10 Razões para enviar um Release


Este texto foi traduzido do post escrito por PRN Bloggers no Blog Beyond PR, em 12 de agosto de 2013.

Ultimamente, grande parte da discussão sobre press releases tem se centrado em duas questões: 1) se de fato os releases podem ou não influenciar os resultados de busca e 2) as novas diretrizes do Google para os links em comunicados de imprensa. A PR Newswire já fez uma importante mudança, implementando uma regra, em formato de código de programação, de não seguir os links (no-follow links) em todos os seus comunicados de imprensa distribuídos para websites. Em resumo, os links no conteúdo que nós distribuímos por meio de milhares de websites já estão em conformidade com as diretrizes do Google.

Essa alteração não afeta a maneira como os comunicados de imprensa serão encontrados, lidos e compartilhados online. Eles ainda serão indexados pelos motores de busca, e os leitores ainda poderão clicar nos links que você incorporar em suas mensagens.

top-10

Considerando esses pontos, é importante não perder de vista os motivos pelos quais você deve enviar um comunicado à imprensa. Aqui estão nossos top 10!

10. Arquivo. Comunicados de imprensa são salvos, armazenados, arquivados e tornam-se um tipo de registro oficial sobre onde sua comunicação esteve, o que se fez e quando aconteceu. O arquivo pode variar em tamanho – no Yahoo Finance, comunicados de imprensa são arquivados por seis meses, enquanto no Lexis/Nexis os releases da PR Newswire remontam a 1980. Se você tiver um MediaRoom ou algum outro tipo de Sala de Imprensa online, seu arquivo é atualizado cada vez que você fizer um anúncio. É como uma linha do tempo do Facebook para empresas e organizações, mas está no ar há muito mais tempo.

9. Expertise. O comunicado de imprensa pode ajudar a posicionar você e sua empresa como fonte ou referência  em temas que são cruciais para o seu negócio. Muitos de nossos clientes usam press releases para dar respostas oficiais à evolução do mercado, comentando sobre questões legislativas e outros novos pontos. Outros clientes usam comunicados de imprensa para promover conteúdo focado em geração de conhecimento, tais como pesquisas, infográficos e white papers. Com o envio adequado de comunicados de imprensa, incluindo mecanismos de busca, mídia social e distribuição para plataformas online, seu conteúdo se mescla a outros conteúdos sobre o tema e sua organização se torna um participante da conversa.

8. Mobilidade. Isto é uma parte cada vez mais importante da comunicação das organizações porque a mobilidade está assumindo um papel cada vez maior em como acessamos notícias e informações. De acordo com o relatório Tendências de Internet 2013 emitido pela Kleiner Perkins Caulfield Byers, o uso da internet móvel tem crescido 150% ao ano e irá continuar essa trajetória. A leitura de releases através de  aplicativos mobile segue este ritmo de crescimento – a versão mobile do site da PR Newswire, m.prnewswire.com, tem registrado um aumento de quase 100% em relação ao ano anterior.

7. Social. Uma rápida pesquisa no Twitter ilustra a popularidade dos releases – o conteúdo da PR Newswire é twittado várias vezes por minuto. Como resultado, os releases atuam como uma âncora eficaz para gerar conhecimento de marca e alcançar novas audiências para suas mensagens. Use o comunicado de imprensa como a página inicial e dê o valor de alguns dias de tweets ou atualizações de status. Você pode direcionar tráfego para seu release e ao mesmo tempo usar o release para fornecer mais profundidade de informações, além da mensagem curta formatada para as mídias sociais.

6. Multimídia. Já está bem claro que quanto mais imagens e vídeos forem utilizados, mais atenção você ganha. Releases multimídia são mais vistos do que aqueles sem recursos de imagens, vídeo ou áudio. Caso você use um release multimídia completo, ou simplesmente acrescente um único recurso multimídia para seu documento, o comunicado de imprensa se tornará um canal para a distribuição de imagens e vídeo e oferecerá ainda, um contexto visual.

infographic_multimedia2012

5. Segmentação. A distribuição de releases geralmente é percebida como uma espécie de envio em massa. Porém, por meio das empresas que oferecem serviços de distribuição, os releases tem um direcionamento muito bem definido, que leva em consideração uma combinação de marcação, taxonomias e filtros que são de uso comum. Isso geralmente acontece de duas maneiras. Jornalistas e grupos de mídia organizam os feeds que são baseados em seus interesses de cobertura, ou jornalistas freelancers acessam os releases por meio de plataformas que lhes permitam usar filtros baseados em suas necessidades. Os resultados? Grande alcance, até mesmo para nichos restritos.

4. Postagem. A distribuição de comunicados de imprensa pelas empresas provedoras destes serviços tem dado a companhias e organizações a oportunidade de ser editores, e ter seu conteúdo postado em sites de notícias ou portais com boa audiência, bem como em sites especializados. E usando essas redes de sites parceiros, o seu conteúdo será publicado na íntegra e como ele foi originalmente escrito. A rede online da PR Newswire inclui mais de 9.000 sites globalmente. Isso ofusca o tamanho de muitos outros tipos de serviços de distribuição online, há um patamar de preço muito inferior.

3. Descoberta. A acuidade dos motores de busca e a natureza de muitas plataformas sociais tornaram mais fácil para as pessoas fazer pesquisas detalhadas e encontrar informações específicas. Não é de se admirar, então, que o volume de tráfego que vem de releases no site de PR Newswire e está baseado nos resultados de busca (no Google e em outros motores de busca) é consistentemente significativo. Semear releases de imprensa nos motores de busca e nas redes sociais é mais uma forma de fazer sua marca e sua mensagem ser mais facilmente descoberta.

2. Autoridade. Para sua empresa ou organização, você é A FONTE. Você tem a informação interna, você tem a faca e o queijo na mão e, você tem a última palavra – mas só se você usá-la. O release de imprensa é o canal para fazer isso, transmitindo o ponto de vista da sua organização, sem edição, claramente e com credibilidade para o seu público.

1. Pick-up. Não vamos esquecer que releases ainda vão para jornalistas e os jornalistas os leem. A plataforma PR Newswire para Jornalistas, um site de notícias exclusivo para jornalistas e blogueiros cadastrados, tem mais de 30.000 usuários ativos, em média, por mês. Além do PRNJ, os jornalistas podem acessar os comunicados de imprensa direitamente em seus sistemas da sala de redação, seu e-mail e em muitos casos, eles montam um tipo de feed personalizado para certificar-se de que eles possam ver os releases que são relevantes para seu trabalho. Então quando você envia um release, você ganha abrangência e pode ganhar cobertura. Você poderá estar em um jornal com dezenas de milhares de leitores, uma emissora de TV com centenas de milhares de telespectadores, ou em um site de notícias com milhões de visitantes. Esta exposição na mídia é poderosa e tem credibilidade, e os releases ainda são uma importante porta de entrada de redações em todo o mundo.

Então da próxima vez que você redigir um release, passe alguns minutos considerando a variedade de canais em que ele será visto. Há muito mais visibilidade para comunicados de imprensa do que os motores de busca. É a distribuição da mensagem para vários públicos e canais que potencializa a descoberta autêntica da sua informação.

Fonte: Blog Beyond PR

Traduzido e adaptado por Karina Sassoon, Gerente de Comunicação Corporativa Latam
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s