Sociedade “emburrecida” ou sociedade modificada?


“Ou todos os problemas do Brasil foram resolvidos ou nós nos tornamos perfeitos idiotas. Porque não é possível que dois assuntos tão fúteis possam chamar a atenção do país inteiro… Luiza já voltou do Canadá e nós já fomos mais inteligentes”. Essa polêmica frase sobre a ascensão na imprensa de possível estupro de vulnerável no ‘BBB’ e da estudante Luiza que estudava no Canadá, pode muito bem representar o pensamento de muitos brasileiros em relação às principais notícias do país em 2012. No entanto, tal declaração tomou grandes proporções por se tratar da abertura do Jornal do SBT há quase dois meses. Febre no You Tube (mais de 4 milhões de visualizações) e no twiter (principal trend topic), a declaração do jornalista Carlos Nascimento foi  alvo de críticas e denota uma reflexão por uma questão mais profunda que está em alta, ou pelo menos deveria atualmente. De fato, já fomos mais inteligentes?

A grande questão que envolve toda essa polêmica é qual é o retrato da sociedade atual. O público hoje é cada vez mais ávido pelo consumo, e cada vez a imagem e aparência significam mais. Com isso, é latente o culto pela “celebridade”, não apenas por aquela que tem o glamour, mas também por aquela simplesmente “fabricada” ou alçada à “celebridade” imediata, com duração de pouquíssimo tempo. Hoje alguém ainda lembra da tal Luiza? Tomamos como exemplo também a grande popularidade de realities shows e novelas. Qual é o segredo desse sucesso? O primeiro fato é bem simples, a mais pura identificação. Eu me vejo na TV, com histórias que poderiam estar sendo vividas por qualquer um. Os realities também se encaixam nesse contexto. Poucas pessoas se colocariam numa exposição em rede nacional, mas gostam de assistir o que o outro faz em sua intimidade. E mais que isso, ao ter poder de voto, se sentem inseridos na programação. Esse é o novo retrato, que tem impactado diretamente no que é consumido como mídia.

Os impactos das redes sociais na imprensa

Todo esse movimento ganhou outras proporções com a inclusão das redes sociais. Antes, era o papel da mídia definir o que era notícia e o que seria discutido nos bares e nas casas de cada família. Hoje, ela não faz mais isso sozinha. Qualquer tema, por mais incomum que seja, ganha notoriedade nas redes, sai desse ambiente virtual e chega até o real, também virando notícia na própria mídia, como os casos citados por Carlos Nascimento. É a mídia perdendo o poder ou, pelo menos, se entregando ao mercado de consumo, da venda. Na busca por audiência e com a diminuição pela procura da mídia impressa, aos poucos, a pauta dos principais jornais não são mais apenas política, corrupção, economia. O público se “cansou” dos mesmos casos de corrupção e das mesmas “tragédias”. Hoje, o consumo do “prazer”, do que alimenta a curiosidade, tem ganhado espaço, e a mídia está acompanhando.

As redes sociais são o retrato da sociedade, da grande cultura de massa, que hoje tem sede pelo novo, pela curiosidade do que o outro está fazendo, e que ainda é moralista, como nas fortes críticas a Carlos Nascimento, por questionar, por provocar o público e simplesmente levar as pessoas e a mídia a refletirem sobre a “grande” relevância, por exemplo, da Luiza do Canadá.

O desejo do povo, da massa, obviamente se modifica com os anos e décadas. Mas a grande mudança observada é na questão “enfrentadora” e “questionadora” da mídia, essa sim, parece ter sucumbido quase que totalmente aos interesses das leis da oferta e demanda. É bom saber que ainda existem jornalistas que questionam os rumos que a imprensa e a sociedade estão tomando, independente dos interesses comerciais.

Marina Landert, Coordenadora de Análise de Conteúdo de Mídia
PR Newswire

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s