Fotógrafos de Guerra – O Fotojornalismo Exposto ao Perigo


Iraque, Bósnia e Afeganistão. Eles foram para onde ninguém queria ir. Os fotógrafos André Vieira, Juca Varella e Fernando Costa Netto falam dos riscos e dificuldades de registrar as zonas e vidas destruídas pela guerra.

O Canal da Revista Trip  no Youtube disponibilizou um documentário sobre a profissão do fotojornalismo em campos de batalha. O vídeo foi feito com três fotógrafos que tiveram a difícil missão de extrair beleza e arte em zonas de guerra. No arquivo, André Vieira, Juca Varella e Fernando Costa Netto falam sobre suas experiências fotografando conflitos no Iraque, Bósnia e Afeganistão e revelam os riscos e dificuldades de trabalhar nesses territórios. Vale muito a pena conferir o material:

Juca Varella cobriu a guerra do Iraque em 2003 para o Jornal Folha de S. Paulo: “Eu sempre tive vontade de cobrir uma guerra, mas o Brasil, como a gente sabe, não tem essa tendência de mandar jornalistas para cobrir guerra. Cobrir uma guerra é muito caro, extremamente caro, você tem que subornar tudo. A gente entrou no Iraque já subornando o cara do Hotel, por que se não a gente não conseguia apartamento.”

“O medo era constante. A qualquer momento a gente podia ser atingido por um míssil. O número de jornalistas mortos foi fantástico. Em números relativos foi mais do que na guerra do Vietnã. Esse era o pensamento principal: a gente se preservar fisicamente.”

“Hoje é difícil você falar: Que foto que foi ‘A foto’ da guerra do Iraque? Não sei. Eu tenho a minha… Se teve banalização da imagem? eu acho que aconteceu isso sim.”

Fernando Costa Netto fotografou a guerra em Sarajevo para a Revista Trip: “Se eu não me engano, sou o único brasileiro que fotografou a guerra da Bósnia. E tinha que tomar muito cuidado. Foi uma época bem violenta o ano de 83 em Sarajevo. Primeiro pelos morteiros e em segundo os snipers, que eram os francos atiradores que foi uma característica dessa guerra.”

André Vieira cobriu a guerra no Afeganistão em 2001 e publicou suas fotos na revista Newsweek: “Você entra em uma zona assim, a sua cabeça funciona diferente. É uma outra lógica, uma outra relação com o tempo, uma outra relação com tudo a sua volta. Você está aqui agora, amanhã você pode estar 20 quilômetros para trás, no dia seguinte você pode estar 200 quilômetros para frente.”

“O que expõe muito o fotógrafo, principalmente, e o câmera, mas o fotógrafo mais ainda, é que você acha que está protegido pela tela. Você não é parte… você está vendo pelo viewfinder ali, que te tira daquela situação de uma certa maneira, o que é perigoso. Você esquece que é parte daquele momento. Já aconteceu.”

“O auge da fotografia de conflitos em 70, 60 até a década de 80, era uma época onde a fotografia informava. Você ficava sabendo daquilo ali por aquelas fotos daqueles fotógrafos que estavam cobrindo ali. Agora não, agora o celular é muito mais forte como ferramenta narrativa, contar uma história. É uma era de abuso de imagem também. Têm muitas imagens, muitas imagem… como tudo acho que vai, dentro dessas milhões e milhões de imagens todo dia vai ter, sei lá… uma fração infinita decimal que vale parar para olhar. Eu acho que essa fotografia que vale parar para olhar e refletir, eu acho, que ela tem força ainda”.

Por Victor Melo, Analista de Comunicação Corporativa LatAm
PR Newswire

Advertisements

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

2 Responses to Fotógrafos de Guerra – O Fotojornalismo Exposto ao Perigo

  1. Pingback: Top Textos 2014 – Jornalismo, Relações Públicas e Marketing | Blog PR Newswire

  2. Edson ferraz says:

    Quero ser um fotógrafo de guerra …o eu faço?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s