5 Superpoderes de um Editor de Conteúdo


Erros de digitação não são apenas embaraçosos, eles também podem custar muito dinheiro. Todos nós já ouvimos histórias de horror da falta de um número em uma etiqueta de preço e do olho de águia do cliente que aproveitou a oportunidade.

5 Superpoderes de um Revisor

Para evitar problemas semelhantes com o conteúdo da sua marca, o time Editorial da PR Newswire (Customer Content Services) edita centenas de comunicados de imprensa e press releases todos os dias e corrige milhares de supostos erros a cada mês.

Nos momentos finais antes de um comunicado de imprensa ser distribuído, o Editorial pega erros de ortografia, gramaticais e até mesmo discrepâncias nas demonstrativos contábeis (lucro por ação de $ 0,19 é muito diferente do que o lucro por ação de $,019) tudo ao mesmo tempo, e o leitor nunca sabe quem são eles. Que seja experiência ou talento nato, editores de conteúdo têm superpoderes – capazes de ver o que os outros não veem. Aqui estão cinco superpoderes que todos os editores e revisores de texto possuem:

#1. Visão Raio X

Um bom editor de conteúdo é capaz de detectar um erro de digitação a um quilômetro de distância. Suas habilidades técnicas e valentia nunca podem ser substituídas por uma mera verificação ortográfica. Corretores ortográficos não podem ler o contexto, nem podem distinguir entre palavras homófonas, como “acento e assento”.

#2. Velocidade

Nosso time Editorial (Customer Content Services) lida com uma infinidade de prazos na base diária. Alguns destes prazos são de poucas horas, enquanto outros são em minutos. Em alguns casos, aparentemente com deadlines impossíveis, um editor vai notar uma discrepância no título e no primeiro parágrafo. Talvez um produto não está escrito da mesma maneira ou o título se refere ao terceiro trimestre enquanto o primeiro parágrafo fala sobre o segundo bimestre. Um editor de conteúdo hábil tem a capacidade inata de vê-los, e um veterano sabe onde procurar os erros.

#3. Discretos

Quando editores de conteúdo fazem bem o seu trabalho, o leitor não vai nem saber que eles estiveram lá. A cada nova correção em Relações Públicas (sim, tenho visto muitas vezes em meus 20 anos de PR Newswire), nossos clientes são eternamente gratos por nossa capacidade de identificar e silenciosamente desarmar as “minas terrestres” em seus comunicados de imprensa. Nós não queremos ser chatos. Apenas queremos ter certeza que sua distribuição saia corretamente. Então, nós rapidamente fazemos as mudanças e alertamos. Dessa forma, você pode atualizar sua própria versão, caso você esteja planejando enviar um press release para outros contatos. No Slate.com, uma análise sobre Mary Norris – “Entre você e eu: Confissões de uma Virgula Rainha” – Miriam Krule capta o ponto crucial da busca de cada editor: “O editor de texto é mais bem sucedido quando ninguém o percebe. Um editor que é invisível ao ponto de parecer desnecessário é muitas vezes o melhor em seu trabalho – isso significa que ele nunca deixa passar nada. É só entre o escritor e o editor, cujas perguntas de gramática ou lógica feitas pelo editor, são a oportunidade de apreciar verdadeiramente sua influência. Mas quando seu trabalho é – em sua essência – dizer que pessoas estão erradas, as vezes a melhor opção é ser invisível”.

#4. Resistência

A cada ano, a PR Newswire emite milhares de comunicados de imprensa. A equipe Editorial trata cada distribuição de forma única, ao mesmo tempo atende ligações, responde solicitações, perguntas e mais. No final do dia, cada membro da equipe teve em média 30 (ou mais) comunicados de imprensa em suas mãos.

#5. Intuição

Uma armadilha para a maioria dos escritores é a tendência de passar horas escravizado sob sua escrita, mas chega um momento em que você tem que largar a caneta vermelha. Saber quando parar é um dos poderes mais difíceis de se cultivar como um editor de conteúdo. Tenha em mente o objetivo principal para a sua história e deixe que ele seja o guia quando necessário. Como acontece com qualquer superpoder, com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Converse com qualquer um que edita textos e você encontrará duas coisas: (1) Eles não podem ser desligados. Eles vão ver cada erro de digitação em um menu de restaurante e cada gafe de edição no jornal local. (2) Eles se tornam a solução para cada pergunta os que seus amigos têm quando se trata de gramática, pontuação e escrita.

Felizmente, o departamento editorial (Customer Content Services) da PR Newswire funciona 24 horas por dia 7 dias por semana para clientes e seus comunicados de imprensa. Vamos usar esses cinco superpoderes para garantir que a sua mensagem esteja no ponto, gramaticalmente correta e impactante. Se eu tivesse que dar à nossa equipe um nome de super-herói, eu a chamaria de “Os Invisíveis” – você nunca pode nos ver, mas sem nós quem corrigiria esse dia/ data discrepante?

Texto foi traduzido do post escrito por Catherine Spicer no Blog Beyond PR, no dia 16 de abril de 2015.

Catherine Spicer é Gerente da Equipe Editorial da PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s