Por que Vídeos são Investimentos para Empresas


Uma nova pesquisa da Vidyard confirma que o uso de vídeo não é apenas para entretenimento ou para melhorar awereness, mas é uma fonte legítima de receita. 

Por que Vídeos são Investimentos para Empresas

Com a explosão de estrelas do YouTube, vídeo na newsfeed do Facebook, o “ALS Desafio do Balde de Gelo”  sendo uma sensação viral, 2014 provou ser o ano do vídeo.  Agora, uma nova pesquisa da Vidyard confirma que o uso de vídeo não é apenas para entretenimento ou para melhorar awereness, mas é uma fonte legítima de receita. De acordo com os resultados, 71% dos participantes confirmaram que vídeos eram melhores em direcionar conversões do que outros tipos de conteúdo, como texto e foto.

O especialistas em vídeo da PR Newswire, Larry Cardarelli, produtor executivo da MultiVu, e Kevin West, vice-presidente sênior de Multimedia da MultVu, analisaram os resultados e as melhores práticas para a criação de vídeos eficazes.

Por que vídeos funcionam melhor do que o texto ou foto?

Nada surpreso com as descobertas da Vidyard, Cardarelli se lembra do velho ditado: “uma imagem vale mais que mil palavras”, para lembrar os profissionais de marketing por que vídeos funcionam melhor.

“Um minuto de vídeo, é basicamente, equivalente a comunicação de 1.8 milhões palavras”, diz Cardarelli, “Isso é, 30 mil palavras por segundo. Se você não faz alguém sentir alguma coisa em um vídeo de 30 segundos (ou seja, 900 mil palavras) então você tem um grande problema”.

Para discutirmos mais sobre o uso do vídeo nas comunicações, inscreva-se para o webinar gratuito “Tendências de RP para 2015: Foco em Visual Storytelling”.

No que diz respeito ao comprovado poder de conversão de vídeo, os achados de West da Vidyard declaram que “Mais pessoas estão procurando alguma forma de conversão, sendo ou não vendedores de um produto ou uma empresa. Praticamente todos em marketing e relações públicas estão procurando. Textos e imagens fazem uma conexão mais longa, mas um vídeo conta a história de forma mais eficiente e lhe dá o maior potencial para a conversão”.

Marketing deveria criar mais vídeos do que outro tipo de conteúdo?

Apesar dos vídeos converterem melhor do que textos e imagens, West lembra os marqueteiros para prestar atenção à qualidade dos vídeos que eles estão produzindo mais do que a quantidade, a falta dela coloca em risco os resultados finais. “Qualidade gera mais engajamento e desenha melhores resultados, diferente do envio de muitos vídeos”, ele diz: “Os buscadores favorecem vídeos, mas não necessariamente a quantidade que vai ajudar o seu SEO, é a relevância e a qualidade do vídeo, melhor ou mais eficaz, que será levado em conta”.

Por outro lado, Cardarelli tem uma solução para a criação de vídeos com qualidade em manter a frequência. Em vez de divulgar uma história completa em um vídeo, dividi-lo em pequenos pedaços conectar o público fazer com que ele sempre volte para ver o próximo capítulo.

Como profissionais de marketing podem criar melhores vídeos?

Cardarelli e West sugerem as seguintes dicas para ajudar os profissionais de marketing produzirem sua estratégia de criação de vídeo:

A qualidade deve ser adequada ao contexto. “Só há duas verdades universais sobre como fazer um vídeo de sucesso, (1) tem de ser bem escrito e produzido ou (2) o conteúdo tem que ser sensacional: adorável, chocante ou estrelado por um artista. Nesse último caso, não importa o quão bem ele é filmado”, observa Cardarelli, “A maioria de nós cai na primeira verdade universal , você precisa realmente contratar um equipamento que sabia o que está fazendo. Assim, você economiza tempo e dinheiro no longo prazo”.

Gaste algum tempo para criação de uma história multifacetada. Com relação à ideação e estratégia, Kevin desafia marketeiros a passar mais tempo pesquisando e em brainstormings sobre as diferentes maneiras que uma história única pode ser contada através de diferentes perspectivas.

Preste muita atenção às tendências de mídia social. Cardarelli explica: “Há alguns anos atrás, falar de um vídeo de segundo 6 soaria como uma loucura. Hoje, as grandes marcas estão gastando muitos dólares tentando descobrir maneiras de produzir vídeos eficazes para o Vine ou vídeos com menos de 30 segundos”.

Distribuir vídeos além de canais próprios. “Vá além dos vídeos no Facebook e considere outros caminhos que você pode distribuir o seu vídeo,” West afirma, “Obviamente as mídias sociais e Facebook são gigantes, mas vão além do necessário. Como, de outra forma, você consegue colocar os seus vídeos online frente a frente com os diferentes públicos que você almeja?”.

O que o futuro reserva para o mercado de vídeo?

Cardarelli espera que os profissionais de marketing deixem para trás antigas ideias sobre o que a criação de vídeo costumava ser, e considerem formas mais criativas e visualmente atraente de conteúdo que a avançada tecnologia permite hoje. “O termo vídeo é um pouco fora de moda, evocando imagens de um sujeito robusto, com uma câmera de 150lb em seu ombro filmando. Os vídeos hoje incluem um grande mundo de animações: stop motion, 2D e 3D, arquivos compartilhados, texto em movimento que poucos anos atrás eram considerados do orçamento de todos, só para aqueles com bolsos fundos”, explica ele, “Animações são muitas vezes uma maneira muito mais eficaz de contar uma história, especialmente as histórias que poderiam ser considerados um pouco mais diretas”.

A noção de que a criação de vídeo é uma opção e não uma necessidade é desaparecerá, antecipa West. “Não é mais uma coisa que é um bom fazer ou algo que se tem que talvez deva ser considerado”, acrescenta, “Neste momento é uma necessidade se você quiser sobreviver em mercados diferentes onde a sua empresa pretende operar. Você tem que produzir efeitos visuais, para isso”.

Este texto foi traduzido do post escrito por Shannon Ramlochan no Blog Beyond PR, no dia 15 de outubro de 2014.

Shannon Ramlochan é Coordenadora de Marketing de Conteúdo da PR Newswire

Traduzido e adaptado por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Advertisements

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s