“É incrível como as empresas da América Latina têm a capacidade de vencer”


1. Ninan_Chacko_CEO_PR NewswireNinan Chacko, estudou Engenharia, mas foi na área da comunicação que alcançou sua plenitude profissional. Desde 2009, comanda as operações da PR Newswire, multinacional norte-americana cujo core business é a entrega de comunicados de imprensa de grandes companhias para a mídia. Em viagem recente ao Brasil para definir estratégias de negócios, Ninan falou sobre o cenário da comunicação na região e expectativa de como a chegada de grandes eventos, como a Copa do Mundo, pode impulsionar o mercado no país.

Você estudou Engenharia Aeroespacial, frequentou a Escola de Negócios de Harvard e desenvolveu sua carreira como executivo nos últimos 25 anos. Qual foi a surpresa mais interessante que lhe ocorreu desde que veio para esse lado do negócio?

Ninan Chacko: Eu passei 20 anos em outras indústrias e não tinha o entendimento sobre o que a PR Newswire fazia. Assim que eu assumi minha posição o mais surpreendente para mim foi ver quanto de valor o nosso serviço agrega para as companhias quando elas precisam comunicar as suas mensagens-chave. Uma vez que compreendi que o nosso trabalho não é algo mecânico como os serviços de telegrama ou email, soube que o que nós fazemos é utilizar a nossa marca para amplificar a visibilidade do conteúdo dos nossos clientes. Quando os nossos clientes nos contratam é como se eles estivessem alugando a nossa credibilidade e a atrelando às suas mensagens.

PRN BR. Você poderia falar um pouco sobre o motivo da sua visita ao Brasil?

NC. Eu vejo que parte do meu trabalho como executivo está relacionada à comunicação. Não somente falar com as pessoas, mas ouvir dos meus pares e colegas também. Eu preciso, com a maior frequência possível, estar cara a cara com as pessoas, especialmente com as que estão fora dos Estados Unidos. Eu também vim conversar com clientes, agências, potenciais clientes e construir uma imagem clara do mercado. E nessa viagem, um insight em particular está relacionado a algo que eu escuto sempre: “o mercado no Brasil é diferente, é mais tradicional, é mais peculiar e resistente a mudanças”. Bem, em reuniões com duas das empresas que visitei eu pude constatar que eles são tão avançados em sua maneira de pensar sobre comunicação integrada quanto os nossos clientes nos Estados Unidos. Eles têm visão de futuro, são agressivos, entendem sobre digital, eles absolutamente compreendem como as nossas soluções agregam valor ao negócio deles, como ajudam a atingir os objetivos.

PRN BR. Como você responderia a pergunta: como o serviço de distribuição de press releases agrega valor a uma marca?

NC. O que nos diferencia dos demais serviços é a nossa audiência. Nosso site nos Estados Unidos, por exemplo, tem um Page Rank altíssimo, maior do que sites tradicionais, como o ESPN.com (Google Page Rank é a medida utilizada pelo próprio Google para dimensionar a relevância dos websites). A magnitude da nossa audiência  – e isso é o Google quem está dizendo – é muito mais relevante do que qualquer outro player da nossa indústria. Se você olhar para os nossos serviços de mídias sociais e para os posts que oferecemos aos nossos clientes e observar o número de seguidores, irá constatar claramente também que a nossa audiência é significativamente maior do que a de nossos concorrentes. Além disso, fomos os pioneiros a criar contas de twitter segmentadas por tema, como @PRNmedia e @PRNTech. Isso foi inovador, fomos nós tentando algo diferente e dizendo: “funciona!”.

ninan2

PRN BR. A capa da revista The Economist da semana trouxe a chamada “Os Estados Instáveis da América”, analisando a situação que os Estados Unidos vêm enfrentando com os fundos de pensões. Os países da América Latina, do bloco BRIC e os Tigres Asiáticos trabalham para cobrir os problemas sociais e econômicos com um cobertor curto. A União Europeia tem um grande dever de casa para fazer. Em um cenário tão complexo, como as firmas de Relações Públicas podem se manter como relevantes parceiras aos olhos dos executivos?

NC. Quando as circunstâncias econômicas não são boas, as empresas tendem a adotar uma postura conservadora e a cortar custos em comunicação. Na verdade, a maneira ideal de agir durante uma crise econômica é enfrentando-a e fazendo os investimentos certos. Tornar-se mais articulado e mais agressivo pode ser muito positivo quando os seus competidores estão quietos.

PRN BR. Os eventos esportivos que acontecerão na América Latina, mais especialmente no Brasil, nos próximos anos, têm deixado os executivos com boas expectativas. Qual a sua opinião sobre isso?

NC. Eventos esportivos globais como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos colocarão o Brasil no centro das atenções do mundo. De repente, todos os olhos estão voltados para o Brasil e o que você vai dizer para essa audiência global? Se você é uma marca tipicamente brasileira, como a GOL, o Bradesco, a EMBRAER, entre outras, é um momento ainda melhor para se perguntar: “OK, nós agora temos uma atenção sem precedentes do mundo inteiro. Que mensagem eu posso mandar de forma que pareça natural e que seja alinhada com o momento para me fortalecer junto dessa enorme audiência global?”. Acredito que essa é uma oportunidade fantástica de, com uma abordagem apropriada, se apresentar e se beneficiar da atenção global que recai sobre o Brasil. E, claramente, essa é uma coisa com a qual a PR Newswire pode ajudar muito.

PRN BR. Algo mais que você gostaria de dizer?

NC. Meu interesse pela América Latina é tanto pessoal como profissional. Minha esposa é colombiana. Eu atuei na região nos últimos 25 anos representando as empresas para as quais já trabalhei. Eu tenho uma paixão particular sobre como o Brasil e os países da América Latina são hábeis em construir o sucesso e sobre como as empresas desses países são capazes de vencer não somente nos seus mercados domésticos, mas também no cenário global. No meu ponto de vista a América Latina é um terreno fértil, e é incrível ver como as grandes oportunidades beneficiarão os países da região e suas economias.

Por Leonardo Camacho, Associate Customer Content Specialist
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s