Tendências de RP para 2014: conteúdo focado & apelo de múltiplos formatos para nichos de audiências


Este texto foi traduzido do post escrito por Sarah Skerik no Blog Beyond PR, em 21 de novembro de 2013

pr-trends-141

Nesta época do ano começamos a refletir sobre o passado e considerar o futuro, assim como fazemos um balanço de nossas habilidades e desenvolvimento pessoal. As mudanças no ambiente de mídia digital, que são tão fundamentais na formação da opinião pública hoje, exigem de nós,  comunicadores, atualização contínua de estratégias e táticas.

Aqui vão algumas tendências de Relações Públicas que vemos para o próximo ano.

Amplificação de nicho: Hoje, a receita do Google é maior do que a do mercado de jornais e revistas americanos (combinada) e o seu negócio se baseia no fornecimento de informações de nicho. Sinais sociais desempenham um papel importante em como o Google (e outros motores de busca) categorizam informações – na verdade, de acordo com dados mais recentes, oito dos dez principais fatores que o Google usa para indexar a informação são derivados de interação social.

O que significa tudo isto? Simplificando, isso quer dizer que a audiência digital é o driver de visibilidade da mensagem, e gerar interação em torno das mensagens – curtir, compartilhar, tweetar, e clicar em links – é crucial para a visibilidade digital hoje em dia.

Para gerar interesse genuíno entre o público que se importa, os comunicadores estão focando profundamente no interesse de nicho. Por exemplo, para uma oferta sobre ingredientes glúten-free, não estão mirando os top 100 blogueiros de alimentos. Em vez disso, estão escavando a comunidade glúten-free, para identificar e se conectar com membros ativos e bem relacionados desse grupo. Além disso, comunicadores estão fazendo outra coisa. Eles estão fazendo isso cada vez mais artesanalmente…

Todo aquele laranja na parte superior do gráfico mostra o papel da mídia social em informar os resultados da pesquisa.

Todo aquele laranja na parte superior do gráfico mostra o papel da mídia social em informar os resultados da pesquisa.

Conteúdo focado concebido para envolver o público, não só a mídia e os influenciadores: Da ênfase do Google na busca de contexto à força da venda de revista de nicho, uma coisa é clara: o conteúdo focado é vorazmente consumido pelo seu público, especialmente quando ele oferece uma visão única ou uma utilidade real.

O que isso quer dizer para os profissionais de RP? O público está nos dizendo o que lhes interessa e o que eles valorizam, e essa inteligência cria um quadro contextual importante para uma variedade de comunicações, desde uma oferta de produto ou serviço até um release de imprensa.

Isto significa enquadrar as mensagens no contexto de interesse do público, sob a forma de respostas para suas perguntas, soluções para seus problemas e conselhos que, finalmente, fazem sua vida melhor – seja um trabalho mais fácil, um passatempo mais gratificante ou uma causa mais convincente. Esta tendência – o desenvolvimento de conteúdo mais focado tem também um impacto mais amplo…

Equipes de RP são editores & criadores de conteúdo exclusivo: Pode-se argumentar que a definição de noticiabilidade mudou, já que os veículos de mídia estão mudando seu modelo e buscando o “ouro digital” – ou seja, maior público e mais tráfego do website. Além de enfatizar histórias projetadas para chamar a atenção do público (como a espetacularmente abrangente da CNN do desempenho de Miley Cyrus’ no Video Music Awards), jornalistas e blogueiros estão ativamente fazendo curadoria de conteúdo em redes sociais, trabalhando para reforçar sua própria presença em meios de comunicação social, bem como daquelas mídias que eles representam. Como resultado, o buraco de notícias no mundo digital é enorme, e a mídia anseia por conteúdo próprio, incluindo pesquisas de mercado ou enquetes de usuário. Alguns anos atrás, uma equipe de RP provavelmente não sonharia oferecer esse tipo de conteúdo, mas na verdade, as informações da empresa podem oferecer bons insights e proporcionar oportunidades de contar uma história. Equipes de Relações Públicas competentes podem trabalhar com seus colegas de marketing para criar um visual elaborado, que pode tornar uma oferta mais atraente. Também sabem que um conteúdo que não for utilizado inicialmente, pode ganhar exposição se um influenciador o compartilhar com seus seguidores. Para maximizar o potencial de uma mensagem, comunicadores estão adotando outra tendência…

Usando múltiplos formatos de mensagem & canais de distribuição de conteúdo: é  raro uma campanha que não tenha vários ganchos de notícias ou ângulos e é raro o público que se encontra em um só lugar. Para garantir a máxima absorção de uma mensagem, cada vez mais, profissionais de relações públicas utilizam vários formatos de mensagem e desovam esse conteúdo em vários canais. Se bem feita, esta abordagem gera dois benefícios: adquire novos públicos para a organização e incentiva o envolvimento mais profundo deste público. Entregar conteúdo em múltiplos canais é uma maneira infalível para trazer mensagens para novas audiências, e os comunicadores por trás da mensagem se asseguram de sincronizar o conteúdo com cada público. Empregar uma variedade de formatos – vídeo curto, texto longo, infográficos ilustrados, posts apetitosos e tweets fortes – garante que as pessoas vão encontrar conteúdo no formato que é mais atraente para elas – que é o primeiro passo na construção do compromisso com a sua marca.

Mensuração de resultados não da produção: Não seria um relatório de tendências de RP se não houvesse uma menção à mensuração, mas este ano, há uma reviravolta. O mercado está ganhando mais adeptos à mensuração de campanhas, canais, mensagens e resultados, o que aumenta a pressão sobre o RP para apresentar indicadores-chave de desempenho para descrever o seu trabalho. Os dias estão contatos para as métricas de equivalência (por exemplo, equivalências de valor de anúncios, ou pior, equivalências por custo de publicidade) uma vez que os comunicadores estão aprendendo a correlacionar os resultados da mensagem e interações por meio de múltiplos canais, bem como desenvolvendo a capacidade de conectar a leitura de mensagens e as interações diretamente aos bancos de dados do marketing e geração de leads na organização.

O trabalho do Relações Públicas nunca foi tão importante e a profissão está crescendo muito. O que está no seu radar e na sua cabeça para 2014?

 

Traduzido e adaptado por  Karina Sassoon, Gerente de Comunicação Corporativa, Latam
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s