Era uma vez… Dicas Assustadoras de Stotytelling para Press Release


Era uma noite escura e tempestuosa, quando os desavisados profissionais de Relações Públicas foram confrontados com a tarefa mais assustadora de todas: ESCREVER UM PRESS RELEASE!

Dicas Assustadoras de Stotytelling

Ok, ok, escrever um comunicado de imprensa não é tão assustador. Mas é quase Dia das Bruxas, e essa “PR girl” está no clima de histórias de terror.

Enquanto eu não começar a escrever sobre vampiros ou lobisomens, minha imaginação ficará correndo em círculos. Isso me fez pensar: Escrever uma história de terror e escrever um press release não são tão tarefas diferentes, são?

Talvez um comunicado de imprensa e uma história assustadora não tenham muito em comum à primeira vista, mas há lições que podem ser aprendidas com o processo de criar um conto de terror que podem ser aplicadas ao começar um press release. Aqui estão algumas dicas para profissionais de Relações Públicas e Marketing se inspirarem com as melhores histórias da temporada para elaborar a comunicações da marca.

Definir o cenário

Uma boa história de terror é aquela que começa em uma noite escura e tempestuosa. Em uma cabana isolada na floresta como o vento uivando e batendo a janela do quarto frio de nosso protagonista. O piso range, e coisas misteriosas aparecem a noite. A expectativa de que o algo vai acontecer, enviar arrepios direto para a espinha de seu leitor.

Dicas Assustadoras de Stotytelling

Escolha seus Personagens

A maioria das histórias de terror, ou não, tem pelo menos um protagonista o leitor por quem o leitor está torcendo. A chave para uma boa história de terror é colocar o protagonista contra alguém ou algo que o leitor não quer encontrar. Ninguém quer virar a esquina e ficar cara a cara com goblins, fantasmas ou zumbis em uma caçada raivosa por cérebros. Essa é a conexão com o protagonista enviada pelos leitores que investirem no desfecho da história.

A diferença aqui é evitar que a sua marca seja a estrela da história. Pense no seu protagonista como seu leitor: Eles são o “bom rapaz” e sua marca está aqui para resgatar a perspectiva horripilante de uma vida sem você! Enquanto sua marca está certamente do lado do bem, escrever o seu comunicado de imprensa com o ponto de vista do seu cliente em mente vai atrair os leitores para a sua mensagem e inspirar ligações mais profundas com a sua marca.

O segredo é definir e conhecer o seu público. Definir personas em seu público ajudará você a criar histórias centralizadas nele.

Trace um Caminho

O enredo é o que faz uma história ser uma história; fornece estrutura para o que está acontecendo. O início de uma história de fantasmas introduz o leitor em um conflito. O meio, constrói ansiedade e medo, e após o clímax ou ponto crítico, acabamos com uma resolução do conflito.

Enquanto a maioria das histórias de fantasmas vai ser focada na construção do medo, a história do seu press release pode construir a tensão entre os seus leitores. Mais uma vez, a tensão deve ser que eles imaginem uma vida sem a sua marca, produtos ou serviços e funcionários. A resolução é a solução que você está oferecendo a seu público.

Certifique-se de encontrar o equilíbrio entre a narração e apresentação de informações relevantes para sua audiência, necessárias fazer tomar uma decisão de compra.

Diga a Verdade

As histórias de terror mais inesquecíveis são aquelas que *podem* ser verdadeiras. A Bruxa de Blair, por exemplo, muitas pessoas acreditavam que era um verdadeiro documentário. O filme foi tanto um sucesso de bilheteria como de crítica, e continua sendo um dos filmes de terror mais memoráveis da sua época.

Essas histórias assustadoras, os que são baseados em fatos reais ou criadas em situações da vida real, são sem dúvida, as mais assustadoras. E novamente, se você não quer aterrorizar o seu público, autenticidade ainda tornará a sua história memorável. Qualquer que seja a história que você esteja contando, veja se o conteúdo que você está compartilhando em seu press release é verdadeiro – real, além de conferir a voz da sua marca e a mensagem geral.

Nós lembramos de histórias. Nós adoramos compartilhar as nossas favoritas com aqueles que nos rodeiam. Se você quiser que a mensagem da sua marca seja memorável, ressoe com público e direcione à ação, diga a verdade.

Desde suas origens como uma maneira de compartilhar informações, o press release evoluiu para uma ferramenta narrativa que pode – e deve – ser implantado para alcançar uma infinidade de objetivos. Baixe Reach Your Communications Objectives para conhecer um mix inteligente de táticas que exploram cinco cases (B2B e B2C) de como usar um press release.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 20 de outubro de 2015. Danielle Capriato é Gerente de Comunicações Estratégicas na PR Newswire. Ela se recusa a assistir The Blair Witch Project sozinha. Seguia-a no Twitter @dcapriato.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s