A TV na Era Online


A popularização da banda larga deu fôlego ao mercado de vídeos online e permitiu uma nova forma de consumo de conteúdo, impactando diretamente no segmento televisivo. Neste e em um próximo post (TV x Youtube), serão abordados prós e contras dos dois tipos de mídia, os caminhos que ambas estão seguindo e o que o futuro pode nos trazer de novidades.

Televisão

A mídia televisiva ganhou força na segunda metade do século XX e, desde então, faz parte do cotidiano de diversas gerações. Ela é integrante da rotina das famílias e pauta diariamente os assuntos que são discutidos nos mais variados ambientes. Na última década, no entanto, a TV tem sofrido uma significativa perda de audiência, com um público em fuga buscando as mídias sociais para passar o tempo, se relacionar com outras pessoas, eliminando, assim, para algumas pessoas, a necessidade de ligar a TV. Como medida dos fabricantes de televisores, a ideia foi investir na qualidade de imagem e na interação com a internet.

Rumos da televisão

Como a televisão perdeu um grande público para a internet, a solução dos fabricantes têm sido investir em aparelhos com tecnologia HD (High Definition) a baixos preços, apostando em uma transmissão de qualidade. Hoje, a grande maioria dos televisores possui a mesma entrada de vídeo que o computador, o que permite a integração entre ambos. O Blu-Ray (a tecnologia que está substituindo o DVD por ter uma capacidade de dados bem maior e com grande qualidade de imagem), também deverá impulsionar o antigo hábito das pessoas, fazendo com que elas voltem a assistir filmes pela televisão.

Youtube

O Youtube não tem nem 10 anos de existência, mas sua proposta de postagem, compartilhamento e reprodução de vídeos revolucionou o setor e conseguiu levar uma enorme fatia dos espectadores da televisão para frente do computador. Por ele, é possível escolher o que se deseja ver, assistir algo que passou na TV e por algum motivo se perdeu, além de informações 24 horas, vídeos-aulas, clipes de artistas famosos, conteúdos exibidos apenas no exterior, dentre outras vantagens.

Como toda rede aberta, ao lado de um conteúdo interessante, enfileiram-se materiais pornográficos, violentos e ilícitos. O Youtube esforça-se para filtrar este conteúdo, mas há ainda muito que evoluir neste sentido. A rede também está estudando modos de melhorar a qualidade de transmissão de forma rápida, pois quando se fica muito tempo carregando um vídeo, perde-se público por falta de interesse. Inserções ao vivo são outra aposta para o Youtube.

Rumos do Youtube

A rede social tem investido para aumentar a segurança e o entretenimento dos usuários que a utilizam, por exemplo: estudando meios de bloquear URL (links) de sites maliciosos em seus comentários. O Youtube também está desenvolvendo tecnologia para criar o editor de vídeos online e outros aplicativos que facilitem a integração do usuário com o portal.

É difícil saber até onde vai a convergência do broadcast para o online, ou vice-versa, mas a interação entre os dois é o primeiro passo real da evolução destes meios distintos que se renovam e se complementam.

Por Leandro Santos, Executivo de Contas
PR Newswire

Links de referência:

Wikipedia – Televisão

Wikipedia – Youtube

 </strong

Anúncios

Sobre PR Newswire
Distribuição de Press Releases e Monitoramento de Notícias. Distribución de Comunicados de Prensa y Monitoreo de Medios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s