Mídias Sociais: Uma possível ameaça à imprensa tradicional?


Com o avanço das mídias sociais, as grandes empresas ganharam um forte aliado, à medida que podem responder imediamente às críticas, sejam de consumidores, empresas ou da mídia. Nas últimas semanas, um fato supreendente ganhou as manchetes nos Estados Unidos na questão de empresas versus imprensa.

John Broder, do New York Times, realizou um test drive em um carro da Tesla Motors. Em sua publicação, o autor apontou diversas falhas no carro. Quase que imediatamente, a empresa falou sobre o assunto em seu blog, onde o CEO da Tesla, Elon Musk, respondeu aos questionamentos e trouxe os dados do veículo: “Quando os fatos não foram de acordo com sua opinião, ele simplesmente mudou os fatos”.

Imprensa vs medias sociais

Em seguida, John Broder escreveu nova matéria sobre o assunto. Assim, a discussão continua, com o embate entre o NYT e a Tesla. Há alguns anos atrás uma situação como essa causaria grandes danos à uma empresa. Sem as mídias sociais, a imprensa tradicional publica suas versões da realidade, impactando totalmente na formação da opinião pública.

Hoje é bem diferente. As empresas, além de terem o espaço para exporem imediatamente seu lado da história, atualmente ao dar suporte quase que imediato às suas conexões, fidelizam ainda mais os clientes, tornando-os verdadeiros embaixadores de sua marca. Isso pode ser comprovado no caso da Tesla, onde diversos clientes saíram em sua defesa. Há pouco tempo atrás, o público estaria do lado do jornal.

Mas o que isso pode significar para a imprensa tradicional? Provavelmente uma exigência de maior cautela e responsabilidade, no mínimo. Se antes só apenas as empresas estavam na mira dos internautas, hoje a imprensa também está. Na lógica de que os internautas se tornam de certa forma guardiões de tudo o que acontece no virtual e real, então, assim não são só as companhias que podem ter sua reputação arranhada, os veículos impressos também estão sujeitos a isso.

Quanto ao caso Tesla versus New York Times, ainda nada foi esclarecido, e muito irá acontecer. O que fica de lição é a importância da responsabilidade do que é publicado, uma vez que você está muito mais propenso à críticas. Do lado das empresas, ao seguir simples passos como comunicação direta, transparente e imediata, você evita possíveis danos à imagem de sua corporação.

Fique por dentro da história:

Inspiração: Blog Beyond PR

Por Marina Landert, Coordenadora de Análise de Conteúdo de Mídia
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

One Response to Mídias Sociais: Uma possível ameaça à imprensa tradicional?

  1. Pingback: Social Media: ¿una posible amenaza a la prensa tradicional? | PR Newswire Latin América

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s