Drones no Jornalismo, Washington Post e os Millennials


Bem-vindo a mais recente edição do Around the Wire, o olhar PR Newswire sobre jornalismo, blogs e as histórias de freelancer da semana passada.

Drones no Jornalismo, Washington Post e os Millennials

#1. FAA Estimula o Estudo da CNN sobre Drones para Newsgathering (Mashable).

A popularidade repentina de drones em relação ao ano passado é surpreendente. Desde eventos esportivos até para uso pessoal, essa tecnologia tornou-se bastante popular. Mas ela não vem sem algumas restrições.

A FAA atualmente proíbe o uso de aviões não tripulados para a cobertura de notícias. No entanto, isso pode estar mudar, recentemente a FAA se uniu com a CNN para explorar possíveis novas diretrizes e regulamentos. Os meios de comunicação dizem que a tecnologia drone oferece inúmeras oportunidades para ampliar a cobertura.

#2. Um relatório de progresso sobre Jeff Bezos transforma o Washington Post (MediaShift).

O ar de mudança continua soprando nos escritórios do Washington Post. Desde Jeff Bezos, fundador da Amazon, assumiu no final de 2013, o diagnóstico foi feito.

O jornal deu passos significativos para entrar ainda mais no mundo do jornalismo digital. Criando uma equipe integrada de notícias digitais, Bezos está olhando para o futuro – isso reflete diretamente a história de realizações passadas da gigante de tecnologia e a visão do futuro.

#3. The Charlotte Observer e a seleção de notícias para os millennials (NiemanLab).

Publicações virais tornaram-se um grande competidor no cenário de notícias de hoje. Sites como o BuzzFeed estão encontrando uma maneira única de despertar o interesse dos millennials, que rapidamente estão se tornando o principal grupo demográfico para o consumo de notícias. Isso é uma coisa que a mídia tradicional deve saber.

Pegue a The Charlotte Observer como exemplo. Em novembro passado, foi lançada a Charlotte Five, uma seleção de notícias voltada diretamente para os millennials para ser vista em smartphones. É mais um sinal de como a geração de hoje consome a maior parte de suas informações por dispositivos móveis.

#4. Nova capa do Charlie Hebdo, o valor da notícia deveria prevalecer (Public Editor’s Journal/NYT).

Não há nada fácil sobre relatar a situação do Charlie Hebdo. Muitos veículos de comunicação têm trabalhado sobre o conflito, mas não para informar sobre a segurança de seus funcionários. Este é um dilema que nem mesmo o The New York Times não ficou imune.

Até hoje, ele manteve sua postura tradicional, e nem todos estão satisfeitos com isso.

#5. Notícias da mídia e de profissionais da semana do dia 12 de janeiro (Media Moves PR Newswire).

Media Moves mantém você atualizado com “quem foi para onde” no mundo dos meios de comunicação. A edição desta semana inclui uma série de contratações no então muito falado Washington Post. Também sobre um veterano da Associated Press que se aposentando depois de quase 50 anos de notícias, e uma promoção no Harpers Bazaar.

Inscreva-se no blog Beyond Bylines ou adicione o RSS e fique por dentro das tendências da mídia, entrevistas com jornalistas, perfis do blog e  muito mais. Tudo enviado diretamente para a seu e-mail ou leitor RSS.

Este texto foi traduzido do post escrito por Sarah Skerik no Blog Beyond Bylines, no dia 16 de janeiro de 2015.

Ryan Hansen é Pesquisador de Audiência na PR Newswire.

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s