Por que você faz o que você faz? Lições da #CMWorld 2015


2016 vai ser o ano do content brand. Pelo menos, é isso que Joe Pulizzi – fundador do Content Marketing Institute – acredita. O futuro do marketing de conteúdo está garantido.

todo-poderoso-por-que

O futuro é certo para os dos profissionais de marketing que participaram do Content Marketing World 2015, em Cleveland. Mesmo com apresentações cobrindo uma gama diversificada de temas, desde SEO nível iniciante até a promoção de conteúdo avançada. Ficou claro que os participantes estavam lá para aprender a melhor forma de posicionar suas marcas para o sucesso.

Mas o que exatamente, os profissionais de marketing devem fazer para garantir o sucesso no futuro?

Durante o discurso de quarta-feira, Kristina Halvorson, CEO e fundadora do Brain Traffic e autora do Content Strategy for the Web disse: “A razão pela qual estamos lutando com marketing de conteúdo é porque ainda não começamos com o ‘por que’ ”.

Este foi um tema comum no Content Marketing World: Comece com o seu “todo-poderoso por que”.

Quando perguntado “por que você faz o que você faz?”, Uma profissional de marketing de conteúdo pode argumentar sobre conseguir awareness para a marca, gerar demanda, ou a importância da liderança de pensamento no cenário da mídia atual.

Todos, enquanto argumentos convincentes para programas de marketing de conteúdo, não são as respostas para essa pergunta.

Jay Acunzo, vice-presidente da plataforma NEXTVIEW Ventures, descreveu “o todo-poderoso por que” em sua apresentação de The Content Wheel: Sustaining Momentum with Greater ROI While Punching Unicorns in the Face. “O todo-poderoso por que” é o motivo pela qual você existe, as emoções que você sente ou os problemas que tem que resolver. Para realmente ter sucesso com uma estratégia de marketing de conteúdo, as marcas não podem incidir sobre o resultado final desejado. Elas precisam voltar para o começo de tudo”.

content-strategy-checklist

Acunzo sugere aprender uma lição com os unicórnios – não as criaturas míticas, embora eu tenha certeza que eles têm muitas coisas para nos ensinar. Um unicórnio é uma start-up que parecem explodir durante a noite, ganhando $1 bilhão em financiamento. Estes são os Ubers e os Snapchats do mundo. Esses unicórnios são frequentemente vistos como histórias de sucesso pelo Content Marketing.

Unicórnios, de acordo com Acunzo, são bem-sucedidos porque são colados as necessidades e desejos de seus clientes. Eles são claros em seu propósito e visão, e tem um interesse diferente na criação de conteúdo que aborda as mesmas necessidades que os seus produtos ou serviços.

“Não encontre clientes para o seu conteúdo”, disse Acunzo. “Encontrar conteúdo para seus clientes. Envolva o seu cliente em tudo que fizer. Tudo fica mais fácil, mais eficaz. Você constrói coisas que as pessoas querem, crie conteúdo que as pessoas querem – se você escuta seus clientes”.

Da mesma forma, Jay Baer, autor e presidente de Mídia Social e Marketing de Conteúdo da consultoria Convencer & Convert, sugere que o sucesso vem da integração do serviço com o cliente em uma estratégia de marketing de conteúdo.

“No Reino Unido, as reclamações na mídia social aumentaram 800% em 15 meses”, disse Baer. “Responder a essas queixas dos seus clientes pode conquistar seus corações”.

O foco nas necessidades dos clientes é a razão de ser de uma marca; é a resposta para o “todo-poderoso por que”. Como os profissionais de marketing, nós fazemos o que fazemos para servir os nossos clientes. Uma vez que consigamos responder com confiança esse por que, nós seremos capazes de relacionar o trabalho que estamos fazendo para a satisfação do cliente com os resultados de negócios que vão definir os nossos sucessos futuros.

Seu “todo-poderoso por que” precisa se estender além do tipo de conteúdo que você criar, como e onde você irá promovê-lo. Baixe o nosso Buyer 2.0 Content Strategy Checklist e não perca nenhum passo em seu planejamento de marketing de conteúdo.

Texto traduzido do Blog Beyond PR, publicado por Danielle Capriato no dia 10 de setembro de 2015. Danielle é Gerente de Comunicação Estratégica da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s