O que Não Fazer ao Escrever um Post de Blog


Blogar para a sua marca pode ser assustador – mesmo sendo o seu primeiro ou milésimo post no blog. Queremos fazer o melhor para representar nossas marcas e inspirar nosso público a tomar atitudes.

O que Não Fazer ao Escrever um Post de Blog

Confissão: Sempre que me sento para escrever um novo post, minha mente fica momentaneamente paralisada. Toda vez.

Quando isso acontece, eu encho minha caneca enorme Avengers com chá e me lembro das cinco regras para blogar. E meus dedos se soltam e começam a digitar.

#1. Não seja exageradamente promocional. Seu público lê blogs, ouve podcasts e vê vídeos para ser orientado ou entretido (em um mundo ideal, os dois). Eles não estão em seu blog buscando ativamente uma propaganda para o mais recente produto da sua marca. Então, se você tirar mais nada deste post, lembre-se da regra nº 1 ao escrever sob uma marca: Não seja exageradamente promocional.

Não ser útil ou não estar em sintonia com as necessidades do seu público. Todo mundo quer saber como fazer seu trabalho melhor e mais fácil. Diga isso para eles. Pesquise os desafios que seu público-alvo está enfrentando e diga como resolver, dicas e ferramentas que abordam estas questões.

O Efeito Distribuição: Traga o seu conteúdo de marketing para o Próximo Nível

#2. Não dificulte para seus leitores. Pense em quanto do seu dia é dedicado a visitar sites de notícias e leitura. Eu suponho que não é muito. Estamos todos ocupados e se temos qualquer tempo para ler um artigo, é apenas alguns instantes. Muitos de nós também lemos posts em um dispositivo móvel.

Não temos tempo para grandes blocos de texto, são impenetráveis e de difícil controle para perguntas e respostas que se entrelaçam de tópico a tópico.

Enquadre o seu post de blog para que fique fácil para os leitores chegar ao ponto. Isso significa usar subtítulos, bullet points e outros elementos de formatação. Em caso de entrevistas transcrita, destaque as melhores ideias e estruture o último post para que o leitor não tenha que procurar por todo o resto.

Embora isso signifique mais trabalho para você como o escritor, você não quer dar aos seus leitores um motivo para irem para outro site.

#3. Não seja chato. Blogar – como qualquer outro tipo de narrativa – é um equilíbrio complexo. Como mencionado na dica anterior, você precisa ser preciso e chegar ao ponto de forma rápida e clara. No entanto, você também precisa ligar o interesse dos seus leitores, e ser chato não é a maneira de fazer isso. Você não quer escrever um memorando que vai colocar o seu leitor para dormir.

Conte uma história. Se você quiser republicar um post que tenha sido escrito antes (nem todos), vá até sua caixa de ferramentas de contar histórias e use imagens, analogias, vozes distintas ou outros pontos de vista para fazer valer a pena reconta-lo.

#4. Não se torne dependente da experiência dos outros. Eu entendo que isso pode ser um desafio para se chegar a um fluxo constante de ideias de conteúdo, e lendo blogs, livros e outros conteúdos é uma maneira de inspirar ideias.

No entanto, se você quer se diferenciar como um líder de pensamento, você não pode confiar na experiência dos outros.

Faça suas marcas serem identificadas no título do assunto e mostre seus conhecimentos. Haverá momentos apropriados para mostrar seu amor para outras marcas, mas você precisa se concentrar em posicionar a sua uma influenciadora.

Leia nosso post sobre os quatro traços de um grande conteúdo líder de pensamento para aprender a direcionar com confiança as conversações em seu mercado.

#5. Não se esqueça das imagens. Sem forçar muito: Se você for publicar um post de blog, ele deve incluir multimídia. Arte sempre foi um componente crítico na narrativa; no entanto, mesmo se você não concordar com o velho ditado “uma imagem vale mais que mil palavras”, você não pode negar que um post com uma imagem ou vídeo é muito mais fácil de se compartilhar na mídia social. No entanto, você não pode só colocar uma imagem aleatória em um post e chamá-la de “dia”.

Não use elementos visuais que normalmente você usa. Comece a traçar o tipo de multimídia que pretende usar, assim que você começar a trabalhar em seu blog. Uma vez que você tem uma ideia geral e quantos elementos visuais vão ser mais eficaz, você pode reservar tempo suficiente para criar ou encontrar o que você precisa.

Finalmente, depois de ter seu blog escrito, não se esqueça de promovê-lo. Mesmo a história mais interessante pode se perder no mar de conteúdo que está online.

Eu sei que você tem histórias que valem a pena ler. Faça download do nosso white paper O Efeito Distribuição: Traga o seu conteúdo de marketing para o Próximo Nível e aprenda a associar seus posts com a estratégia de marketing que merecem.

Texto traduzido do post escrito por Amanda Hicken no Blog Beyond PR, no dia 21 de maio de 2015.

Amanda Hicken é Gerente de Estratégica de Conteúdo da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Advertisements

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s