A Evolução das Redes Sociais de Imagens

A vontade de registrar bons momentos e compartilhar com os conhecidos parece já fazer parte da cultura humana desde os desenhos pré-históricos. A evolução da fotografia associou-se neste milênio à evolução das redes sociais, que disponibilizam mais e mais recursos de imagens e de compartilhamento de informações.

Começando há 12 anos, o DeviantArt, criado em julho de 2000, veio se popularizando devagar e hoje se tornou uma das maiores redes de fotos/imagens do ramo. Nela, milhares de negócios são fechados entre modelos e fotógrafos, e na própria rede se publicam fotos que são deixadas como portfólio para designers, ilustradores e etc.

Em 2002, surge na internet o Fotolog, um blog no qual você posta suas fotos/imagens, escreve sobre qualquer assunto e compartilha com a sua rede de amigos.  A ideia ainda era bem bruta no início, mas foi o estopim para novas tendências das redes sociais do ramo.

O Flickr foi criado, em 2002, com o mesmo objetivo do DeviantArt, mas foi além, incluiu ferramentas básicas para editar fotos e se tornou tão popular que despertou o interesse da gigante Yahoo! que o comprou no ano de 2005. No Flickr existem fóruns de discussão sobre formas de fotografar, dicas para fotógrafos, imagens sobre diferentes assuntos e etc.

O Google viu esse mercado crescendo e identificou a oportunidade de expandir ainda mais. Quando houve na internet a febre por edição de imagens no Photoshop, Photofiltre entre outros programas, o site de buscas resolveu criar um programa chamado Picasa, um programa com edição de imagens com ferramentas bem mais avançadas que o Flickr, ele era bem fácil de mexer e gratuito. Após uma enorme aceitação do público, a empresa resolveu criar uma rede social para os seus usuários, o Picasa Web, em que após a edição das imagens você poderia publicá-las para seus amigos visualizarem. Depois ele foi atualizado juntamente com o Google Earth, ajudando você a identificar o local onde a foto foi tirada.Com o aparecimento das mídias móveis e o sucesso do iPhone, surgiu o Instagram, aplicativo que permite edição básica de fotos e compartilhamento automático em redes sociais (Facebook, Twitter, Google+ e etc.). O programinha também pode mostrar sua localização, tornando-se concorrente do Twitpic, que é restrito somente ao Twitter.

Novamente, revolucionando o mundo de compartilhamento de imagens, surge em 2010 o Pinterest, uma revolucionária rede social de imagens, apenas imagens, sem localização, sem fóruns de discussão e sem edição de imagens. O Pinterest (pin+interest) surgiu já com uma enorme proporção e aceitação do público. A rede é como um enorme quadro de cortiça onde você “prega” as imagens que você gostou e as divide por assuntos de seu interesse. Caso algum amigo seu também tenha gostado de uma imagem que você colocou em seu quadro, ele pode clicar em “pin” que também irá para o quadro dele. A proposta dessa rede não é fazer divulgação de blogs ou qualquer outro material para ser lido, e sim para comentar e compartilhar imagens e interesses.

Outra rede social muito boa para fotógrafos é o 500px, com o foco em imagens de alta qualidade, a rede social é gratuita e bem parecida com o Pinterest, a princípio. Lá você pode colocar suas fotos na guia portfólio, comprar imagens, procurar por modelos e etc.

E qual dessas redes sociais é a mais adequada para você?

Fonte: Wikipédia

Leandro Santos, Executivo de Contas
PR Newswire

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 30 outros seguidores