhor para sua empresa.

Acompanhar sua marca on-line vai deixar sua empresa em uma posição melhor para controlar e moldar as percepções e atingir seus objetivos globais.

Para uma visão mais abrangente e aprofundada sobre como monitorar sua marca online, faça o download Monitoring Your Brand Across the Web, whitepaper Grátis da CNW.

Texto traduzido do post escrito por Amy-Louise Tracey no Blog Beyond the Wire, no dia 21 de março de 2016.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

3 Dicas para Criar Conteúdo e Construir sua Marca On-line

3 Dicas para Criar Conteúdo e Construir sua Marca On-line

Se você é um micro ou médio empresário provavelmente sua presença on-line não é tão grande e não faz jus ao esforço diário que você faz para manter o seu negócio funcionando. Em muitos casos, damos mais atenção e somos mais ativos em nossos perfis pessoais no Facebook do que na Fanpage da nossa empresa. E isso é um erro.

A internet é o local mais propenso para o público se aproximar da sua empresa e estabelecer uma relação de confiança. Será que sua marca on-line está contribuindo ou prejudicando seus negócios? Não importa qual seja a resposta, confira a seleção das três dicas que certamente te ajudarão a criar conteúdo e construir sua marca on-line:

1_ FITClipping – Monitoramento On-line

FITClipping – Monitoramento On-line

Você não pode se dar ao luxo de perder as notícias que estão sendo publicadas sobre a sua empresa. Seja sempre o primeiro a saber o que estão falando sobre você.

O FITClipping é a ferramenta de monitoramento de mídia online voltada para as pequenas e médias empresas. Ele permite que você acompanhe as notícias que estão sendo publicadas na internet relevantes para seu negócio.

A captura de notícias é feita através de palavras-chave que são publicadas em portais de notícias, websites e blogs. Geralmente, essas keywords são relacionadas própria empresa, produtos, concorrentes e novidades do mercado. Após a captura, é gerado um relatório com as notícias capturadas. Todas as notícias são classificadas e recebem um link para o conteúdo capturado.

Esse formato de entrega garante agilidade para identificação de notícias relevantes, e rapidez no acesso às notícias. Acesse a página do FITClipping e veja mais informações.

2_Conteúdo Autêntico e Relevante

Conteúdo Autêntico e Relevante

Como os seus produtos ou serviços podem ajudar o público? Isso é o que ele espera de você. Diga “como” aquilo que você tem a oferecer pode ser útil.

Use o FITClipping para identificar tendências e notícias que se relacionem aos seus produtos. Essa é uma ótima ferramenta para obter insights para criação de conteúdo! Após a identificar, crie conteúdo relevante e escolha o formato para publicação. O que é melhor para você? Posts de blog? Infográficos? Vídeos?

3_Atualizações: LinkedIn, Twitter e Facebook

Atualizações: LinkedIn, Twitter e Facebook

Essas redes sociais são poderosas quando se trata de aumentar suas oportunidades e ganhar tráfego orgânico para seu conteúdo em mídias próprias.

Dedique algum tempo para atualizar essas redes sociais, com publicações e links que direcionem para seu site, e-commerce ou blog institucional. Responda as perguntas do seu público e acompanhe seus potenciais clientes.

Ao identificar pessoas que realmente gostam do seu conteúdo e são engajadas com a sua marca, deixando comentários ou compartilhando seu conteúdo entre seus amigos, mantenha uma conversa com elas. Garanto que você não levará mais que cinco minutos do seu dia nessa atividade e aposto que conseguirá melhores resultados para seu negócio.

Monitoring-Your-Brand-Across-the-Web

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire